Revender Moda Feminina – Principais Itens, Fornecedores, Como Vender

As roupas femininas costumam ser campeãs de venda, visto que por regra, as mulheres são as maiores consumidoras do mercado de vestuário. Dessa forma, revender moda feminina se mostra um negócio lucrativo e com ótimas oportunidades de crescimento.

O mercado de roupas está em frequente expansão. Toda nova estação, novas coleções são lançadas e com ela, o interesse por roupa nova é renovado.

Claro que, de uns tempos para cá, vem se tornando cada vez mais comum os hábitos de consumo consciente e sustentabilidade na indústria têxtil. Por isso que a busca por peças de maior qualidade e durabilidade tem sido maiores.

revender moda feminina

Ao revender moda feminina, o revendedor precisa ter consciência de que essa nova tendência provavelmente veio para ficar, por isso deve ter muito cuidado no modo como irá escolher seus fornecedores e a forma como irá ofertar as suas mercadorias aos clientes.

A seguir nós damos algumas dicas de meios para revender moda feminina, além de alguns fornecedores que podem se tornar ótimos parceiros de negócio.

Principais itens para revender

O guarda-roupas feminino é versátil e conta com mais peças do que o masculino, afinal, ser mulher te permite usar absolutamente qualquer peça de roupa, ideia não tão popular quando falamos dos homens.

Sendo assim, os itens do guarda-roupas feminino que podem ser revendidas são:

  • Calças;
  • Saias;
  • Blusas;
  • Vestidos;
  • Casacos;
  • Jaquetas;
  • Macacões;
  • Shorts;
  • Entre outros.

Como revender moda feminina

O primeiro passo quando se decide por iniciar um negócio de revenda de roupas, é decidir de que modo essas vendas irão acontecer.

As formas mais comuns e que realmente dão certo, são três e é sobre elas que iremos falar a seguir.

Revender moda feminina online

A primeira mais recente e com grande adesão, em especial no ano de 2020, são os meios online.

Nesse modelo o empreendedor pode investir na montagem de um e-commerce próprio, uma ótima forma de tornar relevante sua marca, ou ainda optar por outras plataformas na internet.

Montar um e-commerce, exigirá certo investimento com um profissional de programação, além de outros pormenores necessários para que o negócio funcione bem. Apesar disso, o empreendedor terá um gasto muito menor do que se decidir por abrir uma loja física.

Caso esteja fora de cogitação a abertura de um e-commerce, outra opção é revender por meios das plataformas de marketplace. A Amazon, Mercado Livre e Enjoei, são amplamente utilizadas por diversos empreendedores, e oferecem uma vitrine gigantesca para que o revendedor alcance clientes.

Essas plataformas costumam cobrar algumas taxas de utilização, no entanto, ainda assim vale a pena investir nas mesmas.

Por último, o revendedor também pode optar por revender moda feminina em páginas do Instagram ou do Facebook, onde boa parte dos clientes estão hoje em dia. A única desvantagem dessas plataformas, é que as mesmas ainda não oferecem a possibilidade de efetuar transações financeiras, por isso essa e a parte de entrega, precisam ser combinadas através do chat entre revendedor e cliente.

No entanto, essa é a única opção onde o empreendedor não precisa gastar nada para expor e vender.

Revender moda feminina por catálogo

Sim, assim como os cosméticos, maquiagens e utilidades domésticas podem ser revendidos por meio de catálogo, as roupas também podem ser negociadas dessa forma.

Muitas marcas optam por ter um programa de revendedores que aumentam gradativamente as chances da empresa de alcançar clientes. Desse modo, ao invés do revendedor precisar comprar as mercadorias e só depois revender, o profissional oferece o catálogo com as roupas e recebe comissão sobre cada mercadoria vendida.

A porcentagem de comissão varia bastante de marca para marca, então é preciso que o empreendedor realize uma bos pesquisa para saber qual marca lhe oferece as melhores condições para revenda.

Revender moda feminina em loja física

Esse é o modo mais comum de se vender roupas e também o que tem mais burocracias a serem cumpridas.

Abrir um negócio físico exige uma extensa preparação e pesquisa por meio do empreendedor que precisará escolher a melhor localização para a sua loja, realizar pesquisa de concorrência e de público alvo na região em que pretende se instalar, entre outras coisas.

A parte de documentação também é primordial para abrir um negócio como esse.

Se você quiser saber melhor como ocorre o passo a passo para a montagem de uma loja física, leia o artigo como abrir seu próprio negócio.

Principais fornecedores de moda feminina

Conseguir fornecedores de moda feminina não é exatamente uma tarefa difícil, pois a maior parte das regiões do país contam com fábricas de roupas que podem perfeitamente servir como fornecedoras dos revendedores.

Além disso, a internet é bastante rica desse tipo de distribuidor, que na maior parte das vezes são atacadistas. Sendo assim, fica fácil encontrar fornecedores que correspondem tranquilamente as expectativas de qualquer clientes.

Algumas das atacadistas online onde os revendedores mais realizam suas compras são:

  • Posthaus;
  • Lisa Brasil;
  • Lado Avesso;
  • Sacoleira Chic;
  • Join Curves;
  • Kaisan
  • Atacado.com
  • Entre outras.

Para saber mais sobre cada um desses fornecedores, acesse esse link e esse aqui também.

Agora, como citamos anteriormente que é possível revender roupas por catálogo, vamos ver algumas marcas que oferecem essa opção aos revendedores.

Golfran

A empresa tem um extenso programa de revendedores e oferece catálogos online para que o revendedor trabalhe com a marca.

Basta realizar um cadastro no site da empresa e iniciar os negócios.

Quatro Estações

Com mais de 30 anos no mercado brasileiro, a Quatro Estações é uma das maiores marcas de revenda de roupas por catálogo do Brasil.

Para se tornar uma consultora, basta se cadastrar no site.

Hiroshima

A Hiroshima é a maior revendedora de produtos por catálogo do Brasil e a empresa também trabalha com vestuário feminino.

Cadastre-se no site para se tornar uma revendedora.

Veja também: Como vender Tênis – Fornecedores no atacado, perfis de público e dicas

Aline Resende
Formada em Marketing e pós graduanda do curso de Língua Portuguesa e Literatura do Centro Educacional Uninter. Trabalha na área de comunicação como Social Media e Criadora de Conteúdo além de fazer trabalhos de atuação e locução para material publicitário.

Deixe seu comentário