Como fazer tempero caseiro para vender – Dicas para faturar

Quem não gosta de uma comida bem temperada, não é mesmo? O amor do brasileiro pelas ervas aromáticas e outros insumos que servem para dar mais sabor aos pratos faz com que muitos empreendedores desejem saber como fazer tempero caseiro para vender.

Esse pode ser um ótimo negócio para se começar com baixo investimento, visto que a matéria-prima para o produto é barata, assim como os utensílios necessários para prepará-lo.

Fazer tempero caseiro para vender não exige muita habilidade ou conhecimento de quem vai prepará-lo. A verdade é que, nesse negócio, o foco maior deve estar na estratégia de venda e divulgação, visto que o produto, em si, é simples.

Publicidade

Então, se você deseja criar seu próprio negócio e descobrir como fazer tempero caseiro para vender, acompanhe a leitura.



Veja também

Planejamento

A primeira etapa de qualquer negócio é o planejamento. É com ele que você irá definir os principais pontos do seu negócio.

Como a venda de temperos caseiros pode ser feita diretamente da sua casa, você não precisará se preocupar em ter um espaço apenas para isso.

Publicidade


Publicidade


Sendo assim, o seu planejamento deverá girar em torno do seu produto com:

  • Definição de cardápio;
  • Quais utensílios necessários para prepará-los;
  • Quais os ingredientes necessários para cada um;
  • Precificação dos produtos;

Você também precisará decidir sobre as suas vendas:

Publicidade

  • Por quais meios serão feitas;
  • O que será preciso para que aconteçam;
  • Como encontrar seus clientes;

E, por último, é preciso definir sobre a divulgação:

Publicidade

  • Quais serão os meios de divulgação;
  • Criação de uma marca para o seu negócio;

Como fazer tempero caseiro

A maior parte dos temperos caseiros que você irá fabricar terão como base a cebola, o alho e o óleo. A partir deles é que você irá acrescentar ervas, especiarias e outros ingredientes para criar os “sabores” de cada um.

Quase todos os temperos que você irá fabricar deverão ser preparados em um liquidificador ou um processador. As exceções ficam para aqueles temperos onde as ervas devem ser sentidas, como no caso do Chimichurri.

Vamos à preparação da base dos seus temperos caseiros:

4 cebolas grandes picadas em pedaços grandes;

2 cabeças de alho descascadas;

1 colher de sobremesa de sal;

1 xícara de chá de óleo (evite usar azeite porque pode amargar o tempero);

Em um liquidificador ou processador, acrescente o óleo e o sal e comece a bater. Em seguida, vá acrescentando aos poucos o alho e a cebola até que todos os ingredientes tenham virado uma pasta.

Publicidade

O processo é o mesmo quando você decidir colocar outros ingredientes.

Por fim, armazene a mistura em potes.

Publicidade

Se for usar vidros de conserva, não esqueça que eles devem ser fervidos em água. Isso vai agir como um esterilizante, além de  garantir que o tempero dure mais.

No caso dos potes de plástico, a durabilidade pode ser um pouco menor. Sendo assim, o ideal é utilizar embalagens menores para que eles sejam consumidos mais rápido.

Temperos com essa base podem durar até 90 dias na geladeira, porém o recomendado é sempre colocar a validade para alguns dias antes. Sugerimos 60 dias. Dessa forma, o cliente tem 30 dias de segurança.

Precificação

A precificação do seu produto irá depender muito da região onde você mora.

O ideal é fazer uma pesquisa de mercado para ter noção de por quanto, em média, produtos similares aos seus estão sendo vendidos na sua região.

Como vender seus temperos caseiros

Você precisará decidir por quais meios irá vender os seus temperos caseiros.

A forma mais tradicional é começar a vender para os seus conhecidos ou mesmo de porta em porta no seu bairro. Você também pode vender diretamente da sua casa, colocando uma placa que anuncie a sua fabricação de temperos caseiros.

Publicidade

É claro que com a internet você não precisa ficar limitado apenas às antigas formas de vendas.

Você pode utilizar o WhatsApp para vender seus produtos, assim como o Facebook e o Instagram. Até mesmo aplicativos como o iFood podem fazer parte da sua estratégia de vendas quando você já tiver um pouco mais de solidez no seu negócio.

Após o seu negócio ter algum tempo de mercado, não deixe de oferecer os seus produtos também em estabelecimentos como casas de produtos coloniais, mercados e outros. Só lembre-se de que para isso é necessário que o seu negócio esteja formalizado e seguindo as boas práticas da vigilância sanitária.

Publicidade

Veja como abrir um MEI nesse artigo aqui.

Como divulgar o seu negócio

O primeiro passo para a divulgação do seu negócio é criar a sua marca. Sendo assim, pense em um bom nome e, se possível, peça para alguém criar uma logomarca.

Com a sua marca pronta, você deve criar as etiquetas que irão nos seus vidros de tempero, que deve conter informações sobre o produto, data de validade e também os seus contatos para vendas.

Você também deve investir muito nas redes sociais. Atualmente, essas são as maiores ferramentas para os empreendedores de produtos artesanais.

Publique conteúdos relevantes sobre temperos, fotos e vídeos dos seus produtos e interaja com o seu público. Essas ações fazem com que as pessoas criem desejo pelo seu produto, além de identificação com a sua marca.

Como fazer tempero caseiro seco

Além de os temperos molhados a base de alho e cebola, você também pode oferecer algumas opções de temperos secos aos seus clientes a base de ervas e especiarias.

Publicidade

Se quiser aprender alguns deles, dê uma olhada no vídeo do canal da Tv Aparecida onde o chefe Roberto Augusto ensina algumas misturas tradicionais.

Veja também: Como vender chinelos personalizados: Máquinas, fornecedores e dicas

Aline Resende
Formada em Marketing e pós graduanda do curso de Língua Portuguesa e Literatura do Centro Educacional Uninter. Trabalha na área de comunicação como Social Media e Criadora de Conteúdo além de fazer trabalhos de atuação e locução para material publicitário.

Deixe seu comentário