Se você é MEI é fundamental que saiba como fazer ISTO da forma CORRETA

Os microempreendedores individuais – MEI é um modelo de negócio que vem se popularizando cada vez mais, mas nem todos sabem todas as regras e requisitos do mesmo! Aqui, iremos apresentar o porque você deve preencher relatório mensal. 

Para entender mais sobre o relatório mensal do MEI, acompanhe! A seguir você verá todas as informações que precisa saber.

relatorio mensal

Relatório Mensal – MEI 

O objetivo do relatório mensal do MEI é facilitar o acompanhamento de faturamento que a empresa teve ao longo do ano. Não existe a necessidade de entregar a nenhum órgão do governo, porém, ter o relatório é muito útil para preencher a Declaração Anual de Faturamento (DASN-SIMEI), que é uma espécie de imposto de renda da empresa. Além de ajudar em uma eventual prestação de contas.

Como fazer um relatório mensal

Publicidade

Saiba que é super simples fazer um relatório mensal do MEI, ele pode ser feito digitalmente ou manualmente, seguindo o exemplo de relatório disponibilizado no site gov.br. Você deverá informar o CNPJ, razão social e o mês de apuração das informações. Preencha de acordo com a área de atuação do seu negócio, deixando os outros espaços em branco. 



Coloque a receita bruta recebida ao longo do mês sem a emissão de nota fiscal, após isso, repita o processo incluindo os valores com a emissão de nota fiscal. No final, você soma as duas receitas para saber qual é a apuração bruta total do mês.

Por fim, basta assinar e preencher a data. Faça o relatório até o dia 20 de cada mês.

Não é necessário enviar o relatório para algum órgão, guarde o mesmo pelo período mínimo de cinco anos, junto com as notas fiscais e outros documentos que comprovem as transações realizadas pela sua empresa. 

Publicidade


Publicidade


Todo esse processo traz mais segurança para você e sua empresa, pois, se você precisar prestar algum tipo de conta, terá todas as informações organizadas e armazenadas para agilizar o processo.

O que é DASN SIMEI

O DASN SIMEI é a Declaração Anual Simplificada para o Microempreendedor Individual, ela deve ser feita anualmente e comumente é entregue até o último dia de maio. É super importante apresentar a mesma para que o MEI fique em dia com suas obrigações fiscais perante a Receita Federal. 

Publicidade

É importante ressaltar que a declaração deve ser enviada mesmo que o MEI não tenha tido faturamento durante o ano. 

Publicidade

Caso extrapole o limite permitido de faturamento do MEI, será preciso buscar o apoio de um profissional contábil para realizar seu desenquadramento do regime MEI.

Deixe seu comentário