Como fazer marmitex para vender – Dicas, investimento e como lucrar

Fazer marmitex para vender foi a alternativa encontrada por diversas pessoas que desejavam, ou precisavam, conseguir uma renda extra.

Os aplicativos de delivery e os pedidos de comida em casa nunca foram tão necessários quanto no ano de 2020. Com a maior parte da população isolada em casa sem poder frequentar restaurantes, a alternativa encontrada pelos restaurantes foi apostar em apps como o iFood e o Uber Eats.

E engana-se quem pensa que apenas estabelecimentos conseguiram se manter dessa forma. Com o grande aumento do desemprego no país, algumas pessoas decidiram investir em um negócio para fazer marmitas e dessa forma garantir seu sustento. A ideia é ótima e se tem um bom momento para dar certo é agora.

fazer marmitex
Publicidade

Fazer marmitex para vender não é uma tarefa assim tão difícil, no entanto, exige atenção com alguns detalhes, qualidade de ingredientes, e obviamente, que a pessoa seja boa na cozinha.



Veja a seguir o que você precisa saber para também começar a investir em um negócio como esse.

Faça uma análise de concorrência antes de começar a fazer marmitex para vender

Ao montar seu próprio negócio, esse é um ponto muito importante. A análise da concorrência te dará uma boa noção de quantos outros negociantes estão operando na sua região e qual a qualidade do serviço que oferecem.

Além disso, você consegue saber qual a média de preço praticada e como anda a reputação de cada uma deles.

Publicidade


Publicidade


Todas essas informações são importantes, pois te ajudam a montar uma estratégia de vendas mais certeira.

Monte um cardápio de acordo com seu público alvo

O público alvo de um negócio é aquele com maior demanda de atendimentos. Ou seja, você pode optar entre pessoas que gostam de comida caseira, ou aquelas que amam provar coisas diferentes, ou até mesmo um público fitness.

Publicidade

A partir daí, você irá decidir quais serão os principais pratos do cardápio do seu negócio. Pesquise bastante qual as preferências desse público e trate de oferecer os pratos preferidos com certa frequência.

Publicidade

Escolha sempre os melhores ingredientes ao fazer marmitex para vender

Isso é muito sério. Muitas pessoas em início de negócio acabam por fazer algumas escolhas que barateiam o processo de montagem do empreendimento, e isso não é errado.

No entanto, quando se trata de comida, um ponto onde não é permitido economizar é na qualidade dos ingredientes. Lembre-se que eles são a matéria-prima da sua principal mercadoria, dessa forma, as pessoas precisam gostar do que está sendo servido.

Dessa forma, sempre busque por ingredientes naturais de qualidade, boas marcas de produtos industrializados e bons fornecedores de carnes, ovos e outros produtos desse tipo.

Esse é o mais claro exemplo que quando não é bem investido, o barato acaba saindo caro.

Modelos de venda

O empreendedor pode optar por alguns modelos para oferecer suas marmitas, no entanto, o delivery acaba sendo o mais comum e com maior adesão de compras.

Dessa forma, algumas dicas são:

  • Efetuar um cadastro no iFood (mas precisa ter obrigatoriamente CNPJ, ao menos como MEI);
  • Anunciar as marmitex, incluindo o cardápio do dia, nas redes sociais com número de telefone e WhatsApp;
  • Distribuir panfletos na região com os contatos do seu negócio.

Lembrando que no modelo delivery, o empreendedor precisará ter um veículo ou entregador a disposição.

Caso esse formato não seja uma opção, também é possível fazer as marmitex por encomenda e planejar como será a entrega aos clientes posteriormente.

Publicidade

Dessa forma, o empreendedor já deixa os pedidos prontos, e no dia fica disponível para que os clientes retirem o pedido, ou contrata um serviço especial de entregas para atendê-los.

Outra opção também, é fechar uma parceria com alguma empresa que precise fornecer marmitas aos funcionários. Esse modelo é super lucrativo, pois todos os dias o empreendedor tem um número fixo de marmitas para entregar, e dessa forma, uma renda fixa também.

Publicidade

Investimento e lucros para fazer marmitex para vender

Para iniciar um negócio pequeno de marmitas é necessário um investimento mínimo de R$1.000. Esse valor cobre os custos com estoque inicial, e outras despesas.

Em relação aos lucros, irá depender muito da demanda do negócio, e dos valores praticados pelo empreendedor. No entanto, há relatos de pessoas que conseguem faturar até R$5 mil por mês vendendo marmitas.

Para assegurar que as vendas sejam numerosas, aposte muito em materiais e plataformas de divulgação.

As redes sociais são muito ricas para fazer isso, mas não esqueça de fazer uma boa divulgação em mídia física também. Disponibilizar alguns panfletos em residências ou mesmo na rua, é sempre uma boa ideia.

Veja também: Como vender sucos naturais e sucos detox :Dicas para iniciar

Aline Resende
Formada em Marketing e pós graduanda do curso de Língua Portuguesa e Literatura do Centro Educacional Uninter. Trabalha na área de comunicação como Social Media e Criadora de Conteúdo além de fazer trabalhos de atuação e locução para material publicitário.

Deixe seu comentário