Startup HubLocal inclui empresas em mapas online e já vale R$ 5 milhões

Voltada a ferramentas de atração de clientes por meio de plataformas digitais de buscas, a startup cearense HubLocal vem mostrando crescimento acelerado durante a pandemia.

Desde o final de abril, a startup que oferece serviço de inclusão de empresas em listas e mapas online aumentou em 50% o seu número de clientes. Com isso, já são 600 negócios que contrataram a empresa para melhorar o desempenho de seus comércios em mecanismos de buscas.

Além disso, a HubLocal conseguiu recentemente um aporte de R$ 600 mil com a Anjos do Brasil, entidade de fomento ao empreendedorismo de inovação. Com o aporte, a startup já está avaliada em R$ 5 milhões, e espera desenvolver seu mecanismo de vendas e alcançar 1.000 assinantes até o fim de 2021.

HubLocal

Os criadores da startup, Felipe Caezar e Rodrigo Coifman, já tinham experiência com otimização de sites para ranqueamento nas pesquisas antes de empreenderem.

Segundo Caezar, eles tinham uma consultoria onde os clientes sempre questionavam o motivo de suas empresas não serem encontradas em mapas online. Foi aí que os empreendedores encontraram um nicho de mercado, e chegaram a viajar para o Vale do Silício para conhecer melhor este ramo.

A HubLocal cobra uma assinatura por cada comércio cadastrado, e seu público varia de micro a grandes empresas, como a rede de farmácias Pague Menos. Conforme Coifman, essas diferenças representam dois graus de dificuldade diferentes para o trabalho da startup. Enquanto empresas menores estão fora desses mapas e querem entrar, as maiores precisam organizar sua bagunça.

Crescimento da HubLocal durante a pandemia

Por conta da pandemia, o e-commerce cresceu em todo o território nacional durante o primeiro semestre do ano. Com as medidas de isolamento social, muitas empresas que não podiam abrir suas lojas precisaram passar a vender online. Nesse cenário, Rodrigo Coifman afirma que a HubLocal surgiu como solução para gerar mais ligações e mensagens.

Os mapas foram importantes também para atrair clientes que estão próximos do estabelecimento. O usuário busca locais próximos, de olho na taxa de entrega e no tempo de entrega, por exemplo”, destacou o empreendedor em entrevista à revista Pequenas Empresas & Grande Negócios.

Uma das primeiras etapas do serviço da startup é a realização de uma análise inicial de encontrabilidade do comércio no meio digital. Em seguida, são feitas as alterações necessárias para que estas empresas sejam mais encontradas nos principais mapas e listas telefônicas online, o que aumenta as oportunidades de atrair mais clientes.

Segundo pesquisa realizada pela Boston Consulting Group (BCG), aproximadamente 98% das empresas brasileiras não estão bem situadas nas buscas por localização. E conforme o Google, 44% das pesquisas online são relacionadas justamente à localização de empresas. É aí que se encaixa a proposta da HubLocal, que tem crescido no mercado brasileiro sem concorrentes diretos.

De acordo com os fundadores, o salto para 1.000 assinantes planejado para o final do próximo ano, por conta do aporte da Anjos do Brasil, avaliaria a HubLocal em R$ 30 milhões. Com isso, a startup estaria apta a captar um segundo aporte, o que pode fazer com que a projeção em cinco anos chegue a 80 mil assinantes.

Além disso, o investimento recente deve ajudar a empresa a aprimorar sua plataforma, otimizar processos e aumentar o quadro de funcionários. Atualmente, a equipe da HubLocal conta com 18 pessoas, número que deve aumentar para 40 em um ano.

Empresa é seminalista no maior prêmio brasileiro de startups

Nessa sexta-feira (25), a Associação Brasileira de Startups (Abstartups) divulgou a lista de seminalistas do Startup Awards, principal prêmio de startups do país. Esta é a oitava edição da premiação organizada pela Abstartups, e o objetivo é reconhecer os profissionais e empresas mais influentes deste mercado.

Cada uma das 15 categorias tem uma lista de 10 seminalistas pré-indicados para o prêmio. Nas próximas semanas, membros da Academia Abstartups devem votar para decidir os três finalistas de cada grupo. A lista final será divulgada em uma live no próximo dia 15 de outubro.

A HubLocal é semifinalista na categoria “Startup revelação”, e disputa uma das três vagas na final com as startups GoPhone, Ipê Digital, KOR Solutions, N2B Nutrição Empresarial, Neokohm, Paytrack, Real Valor, Transfeera e Triágil.

Os vencedores serão anunciados no dia 23 de outubro, durante o CASE Startup Summit 2020. Este é considerado o maior evento online e gratuito do segmento de empreendedorismo e inovação na América Latina, e terá duração de cinco dias. As inscrições estão abertas no site do evento e as vagas são limitadas.

Felipe Matozo
Estudante de Jornalismo no Centro Universitário Internacional Uninter e ator profissional licenciado pelo SATED/PR. Ligado em questões políticas e sociais, busca na arte e na comunicação maneiras de lidar com o incômodo mundo fora da caverna.

Deixe seu comentário