Como vender chinelos personalizados: Máquinas, fornecedores e dicas

Se tem uma peça de vestuário que o brasileiro tem como essencial, é o chinelo. Por isso mesmo vender chinelos personalizados pode ser um negócio lucrativo e que não necessita de uma investimento tão alto.

O chinelo faz parte da vida do brasileiro desde os primeiros anos de vida e nos acompanha em diversos momentos da vida. Seja para estar em casa relaxado, em um passeio com amigos, e até mesmo como peça de moda, os chinelos sempre estão presentes.

Vender chinelos personalizados é um negócio que não exige extenso conhecimento ou habilidades por parte do empreendedor. Basta pegar o jeito para criar e lucrar muito.

Veja nos tópicos a seguir tudo o que você precisa para iniciar o seu negócio direto de casa.

Tipos de chinelos personalizados

vender chinelos personalizados

Para saber o que é necessário para iniciar a produção de chinelos personalizados, antes é preciso decidir qual o tipo de produto será vendido. Isso porque, existem várias formas de personalizar um chinelo.

A maneira mais popular, e a qual daremos maior foco nesse texto, é produção e sublimação da peça. Ou seja, os chinelos com estampas.

Essa é uma das formas mais simples de se lançar nesse mercado, pois basicamente o empreendedor só precisa de matéria-prima e de uma máquina de chinelos.

No entanto, se a ideia for criar chinelos bordados, personalizados com pedrarias ou outros materiais, o empreendedor precisará adquirir esses conhecimentos por meio de cursos de artesanato antes de iniciar a produção.

Apesar das diferenças, as formas de vender ambos produtos são similares.

Fornecedores para vender chinelos personalizados

Para a montagem dos chinelos personalizados com estampas, o        empreendedor precisará encontra bons fornecedores de borracha.

A principal dica aqui é buscar por fábricas que comercializam esse tipo de matéria-prima. Dessa forma, você consegue o material por um valor muito mais em conta.

Na hora de escolher o fornecedor parceiro, considere a reputação do mesmo no mercado, a qualidade e variedade de produto.

Outra coisa importante a ser lembrada é que, como o seu produto será sublimado, a borracha que você irá comprar não pode ser 100%. O ideal é optar por um material entre 80% e 85% de borracha. Mas cuidado, nunca escolha um material com percentual de borracha abaixo disso. Do contrário a qualidade do chinelo fabricado será muito baixa e as chances de deformação e estragos em pouco tempo serão grandes.

Algumas fábricas que fornecem borracha para a confecção de chinelos são:

  • Eva Brasil;
  • INBOP;
  • Courosnil;
  • Distribuidora Personal.

Máquinas para fazer chinelos

Quando foi lançada no mercado a ideia de chinelos estampados, quem produzia esses artigos, precisava fazer investimento em duas máquinas diferentes. No caso, era preciso ter uma máquina para produzir o chinelo e uma prensa de estampar.

Com o crescimento desse mercado, atualmente as marcas já oferecem maquinas que fabricam e estampam o chinelo. Isso representa bastante economia e mais agilidade na hora da produção.

Algumas máquinas que fazem esse duplo serviço são:

  • Máquina de fazer chinelo Estampe MAX;
  • Máquina de cortar e estampar chinelos LHZ Brasil;

Agora, para o empreendedor que não irá trabalhar com estampas e só precisa da máquina de corte, ou de uma que também tenha a função de frisadora para a colocação de strass e outras pedrarias, algumas boas opções são:

  • WorkPro máquina de chinelos 7×1;
  • Máquina de fazer chinelo manual Excêntrica 11 facas.

Se você não sabe muito bem como essas máquinas de fazer chinelo, funcionam, assista o vídeo abaixo do canal da Extenso Máquinas sobre a máquina da Estampe Max que mostra detalhadamente o processo de fabricação e estamparia.

Mercado para vender chinelos personalizados

O mercado para vender chinelos personalizados vai muito além do consumidor do dia-a-dia. Na verdade, o maior faturamento desse mercado vem das vendas feitas para presente e para eventos.

Os chinelos se tornaram ótimas lembranças de festa, sendo assim, muitos noivos e debutantes optam por entregar esse presente a seus convidados. Da mesma forma, por serem personalizados e com infinitas possibilidades de estampas, eles também se tornaram uma das opções preferidas para quem decide dar presentes únicos em datas especiais como Dia das Mães, dos Pais ou dos Namorados.

E é claro, quem produz chinelos personalizados também pode vender esses artigos para os clientes mais comuns, assumindo o conceito de moda da peça. Em especial as peças personalizadas com pedrarias que são largamente usadas na combinação de looks.

Como vender seus chinelos personalizados

Existem diversas formas de vender chinelos personalizados, mas atualmente o modo mais eficiente é anunciando na internet. Para isso o empreendedor pode optar por três modelos diferentes a depender de seu objetivo e capital para investimento.

  • Redes Sociais: O modo mais barato de vender coisas na internet é criando páginas e anúncios nas redes sociais. Por serem mercadorias extremamente visuais, focar em plataformas como o Instagram e o Facebook é uma ótima ideia para atrair clientes e vender.
  • Marketplaces: Os marketplaces como o Mercado Livre, Shopee e outros também oferecem ótimas oportunidades de vendas para o empreendedor. Com grande tráfego de clientes, seguindo algumas dicas de boas práticas de anúncios nesses sites é possível vender muito.
  • E-commerce próprio: Para o empreendedor com mais capital para investimento, o ideal é montar um e-commerce próprio. Com ele a marca do seu negócio é reconhecida mais facilmente e a credibilidade que esse tipo de página passa ao cliente é muito maior.

O empreendedor pode optar por apenas uma das opções citadas acima, ou fazer uma combinação de todas elas, o que é muito indicado.

Investimento

Como dito desde o início, é possível começar a vender chinelos personalizados com um investimento não tão alto.

Nesse negócio o que irá custar mais ao empreendedor é adquirir a máquina de chinelo e estampas. Esses equipamentos podem ser encontrados no mercado entre R$600 e R$5.000 a depender das função disponíveis.

No mais, o empreendedor terá gastos com a matéria-prima, e para divulgar e vender seus produtos. Ao todo, estima-se que com um investimento inicial de R$4.000 já é possível começar as vendas de chinelos personalizados com uma produção significativa.

Veja também: Açaí Delivery: Transforme o seu negócio com a entrega de Açaí em casa

Aline Resende
Formada em Marketing e pós graduanda do curso de Língua Portuguesa e Literatura do Centro Educacional Uninter. Trabalha na área de comunicação como Social Media e Criadora de Conteúdo além de fazer trabalhos de atuação e locução para material publicitário.

Deixe seu comentário