Aluguel de equipamentos para construção: um negócio que fatura alto

Os negócios de aluguéis sempre tiveram boa aderência no Brasil apesar de, por muito tempo ter ficado limitado aos segmentos de imóveis e veículos. Com as mudanças nos hábitos de consumo das pessoas, outros mercados também decidiram dar uma oportunidade ao modelo, e assim surgiram as empresas que trabalham com aluguel de equipamentos para construção.

O maquinário envolvido para trabalhos de construção e reformas são bastante caros, porém de primeira necessidade para os profissionais que trabalham com obras. Dessa forma, a ideia de poder alugar esses equipamentos desde sempre teve alta demanda.

A marca Casa do Construtor foi uma das primeiras a adotar esse modelo de negócio e expandi-lo por meio de franquias. A ideia é oferecer ao profissional grande variedade de equipamentos de marcas confiáveis, para que ele possa trabalhar com segurança e economia.

Além de alugar diretamente para o trabalhador, a empresa também fecha contratos de aluguel com diversas empresas construtoras. Sendo assim, seu potencial de faturamento é milionário o que acaba atraindo mais do que clientes, interessados em adquirir uma unidade.

Esse foi o caso do ex-servente de pedreiro, Erivan Rodrigues, que após anos trabalhando em obras e tendo aberto sua própria empresa construtora, decidiu investir em uma franquia Casa do Construtor.

Durante anos Erivan foi cliente da unidade existente em sua cidade. Ao saber do interesse em adquirir a franquia, o proprietário da loja na época ofereceu o repasse do negócio a ele. O empreendedor aceitou e em pouco tempo começou a administrar a empresa.

Leia também

Segundo Silva, por já ter tanta experiência com os equipamentos em obra, não foi difícil a adaptação com o cotidiano do negócio em si. No entanto, para quem não tinha nenhuma habilidade com informática levou um certo tempo até aprender a gerenciar o negócio com o sistema da franquia.

Apesar disso, após os primeiros meses, a loja se moldou muito bem a nova administração.

A expectativa era que o negócio crescesse em 2020, no entanto, por conta da pandemia, a expansão só voltou a ter gás em meados de maio. Com mais pessoas em casa aderindo as reformas residenciais, a unidade acabou ganhando um novo público para atender.

Com isso, mesmo com a crise, o negócio conseguiu faturar R$800 mil até o final do ano passado.

Em 2021, Erivan decidiu desacelerar os negócios de sua construtora para focar totalmente na franquia de aluguel de equipamentos para construção. Dessa forma, ele que acabou de adquirir uma segunda unidade da mesma franquia, tem como meta faturar R$1 milhão até o final do ano e consolidar seu trabalho como gestor.

Aluguel de equipamentos de obras é mais viável para construtoras

aluguel de equipamentos construção

Foi-se o tempo onde as empresas de construção precisavam ter todo o maquinário utilizado em obras, próprio. Alguns estudos no decorrer dos anos provaram que em diversos casos, vale muito mais a pena locar esses equipamentos.

As inconstâncias frequentes do mercado faz com que muitas empresas passem um bom período sem muita demanda. Dessa forma, quando se investe na compra de todos os equipamentos de trabalho, porém não se tem trabalho o bastante, esse investimento leva muito mais tempo para ser coberto.

Além disso, deixar um maquinário de grande porte sem uso durante bastante tempo, pode acarretar danos aos equipamentos.

Com isso posto, o aluguel de equipamentos para construção se torna uma opção de ótimo custo-benefício para o empreendedor. Mas é claro que, cada negócio vive uma realidade, e por isso é necessário colocar todos os valores na ponta do lápis para ter certeza do que é mais vantajoso.

Entre os benefícios listados para realizar o aluguel de equipamentos de obras estão:

  • Zero custos de manutenção;
  • Sem preocupação com questões de obsolência de peças e do próprio equipamento;
  • Investimento muito menor do que o exigido em uma compra;

Leia também

O negócio de aluguel de equipamentos para construção é com certeza muito vantajoso para o cliente. Por outro lado, com uma demanda tão grande, ele oferece ainda mais atrativos para quem decide investir no segmento.

Atualmente além da Casa do Construtor, o empreendedor também tem outras opções de franquia com o mesmo objetivo. Entre elas estão a For Rental, a Newmaq e a Tecnobre.

E claro que é sempre possível abrir um negócio com marca própria, caso seja o desejo do investidor. Para isso um bom planejamento é necessário, além de um alto montante para investimento, visto que a compra de equipamentos desse tipo não é barata.

Apesar disso, a vantagem de não se estar vinculado a uma franquia é que todo o lucro do negócio é apenas do empreendedor.

Veja também: Franquias Confiáveis: Como acertar na escolha para o seu investimento

Aline Resende
Formada em Marketing e pós graduanda do curso de Língua Portuguesa e Literatura do Centro Educacional Uninter. Trabalha na área de comunicação como Social Media e Criadora de Conteúdo além de fazer trabalhos de atuação e locução para material publicitário.

Deixe seu comentário