Máquina de fraldas – Melhores marcas e dicas para abrir o seu negócio

Todos sabemos que bebês consomem muitas fraldas por mês, e que elas não são baratas. Mas será que vale a pena investir em uma máquina de fraldas e iniciar um empreendimento nessa área?

Não é de hoje que a produção caseira de fraldas se tornou uma alternativa comum no mercado. Mas as possibilidade de modernização de micro e pequenos negócios com a internet potencializou as chances de sucesso de muitos empreendimentos, inclusive este.

Então se você pretende aproveitar a alta demanda deste mercado para investir em uma máquina de fraldas e começar a produzir, conheça a seguir algumas dicas para ter sucesso na área e também algumas das principais fabricantes destes equipamentos.

máquina de fraldas

VEJA TAMBÉM 👕
Máquina de estampar camisetas: quais as melhores para abrir um negócio?

Vale a pena produzir fraldas?

Como já dissemos, este é um produto que sempre vai ter bastante procura. Se você souber fazer um bom planejamento para entrar com competitividade no mercado, pode valer o investimento, sim.

É um negócio que tem a vantagem de ter um custo baixo de produção, até R$ 0,20 por fralda dependendo da situação. E você pode ter a sorte de conseguir conquistar alguns clientes fixos, porque além deles precisarem do produto constantemente, o boca a boca pode trazer mais público para sua empresa.

O que não pode é deixar de realizar o planejamento da empresa, e para isso cabe algumas dicas. A primeira de delas é sobre a necessidade de fazer uma análise de mercado. Antes de iniciar a produção, é preciso saber se há demanda na sua região, qual vai ser seu público-alvo, como é a concorrência na área, e quais os valores médios e níveis de qualidade de diferentes tipos de fraldas.

Assim você conhece melhor não só o mercado como também os consumidores, e pode ter uma ideia de como serão os primeiros meses do seu empreendimento.

Além disso, também é fundamental ter um espaço apropriado para permitir a produção, pois uma máquina de fraldas é grande. E ainda tem a questão do estoque, já que tanto os insumos quanto o seu produto precisam de armazenamento.

Por fim, é indispensável calcular o quanto você vai precisar investir. E nessa conta não entra apenas o valor da máquina, mas também os itens necessários para produção, as estratégias de divulgação e os gastos com energia, por exemplo. Estimativas de retorno financeiro também são interessantes para entrar preparado e competitivo no mercado.

VEJA TAMBÉM 🛋️
Máquina de limpar sofá: quais as melhores para abrir um negócio?

Principais fabricantes de máquinas de fraldas

Há uma boa variedade de marcas de equipamentos para investir, e os preços também variam bastante. Na hora de escolher um máquina de fraldas você vai precisar pensar com bastante cuidado e considerar uma série de fatores.

Em relação ao valor do investimento, é possível encontrar máquinas novas e de boa qualidade a partir R$ 2.000. Também há modelos mais caros, de R$ 10.000, por exemplo. Para escolher em qual investir vai depender muito das suas condições e principalmente do custo-benefício de cada aparelho. Afinal, nem sempre a opção mais barata é a melhor escolha.

Entre as fabricantes, vamos conhecer algumas das principais a seguir.

Compacta Print

máquina de fazer fraldas

Esta é uma das principais e mais populares empresas do setor. A Compacta Print tem uma grande variedade de máquinas de fraldas para atender a necessidade de cada cliente. No site da empresa você consegue ver todas as opções de equipamentos e solicitar um orçamento.

Central Maq

Centralmaq máquina de fraldas

A Central Maq também conta com uma boa variedade de máquinas diferentes, desde motorizadas até as com manivela. A empresa também vende matérias-primas para produção de fraldas, e no site é possível conhecer o catálogo de produtos.

Baby Jú

Baby Ju máquina de fraldas

A Baby Jú é especializada em fabricação de máquinas e também tem uma boa diversidade de linhas, conforme você pode ver no site. Um dos destaques da empresa é a linha Smart, que permite produzir fraldas infantis, geriátricas e até mesmo tapetes veterinários.

VEJA TAMBÉM
 Máquina de bordar – como escolher a melhor opção.

Dicas para abrir o seu negócio

Após toda a etapa de planejamento e montagem do seu negócio, também é importante adotar uma boa estratégia para ter sucesso nas vendas. Para isso, valem algumas dicas que podem te ajudar nessa jornada. Caso já esteja prestes a começar a vender já pode pensar em como abrir o seu MEI. 

Feche com bons fornecedores

Para fazer um produto de qualidade, o material para produção também precisa ser bom. Por isso, é preciso pesquisar bastante para saber escolher os melhores fornecedores possíveis. Além disso, tente negociar bons valores para que você consiga uma margem de lucro bacana.

Ofereça diversidade de tamanhos

Quanto maior for a variedade de tamanho das fraldas que você produzir, maior o público em potencial. Portanto, estude a possibilidade de produzir fraldas de tamanhos diferenciados, pois há casos de quem precise de produtos menores, por exemplo, e encontram por valores bem acima da média nas farmácias.

Procure parceiros para o seu negócio

Parcerias com empresários do mercado de produtos infantis podem aumentar o seu alcance de público. Além disso, sites e blogs da região que sejam especializados nessa temática podem ser excelentes espaços para você fazer anúncios e outras parcerias.

Outra opção nesse sentido é expor o seu produto em feiras de maternidade na sua cidade, caso esse tipo de evento aconteça na região.

Capriche na divulgação

Já que falamos de parcerias, internet e exposição em feiras, não podemos deixar de falar em divulgação. Invista em estratégias de marketing online e off-line. Você poderá se especializar em vendas pelo Facebook ou Whatsapp, por exemplo.

Nesse caso, valem variadas formas de divulgação, desde panfletos e cartazes até uma abordagem intensa nas redes sociais e a criação de uma loja virtual em plataformas como o Mercado Livre.

Felipe Matozo
Estudante de Jornalismo no Centro Universitário Internacional Uninter e ator profissional licenciado pelo SATED/PR. Ligado em questões políticas e sociais, busca na arte e na comunicação maneiras de lidar com o incômodo mundo fora da caverna.

Deixe seu comentário