Workaholic – 6 sinais de que você está trabalhando mais do que deveria

O termo workaholic entrou em voga nos últimos anos, e significa “trabalhador compulsivo”. Em poucas palavras, se refere a pessoas que colocam o trabalho como maior prioridade de suas vidas e têm como maior motivação suas conquistas profissionais.

Talvez você pense que não se encaixa nesse grupo, mas muitas pessoas estão viciadas no próprio trabalho e nem se dão conta. Quem trabalha mais do que deveria, por exemplo, podem estar prestes a se tornarem workaholics sem perceber.

Por isso, se você se preocupa em estar dedicando mais energias ao seu trabalho do que deveria, vamos conhecer agora alguns sinais de que você está trabalhando demais.

Workaholic

1 – Quando você não tem tempo livre para nada

Já perdeu as contas de quantas vezes deixou de fazer algo que tinha vontade porque estava ocupado demais com o trabalho? Se o seu trabalho costuma te impedir de fazer outras coisas, você pode estar prestes a se tornar um workaholic.

Mesmo que a sua função exija bastante esforço, o seu emprego não pode te impedir de ter uma vida além dele. O ideal é limitar o seu trabalho ao seu expediente e ter as demais horas do dia para fazer outras coisas.

VEJA TAMBÉM: como abrir um MEI em 7 passos fáceis!

2 – Sua família tem reclamado

Se em casa estão reclamando que você passa muito tempo fora e sentem sua falta nos programas em família, é bom dar atenção a isso. Além disso, repare se você está ativo na rotina da casa. Se estiverem te deixando de fora das questões familiares, pode ser que nem contem mais com você.

Outro problema em casa é se você estiver descontando os problemas do serviço na sua família. Trocar a família pelo trabalho é coisa de workaholic.

3 – Quando você não para de pensar no trabalho

Este é um sinal bem claro, mas que muitas pessoas sequer se dão conta de estarem fazendo isso. Se preocupar com problemas do trabalho para além do horário de serviço é normal, mas passar a maior parte do dia pensando no que se passa na empresa não é saudável.

Assim como você sai do trabalho, é preciso permitir que o trabalho também saia de você. Sua mente precisa de tanto descanso quanto o seu corpo.

Aliás, se você também só fala sobre o seu trabalho, é porque ele não sai da sua cabeça. É importante liberar espaço na sua mente para outras coisas e ser capaz de mudar de assunto.

4 – Você não tem hobbys nem círculos sociais

Para que a vida não se resuma a trabalhar e seja mais interessante, uma das alternativas mais eficientes é manter um hobby, algo que você goste muito de fazer. Não ter um hobby pode ser sintoma de trabalho em excesso, é interessante tornar sua rotina mais leve.

Além disso, é comum que hobbys estejam conectados a grupos de amigos com os mesmo interesses. Mas se você tem reparado que o seu círculo de amizades está resumido aos colegas de trabalho, é sinal de que seu trabalho está ocupando espaço demais na sua vida.

5 – Você não tira férias

Se já passou o prazo para você tirar férias, e mesmo assim você continua evitando, pode ser um sinal de “vício” no trabalho.

As férias são fundamentais para descansar e aproveitar para fazer outras coisas que durante o ano não é possível. É um período para esquecer um pouco do trabalho, deixar de lado a tensão diária, e cuidar mais de si mesmo. Sem contar que também é questão de saúde, não dá para deixar de tirar férias.

6 – Problemas de saúde

Falando em saúde, se você enfrentando alguns distúrbios físicos ou psicológicos, chegou a hora de repensar sua rotina.

O excesso de trabalho pode levar a desgastes que comprometem a sua saúde, como imunidade baixa, dores de cabeça e problemas estomacais. Ainda pode prejudicar seu sono, o que também contribui para outros problemas de saúde.

Além disso, tem a questão da saúde mental. Se você estiver passando por problemas como ansiedade, irritabilidade, tédio constante, pensamentos pessimistas, ou apresentar outros sinais de estresse, saiba que estes são sinais de excesso de trabalho. Outros distúrbios relacionados a rotinas exaustivas são as faltas de memória e de criatividade.

Os problemas de saúde costumam ser apontados por especialista como os principais motivos para que “workaholic” seja considerado algo prejudicial.

E se você acha que está trabalhando demais, está descontente com essa rotina excessiva e quer mudar os rumos da sua carreira, considere abrir um negócio em home office. Aproveite para conferir quais são os negócio digitais em alta em 2020 e também conhecer os produtos que mais vendem na internet.

Felipe Matozo
Estudante de Jornalismo no Centro Universitário Internacional Uninter e ator profissional licenciado pelo SATED/PR. Ligado em questões políticas e sociais, busca na arte e na comunicação maneiras de lidar com o incômodo mundo fora da caverna.

Deixe seu comentário