Venda de chocolates na Páscoa: dicas de especialistas para faturar

Um dos períodos de maior faturamento para o mercado brasileiro é a Páscoa onde diversos comerciantes lucram com a venda de doces. A venda de chocolates na páscoa é tradicional, porém de alguns anos para cá os consumidores passaram a buscar muito mais por opções artesanais do que as oferecidas por grandes marcas de chocolate.

No ano passado, devido a pandemia de coronavírus, a venda de chocolates caiu por volta de 33% no período do feriado. Para tentar contornar isso, muitos empreendedores vêm buscando inserir novas opções no cardápio que chamem a atenção dos clientes, seja por instigar a vontade de experimentar ou pelos produtos com custo-benefício mais atrativo.

Josiane Luzz, dona da fábrica de chocolates Luzz Cacau é uma empreendedora que vem investindo nesse tipo de estratégia.

Publicidade

Em 2021, a empresa de Josiane não irá realizar a produção de ovos de páscoa. Ao invés disso, pensando no custo benefício e em atingir um público de paladar um tanto mais refinado, ela optou por montar kits de barras de chocolate produzidas com maiores porcentagens de cacau combinados com ingredientes mais exóticos como a pitanga, o açaí e o gengibre. Isso porque mesmo com esses toques refinados, os kits ofertados por ela ainda saem mais barato para o consumidor do que a compra de ovos de páscoa de marcas tradicionais.



Outra estratégia que a empresária precisou adotar no ano passado e que deve ser aperfeiçoada ainda mais esse ano, são as vendas pelos meios digitais. No caso, Josiane adotou tanto o e-commerce próprio quanto as vendas por meio de parcerias com outras plataformas.

Leia também

venda de chocolates na páscoa

O procedimento adotado pela empresa de Josiane, vem de encontro a algumas das dicas dadas por especialistas no mercado de chocolates como Ubiracy Fonseca, presidente da ABICAB e de Vandick Silveira, economista. Você confere cada uma delas, além de outras orientações que poderão auxiliar quem está pensando em investir na venda de chocolates na Páscoa desse ano.

Delivery de chocolate

Para Ubiracy Fonseca, uma das adaptações que os empreendedores de chocolates precisarão investir ainda mais fortemente esse ano, é no delivery de suas mercadorias.

Publicidade


Publicidade


Com a pandemia ainda em alta no país, as chances são cada vez maiores de os estados voltarem a aderir aos lockdowns, como já está acontecendo, dificultando a circulação das pessoas para realizarem atividades consideradas não essenciais. Dessa forma, a oferta de modelos de entrega ao consumidor é primordial para o sucesso do negócio.

O presidente da Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Amendoins e Balas, frisou ainda que é essencial elaborar um ótimo plano de logística para que a experiência do cliente seja a melhor possível.

Publicidade

Vendas antecipadas – Vendas de chocolate na Páscoa

Para o economista Vandick Silveira, outra estratégia que pode render muito ao pequeno empreendedor de chocolates é a venda antecipada dos produtos.

Publicidade

Com isso, o empreendedor garante logo de início uma fatia da demanda dos concorrentes, além de poder apresentar seu produto mais cedo e, com isso, instigar o cliente a comprar mais até a data do feriado caso aprove o produto.

Inovação e Variedade de chocolates

Com tanta concorrência no mercado, é preciso que o empreendedor coloque a criatividade em ação e desenvolva produtos inovadores e com forte apelo visual.

É claro que muitos produtos são populares e sempre terão vendas garantidas, no entanto, o atrativo pode estar em elementos como o formato, embalagem, sabores e etc.

Recentemente nós publicamos um artigo com 7 ideias de doces para vender na Páscoa 2021. Apesar de no texto não serem dadas apenas opções de chocolates, é possível se inspirar em vários modelos listados.

Confira também o vídeo abaixo que complementa a ideia do texto.

Oferta de produtos mais baratos ou com melhor custo-benefício

Outra dica de Silveira foi para que os empreendedores do chocolate elaborarem opções de baixo custo para os clientes.

Com a grande crise econômica que piorou ainda mais por conta da pandemia, muitas pessoas estão lesadas financeiramente. Com isso os incentivos para que realizem compras na páscoa precisam ser maiores e sem dúvidas valores mais em conta fazem grande diferença.

Dessa forma, a elaboração de pacotes menores, porém de boa qualidade ou ainda os chamados “pacotes econômicos” onde o consumidor até gasta um pouco mais, mas recebe uma maior quantidade de itens, são ótimas opções para se aderir.

Publicidade

Embalagens são mais um atrativo – Venda de chocolates na Páscoa

Pode parecer uma questão supérflua para algumas pessoas, mas a verdade é que a maior parte dos consumidores é atraído primeiramente pelos olhos.

Na páscoa a maior parte do que compramos acaba sendo para presentear outras pessoas. Sendo assim, investir em embalagens personalizadas é mais um ponto importante a se ficar atento.

Publicidade

Nós já demos algumas dicas de embalagem aqui no site. Você confere os artigos sobre o assunto aqui e aqui.

Divulgação e vendas online – Venda de chocolates na Páscoa

Por último, o chamado “pulo do gato” para conseguir vender mais chocolate na páscoa esse ano é investir mais do que nunca nas vendas e também nas divulgações online.

Para isso, o pequeno empreendedor não necessariamente precisa investir em um e-commerce próprio, como o exemplo da fábrica da Josiane, mas pode investir nas ofertas por aplicativos como o iFood (caso possua CNPJ) e sempre nas redes sociais.

A criação de páginas no Instagram e Facebook para a postagem de fotos dos produtos é essencial para atrair clientes.

Nesse ponto a dica de ouro é: criar sim páginas específicas apenas para a divulgação dos chocolates, mas jamais deixar de fazer a mesma publicação nas suas páginas pessoais, visto que você, provavelmente, tem muito mais amigos e seguidores do que essas páginas novas podem conseguir em pouco tempo e o apelo do seu nome pode ser muito maior para os seus conhecidos do que inicialmente da sua marca.

Além dessas redes sociais, não deixe de oferecer atendimentos por meio do WhatsApp Business e também por telefone. Quanto mais meios de contato você oferecer aos seus clientes, maiores as chances de efetuar vendas.

Veja também:  Franquia Chocolates Brasil Cacau: Lucros, investimentos e como abrir

Publicidade

Aline Resende
Formada em Marketing e pós graduanda do curso de Língua Portuguesa e Literatura do Centro Educacional Uninter. Trabalha na área de comunicação como Social Media e Criadora de Conteúdo além de fazer trabalhos de atuação e locução para material publicitário.

Deixe seu comentário