Vender artesanato na internet – Dicas de plataformas e como ter lucro

Os movimentos de sustentabilidade e consumo consciente tornou a procura por artesanatos e peças exclusivas uma frequente. Por isso, o artesão que pretende fazer com que seu negócio cresça ainda mais, precisa aprender formas de como vender artesanato na internet, visto que esse modelo é um dos mais buscados.

Ao contrário do que pode parecer, vender produtos em plataformas online não é nenhum bicho de sete cabeças. Qualquer pessoa, com um pouco de interesse e atenção, consegue tirar proveito dessas ferramentas.

As formas de vender artesanato na internet são inúmeras e podem atender diversos tipos de clientes e suprir as necessidades de diversos tipos de empreendedores. Uma das maiores vantagens de oferecer produtos dessa forma, é que praticamente não há barreiras de distância entre fornecedor e cliente. Os produtos podem ser entregues, em sua maioria, em qualquer lugar, dependendo da plataforma escolhida pelo artesão.

vender artesanato internet

No decorrer desse texto nós iremos te apresentar algumas plataformas de venda online, além de dar algumas dicas que podem te fazer lucrar mais. Vamos lá!

Plataformas para vender artesanato na internet

Vamos começar então, falando dos veículos de vendas disponíveis online onde o artesão poderá disponibilizar seus produtos.

E-commerce para vender artesanato na internet

Abrir um e-commerce é sempre a principal alternativa para quem deseja, além de efetuar vendas, criar uma marca forte e que se torne mais facilmente reconhecida com o tempo.

A ideia de um e-commerce é a mesma de uma loja física, ou seja, apenas as suas mercadorias serão vendidas nele e você tem toda a autonomia sobre de que forma ocorrerão os pagamentos, entrega, layout do site entre outras especificações.

Claro que, criar um e-commerce não é um atarefa gratuita, e o empreendedor precisará contratar os serviços de um bom programador para estruturar a plataforma. No entanto, a maior vantagem desse modelo é que todas as peças vendidas tem seu lucro completo voltado para o empreendedor.

O que pode ser uma desvantagem é que, qualquer erro que aconteça na plataforma é sua responsabilidade, e da sua equipe, realizar o conserto. A parte de logística para entrega de produtos também é responsabilidade sua.

Mas é claro que com planejamento, esses fatores não precisam ser desvantagens.

Marketplaces

Os marketplaces costumam ser as plataformas escolhidas por muitos artesãos, isso porque, esse tipo de site permite que se anuncie e realize todas as transações de vendas por ele mesmo.

Os de uso mais comum de quem trabalha com artesanato são o Mercado Livre, o Enjoei e o Elo 7. Aliás, esse último é onde se encontra mais artesões, o que acaba o tornando mais competitivo por ser bastante comum encontrar produtos semelhantes, no entanto, também é onde os clientes interessados em peças de artesanato mais realizam buscas.

Mas vamos explicar como funcionam os marketplaces. Nessas plataformas, o negociante realiza o seu cadastro e em seguida, publica todos os artesanatos que deseja vender com descrições sobre os produtos, especificações e preço. Dessa forma, sempre que um cliente interessado resolver comprar um produto, o empreendedor é avisado através do seu perfil na plataforma e efetua a venda por ela.

Como desvantagem, os marketplaces cobram algumas taxas de anúncio sobre a venda dos produtos, no entanto, a vitrine costuma alcançar tantas pessoas, que isso acaba sendo compensado pelo número de vendas.

Redes Sociais para vender artesanato na internet

As redes sociais são ferramentas extremamente poderosas quando se fala em vender artesanato, afinal, além de vender elas também servem como meio de promoção de produtos e de marca.

Criar uma lojinha em rede social não é nem um pouco difícil. Elas funcionam como páginas ou perfis onde o artesão publica fotos de seus produtos que estão a venda e o contato com os clientes acontecem através delas mesmo.

Esse meio de vendas não necessita de nenhum tipo de investimento financeiro por parte do empreendedor. No entanto, se o mesmo quiser pagar para promover profissionalmente suas publicações, é possível tanto no Facebook quanto no Instagram.

WhatsApp Business

O WhatsApp também é uma rede social, porém as vantagens de vender por ele, são tantas, que merece o aplicativo merece um tópico único.

O WhatsApp Business é uma ferramenta de auxílio de vendas para empreendedores, onde é possível montar um catálogo de produtos entre várias outras coisas, para ajudar a promover e vender mais.

Recentemente, aliás, o aplicativo passou por algumas atualizações que fizeram com que o processo de vendas ficasse ainda mais facilitado.

Se quiser saber tudo sobre essa ferramenta, leia o artigo como vender pelo WhatsApp? Passo a Passo para começar no aplicativo.

Ideias para lucrar mais vendendo artesanato online

Já falamos sobre as principais plataformas de vendas online e agora vamos te dar algumas dicas que com certeza te ajudarão a lucrar muito mais ao vender artesanato na internet.

Faça uma boa apresentação do seu produto

Algo mais do que primordial para vender qualquer coisa pela internet são as fotos de divulgação e também a descrição do produto.

Dessa forma, independente da plataforma que você escolher vender seus artesanatos, capriche ao fazer as fotos que serão publicadas e também invista em descrições completas sobre a mercadoria, para que os interessados não tenham nenhuma dúvida na hora de comprar.

Veja aqui Fotos de produto : 5 dicas para tirar fotos com a câmera do seu celular.

Dê atenção especial a embalagem na qual o seu produto será entregue

A embalagem é um fator muito importante no momento na hora de entregar os produtos para o cliente.

Elas devem proteger muito bem a mercadoria, e também ter certa personalidade da sua marca.

Para ajudar na fidelização dos seus clientes, procure mandar um mimo como um cartão de agradecimento ao cliente, ou mesmo algum brinde, obviamente, que não prejudique o financeiro do seu negócio. Os clientes amam esse tipo de coisa, as chances de voltar a fazer negócio são grandes quando o mesmo percebe esse cuidado todo.

Para saber mais sobre embalagens, veja Embalagens para produtos: Dicas para fazer a sua e arrasar.

Se divulgue nas redes sociais mesmo que esse não seja seu principal canal de venda

Você viu que é possível transformar uma página em rede social na sua lojinha online, no entanto, mesmo que você opte por outra plataforma de vendas, não deixe de criar um perfil para o seu negócio nas mídias.

Ainda que elas não sejam para vendas, elas são as ferramentas mais poderosas no fator de divulgação de marca hoje em dia, por tanto, seriam um erro não utilizá-las.

Além das novidades do seu negócio, você também pode publicar outros tipos de conteúdos que tenham relevância para os seus clientes.

Veja aqui Ideias de conteúdo para bombar as redes sociais do seu negócio

Aline Resende
Formada em Marketing e pós graduanda do curso de Língua Portuguesa e Literatura do Centro Educacional Uninter. Trabalha na área de comunicação como Social Media e Criadora de Conteúdo além de fazer trabalhos de atuação e locução para material publicitário.

Deixe seu comentário