Como fazer polpa de frutas para vender – Dicas de receitas e como lucrar

Você já pensou em fazer polpa de frutas para vender? Pois bem, esse é um negócio muito fácil e barato de se começar, que não exige grande investimento em aparelhos e outros insumos de produção e que pode ser bastante lucrativo.

O mercado te evidenciado cada vez mais a preocupação das pessoas em levarem uma vida mais saudável. Entre os hábitos comuns de quem busca levar uma alimentação mais regrada e livre de insumos nocivos, está a busca por produtos não industrializados, incluindo os sucos de supermercados.

Dessa forma, o empreendedor que decide investir na produção de polpa de frutas para vender, encontra um mercado em expansão e super aberto a experimentar novas maneiras de consumir alimentos saudáveis em casa ou no trabalho.

polpa de frutas para vender

A gente já explicou por aqui como vender sucos naturais e sucos detox e o conceito de fazer polpa de frutas para vende é parecido.

Hoje nós vamos te dar algumas dicas de como produzir essa mercadoria, além de te ensinar algumas boas maneiras para que as suas vendas sejam um sucesso.

Materiais necessários para começar a fazer polpa de frutas para vender

Ao contrário do que se pode esperar, para iniciar um negócio de polpa de frutas não é necessário investir na compra de equipamentos. É completamente possível iniciar esse empreendimento apenas com o que já se tem em casa.

No caso, o que você irá precisar em materiais para iniciar a produção é:

  • Um bom liquidificador ou triturador;
  • Geladeira com Freezer;
  • Embalagens para armazenar as polpas de fruta.

E basicamente é apenas isso mesmo. Claro que, no caso do negócio crescer muito e a sua demanda ultrapassar o limite das ferramentas que você já tem, pode ser necessário no futuro investir nisso.

Receita de Polpa de Frutas para vender

O processo para fazer as polpas de fruta é bastante simples, mas começa antes mesmo de colocá-las no liquidificar ou processador.

Escolha bem as frutas que irá usar

O processo para fazer as suas polpas inicia na frutaria onde você deve selecionar os melhores produtos para transformá-los em mercadoria.

Escolha sempre as frutas mais frescas, sem machucados e se conseguir encontrar um fornecedor de frutas orgânicas, melhor ainda.

Chegando em casa, higienize muito bem os alimentos com bastante água e com o uso de uma escovinha macia para frutas. Em seguida descasque os que serão triturados.

Preparando as polpas

Depois que os alimentos estiverem higienizados e descascados, corte todos em pedaços menores e nessa etapa você deve separar os sabores de popas de irá criar. Por exemplo, você pode criar sabores integralmente de uma única fruta ou misturar algumas para criar sabores diferentes.

Depois de separadas, comece a triturar os alimentos usando ou o liquidificador, ou uma centrífuga de frutas.

Nessa etapa você não deve colocar nenhum líquido para ser batido junto com as frutas. Elas devem ser trituradas sozinhas para que não haja nenhum tipo de interferência no sabor.

Para facilitar esse processo de bater as frutas “secas” uma boa ideia é, antes de colocá-las no liquidificador, pré-amassar as mesmas com as mãos para que elas soltem um pouco de líquido. Claro que se estiver usando uma centrífuga, esse processo não é necessário.

Armazenando e congelando as polpas

Terminado o processamento você deve guardar a batida nos saquinhos ou potinhos que separou para essa finalidade.

Se forem utilizados saquinhos, uma forma para facilitar a virada dos líquidos é coloca os saquinhos em copos. Dessa forma, correm-se menos riscos de acabar derramando produto.

Em seguida, é importante tirar todo o ar de dentro das embalagens e só então, lacrá-las.

Não esqueça de usar etiquetas nos pacotes especificando o sabor, a data de fabricação e a data de validade das polpas. Em média, polpas de frutas podem ser armazenas no congelador entre três e seis meses.

Dicas para lucrar muito fazendo polpa de frutas para vender

Agora que você já sabe como preparar a sua mercadoria, está na hora de saber algumas dicas que ajudarão o seu negócio a ter mais sucesso.

Crie uma etiqueta personalizada

Sabe as etiquetas com as informações de sabor e validade das suas polpas, pois bem, é bastante aconselhável que você use uma etiqueta dessas, personalizada com a sua marca.

Também é bacana que além das informações primordiais, você também coloque informações de contato, para o caso de algum cliente querer encomendar os seus produtos.

Divulgue o seu negócio nas redes sociais e para os seus vizinhos de bairro

Quando se começa um tipo de negócio caseiro como esse, é bastante comum que os primeiros clientes sejam vizinhos, amigos e familiares e isso é ótimo. Dessa forma, assim que começar a sua produção, avise nos seus grupos de amigos sobre o seu negócio.

Se for possível, também coloque uma placa no portão de casa para alertar seus vizinhos que você está vendendo polpas de frutas. E claro, não esqueça de fazer uma boa divulgação nas suas redes sociais.

Aliás, se quiser saber mais sobre vendas online, veja o artigo sobre como vender pelo WhatsApp e também o que explicamos como vender pelo Facebook.

Quanto ganha quem faz polpa de frutas para vender?

Finalmente chegamos a parte da lucratividade. Antes de tudo é importante saber que com R$100 já é possível iniciar um negócio de fabricação de polpa de frutas.

Em relação ao preço de venda, tudo irá depender da realidade da sua região, do tamanho das porções oferecidas por você, do seu gasto com insumos, mão de obra e energia, e por último, da análise dos seus concorrentes. Dessa forma, a melhor forma de descobrir seu preço de venda é realizando uma pesquisa de mercado básica.

Em relação aos lucros, estimativas apontam que o negócio de venda de polpa de frutas pode chegar a faturar até R$800,00 mensais. Mas claro que isso irá depender da sua demanda e de diversos outros fatores.

Veja também: Marcas de roupas para revender: As melhores para lucrar muito

 

Aline Resende
Formada em Marketing e pós graduanda do curso de Língua Portuguesa e Literatura do Centro Educacional Uninter. Trabalha na área de comunicação como Social Media e Criadora de Conteúdo além de fazer trabalhos de atuação e locução para material publicitário.

Deixe seu comentário