Estratégias de vendas para ajudar a aumentar o faturamento

Apesar de 2020 ter sido um ano responsável pelo fechamento de muitos negócios, também foi um ano em que muitos novos empreendedores surgiram no mercado. Dessa forma, para tentar se sobressair a concorrência, é necessário apostar cada vez mais em boas estratégias de vendas para o negócio.

Com a alta dos negócios digitais, as antigas técnicas utilizadas por lojas e vendedores ainda são relevantes, no entanto, precisam de um up.

Com uma atualização dos conhecimentos prévios e a soma de novas estratégias, o empreendimento tem mais chances de se manter relevante, além de expandir as possibilidades de conquista de novos clientes.

estratégias de vendas
Publicidade

Muitas ferramentas gratuitas na internet podem ser extremamente valiosas para os empreendedores. Além delas, táticas simples, porém com grande impacto, também podem fazer a diferença em estabelecimentos físicos.



Veja a seguir algumas estratégias de vendas para aplicar no seu negócio e se destacar no mercado.

Vitrine de produtos (online e física)

A demonstração de produtos, seja em estabelecimento físico ou online, é uma das partes mais importantes de boas estratégias de vendas.

Organizar uma bela vitrine em estabelecimentos físicos, despertam o interesse dos consumidores e os atrai para o interior das lojas. No entanto, se a mesma organização e disposição de peças não seguir um padrão parecido dentro do estabelecimento, isso pode causar quebra de expectativa nos clientes.

Publicidade


Publicidade


Quando falamos de negócios online, esse cuidado com a demonstração das peças precisa de ainda mais cuidado.

No meio online, o único contato prévio que o cliente tem com a mercadoria, é por meio das fotos de produtos. Sendo assim, é preciso ter cuidado para que as imagens demonstrem a peça com a maior fidelidade possível, evitando insatisfação no momento em que o consumidor receber o produto.

Publicidade

Hot Points – Estratégias de vendas

Os hot points são pontos estratégicos de estabelecimentos físicos, onde ficam expostos os produtos mais relevantes do comércio, ou ainda os de maior saída.

Publicidade

Dessa forma, podem ser considerados hot points:

  • Manequins com a nova coleção, em lojas de roupas;
  • Livros com exposição de capa, em gôndolas de livrarias e sebos;
  • Prateleiras decoradas a altura dos olhos, em lojas de decoração;
  • Vitrines em geral;
  • Prateleiras próximas ao caixa com produtos mais buscados.

Apesar desse ser um conceito de comércios físicos, ele também é aplicado no e-commerce. Essas áreas podem estar localizadas em banners na página inicial, divulgando promoções ou novidades, por exemplo.

Em resumo, os hot points são aqueles que tem grande apelo visual para os clientes e pode levá-los a adquirir um produto mais facilmente.

Atendimento – Estratégias de vendas

Não importa qual o segmento do negócio, e também se ele é físico ou online, um bom atendimento é sempre essencial.

Agora, algumas pessoas podem pensar “mas em lojas virtuais não existe atendimento”, e isso é um engano. Toda a estrutura do e-commerce, a acessibilidade, a facilidade ou dificuldade que o cliente tem em encontrar produtos ou realizar seus pagamentos, tudo isso conta como atendimento. Dessa forma, cuidar dessa parte técnica é essencial para que uma loja online tenha mais chances de ser bem-sucedida.

E claro, não se esquecendo que, em caso de problemas ou dúvidas, o cliente precisará entrar em contato com a empresa e deverá receber um ótimo atendimento pessoal, também.

Em se tratando de outros formatos onde o atendimento é obrigatoriamente pessoal, esse processo pode ser mais fácil ou mais difícil. Tudo depende do treinamento do atendente, que deve ter preparo técnico, simpatia e empatia para se comunicar com os clientes.

Você pode ver aqui como vender pelo telefone, por exemplo, um modelo que ainda é muito usado em diversas empresas.

Publicidade

Leia também

Conta no Google Meu Negócio

Agora, falando de ferramentas online de alto impacto, o Google Meu Negócio é um claro exemplo.

Publicidade

A plataforma permite que empreendedores cadastrem seus negócios, físicos ou não, e disponibilizem as informações mais importantes. Nele, o empreendedor pode cadastrar:

  • Endereço;
  • Horário de funcionamento;
  • Serviços oferecidos;
  • Endereço de site;
  • Telefone;
  • Biografia da empresa;
  • Entre outras coisas.

Sendo cadastrado, o estabelecimento aparece mais facilmente nos motores de busca online, incluindo o Google Maps. Dessa forma, o negócio sempre aparecerá nas indicações mais próximas, quando um cliente estiver buscando pelo seu tipo de negócio.

Essas foram as dicas de estratégias de vendas para aumentar o faturamento do seu negócio. Sem dúvidas, elas farão grande diferença assim que começarem a ser aplicadas.

Veja também: 9 erros nas redes sociais da sua empresa que afastam os seus clientes

Aline Resende
Formada em Marketing e pós graduanda do curso de Língua Portuguesa e Literatura do Centro Educacional Uninter. Trabalha na área de comunicação como Social Media e Criadora de Conteúdo além de fazer trabalhos de atuação e locução para material publicitário.

Deixe seu comentário