Pix apresenta vantagens para empresas, mas ainda causa desconfiança

O Pix, novo sistema de pagamentos e transferências instantâneas do Banco Central, conta com alta adesão de pessoas e empresas desde que entrou em operação. Entretanto, empreendedores brasileiros ainda se mostram desconfiados em relação à ferramenta.

Um dos principais chamativos do Pix é o fato de ele ser gratuito para pessoas físicas, o que fez com que o sistema fosse anunciado com a expectativa de revolucionar a forma de fazer pagamentos no Brasil. Entretanto, o mesmo benefício não se aplica a pessoas jurídicas, pois os bancos podem cobrar taxas das empresas que usarem o sistema.

E este é justamente um dos principais problemas que deixam empresários com um pé atrás, pois muitos bancos ainda não informam quais serão as taxas cobradas. Por conta disso, empresas deixam de usar o Pix temendo que ele gere custos futuros.

pix empresas

Um estudo recente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), por exemplo, indica que o setor tem alta adesão ao sistema. Segundo a pesquisa, 62% dos estabelecimentos do segmento já têm cadastro no Pix, sendo que 37,8% já utilizam o sistema para receber algum pagamento.

Por outro lado, o levantamento também mostra que algumas questões ainda preocupam os empreendedores que aderiram ao sistema. Entre os motivos mais citados entre os entrevistados para a desconfiança com Pix, estão os temores com possibilidade de fraude (28%), erro na transferência (21%) e de que os dados sejam usados indevidamente (18%).

Além disso, os empresários deste segmento ainda destacam alguns fatores que fazem com que muitos estabelecimentos não disponibilizem o Pix como meio de pagamento. Entre eles, estão os fatos de não haver uma integração com sistemas de outros estabelecimentos, e a incerteza em relação às tarifas cobradas.

Apesar das preocupações, empresas têm vantagens com o Pix

Os motivos de desconfiança por parte de empreendedores com Pix se justificam com a falta de transparência de alguns bancos e o fato de o sistema ainda ser novidade. Por conta disso, é natural que as preocupações prevaleçam enquanto a ferramenta não se estabelece como opção bastante utilizada.

Por outro lado, as empresas têm motivos para se interessar pelo sistema, já que ele apresenta vantagens que podem valer a pena mesmo em caso de cobrança de taxas. Os recebimentos instantâneos de valores de pagamentos ou transferências 24 horas por dias e sete dias por semana, por exemplo, justificam a alta adesão. Vale lembrar que essas regras se aplicam inclusive em fins de semana e feriados.

Além disso, empreendedores que utilizam o Pix para transações financeiras ainda podem aproveitar outros benefícios, como a facilitação do controle e da redução da inadimplência. Outro fator de destaque nesse sentido é a possibilidade de cobrar atrasos sem precisar emitir boletos.

A ferramenta também tem vantagens financeiras, como a diminuição de custos em transações realizadas com cartão. Ela também possibilita melhorias no fluxo de caixa, por conta de maior entrada de dinheiro. A gestão e o controle financeiro do negócio também tende a ser mais efetivo a partir o uso do Pix.

Outros destaques do sistema são a praticidade e a agilidade nas transações. Com isso, há a possibilidade de diminuição de filas em estabelecimentos comerciais, que costumam incomodar muitos clientes.

Mas o principal público de usuários do Pix em seu primeiro mês de funcionamento foi o de pessoas físicas. Das mais de 116 milhões de chaves cadastradas, este grupo foi responsável por 110,9 milhões, enquanto as empresas representaram apenas 5,1 milhões.

Revendedores também podem se beneficiar

Um dos segmentos que mais contam com vantagens ao utilizar o Pix é de revendas. Além dos motivos já apresentados acima, que representam maior segurança, controle de finanças, e redução de custos, revendedores também têm vantagens específicas desse modelo de negócios.

Entre elas, podemos destacar a possibilidade de usar o sistema sem a aplicação de taxas, pois as transações são gratuitas para MEI e pessoas físicas. Sendo assim, quem tem um empreendimento “pessoal”, como é o caso dos revendedores, pode aproveitar ainda mais recursos do Pix.

Além disso, o sistema também proporciona maior segurança aos revendedores contra eventuais fraudes. Outra vantagem proporcionada pelo Pix é a sua conexão com carteiras digitais, ferramentas populares entre micro e pequenos empreendedores, como Mercado Pago, PicPay e AME.

O cadastro de uma nova chave Pix deve ser feito diretamente com o banco com o qual você tem conta. Neste texto do site Tecnoblog, você pode conferir como fazer isso com segurança, inclusive por aplicativos.

Felipe Matozo
Estudante de Jornalismo no Centro Universitário Internacional Uninter e ator profissional licenciado pelo SATED/PR. Ligado em questões políticas e sociais, busca na arte e na comunicação maneiras de lidar com o incômodo mundo fora da caverna.

Deixe seu comentário