Ser Revendedora O Boticário Vale a Pena? Confira nossas impressões

Se você está pensando em se tornar uma revendedora do O Boticário, confira aqui as nossas impressões se vale ou não a pena!

Ser Revendedora O Boticário Vale a Pena? Confira nossas impressões (Imagem: Brooke Cagle/Unsplash)

Está pensando em empreender como revendedora O Boticário para aumentar os rendimentos mensais e alcançar a tão aguardada independência financeira? Pois descubra nesta matéria do Revendedor.com.br se vale a pena ou não a pena se tornar revendedora do O Boticário atualmente!

Aqui, você vai descobrir quanto ganha uma revendedora do O Boticário, quais são as vantagens de ser uma, quais os desafios em relação à concorrência e à revenda no mundo digital e, por fim, se vale ou não a pena se tornar uma revendedora O Boticário. Confira!

Quanto ganha uma revendedora O Boticário?

Inicialmente, a revendedora O Boticário tem uma comissão de apenas 15% sobre os produtos revendidos. Porém, conforme ela for ganhando experiência e avançando na empresa, a comissão pode chegar a até 35%. Isso significa que, a cada R$ 100,00 em produto vendidos, a revendedora recebe inicialmente apenas R$ 15,00, podendo subir posteriormente para até R$ 35,00.

Publicidade

A comissão inicial de 15% é um problema para quem está começando a revender, pois é um valor bem abaixo do valor de outras marcas, sendo que muitas delas oferecem 30% de comissão desde o início. Porém, O Boticário tem diversos planos de carreira para suas funcionárias, de modo que é realmente possível aumentar o valor do faturamento com o tempo.



Porém, tudo dependerá, assim como em praticamente todo modelo de revenda, do empenho, da determinação e da habilidade da revendedora na hora de fechar vendas com suas clientes. Tudo isso determinará quanto a revendedora O Boticário ganhará ao mês — e o quão rápido ela evoluirá dentro da empresa, aumentando seus rendimentos mensais.

Confira também:
Revender Boticário – Como funciona a revenda de produtos da marca

Vantagens de ser revendedora O Boticário

Algumas das vantagens de se tornar revendedora O Boticário são as seguintes:

Publicidade


Publicidade


  • Marca bastante popular e com uma boa demanda;
  • Incentivos (especialmente em formatos de brindes) que aumentam a margem de lucro da revendedora conforme o valor do pedido;
  • Promoções exclusivas para revendedoras O Boticário, renovadas frequentemente;
  • Sorteios de viagens e participações em eventos exclusivos;
  • Possibilidade de aumento de renda mediante trabalho imediato (e sem vínculo empregatício);
  • Participação em grupos de fidelidade, como o Grupo Viva O Boticário, com diversas vantagens, inclusive com sistema de pontos que podem ser trocados por recompensas.

Concorrência

Embora o fato de O Boticário ser tão popular e ter uma demanda alta ser uma coisa boa, pois as chances de você encontrar eventuais clientes são grandes, por outro lado isso pode vir a ser um problema, já que a marca atrai também diversos revendedores, o que aumenta a concorrência.

De qualquer forma, você certamente não terá problemas de concorrência direta ao revender os produtos da marca. Porém, você precisará fidelizar seus clientes, fazendo com que eles sempre a procurem quando estiverem atrás de novos produtos. Para quem já tem experiência com revenda, isso não vai ser um problema.

Publicidade

Já para quem nunca teve experiência com revenda e está começando com O Boticário, há uma boa notícia: a marca auxilia a nova revendedora, já que destaca uma supervisora para ajudar a nova empreendedora em seus primeiros passos no negócio.

Publicidade

Esteja preparado para transformar amigos, familiares, colegas de trabalho e vizinhos em seus primeiros clientes. Depois, pegando dicas com a própria empresa, com outras funcionários e a partir da sua experiência no ramo, você conseguirá expandir sua rede de contatos e, consequentemente, seu negócio.

Você também pode gostar de ler:
Revendedora O Boticário Iniciante: Todos os passos para vender O Boticário

Revenda no mundo digital

Tempos modernos exigem soluções modernas. Para obter sucesso como revendedora do O Boticário, é preciso investir no mundo digital. Especialmente em tempos de pandemia, quando as pessoas estão evitando de se ver pessoalmente.

E estas soluções vão desde investir em mídias digitais, como Facebook, Instagram, YouTube e TikTok para divulgar os produtos e atrair novos clientes, quanto em uma maquininha de cartão a fim de aceitar não apenas dinheiro vivo, mas também cartões de crédito e débito. Criar um perfil no WhatsApp Business também pode ser uma boa opção.

O problema é que, embora o Boticário até dê algumas orientações e capacitações às suas revendedoras sobre estas questões, caberá à própria revendedora correr atrás de se modernizar para aumentar suas vendas. Do contrário, o negócio pode não ser tão lucrativo assim, ainda mais com uma comissão inicial tão baixa (15%). Pessoas próximas transformadas em clientes não vão segurar a barra por muito tempo.

Mas então, vale a pena ser uma revendedora O Boticário?

Como todo negócio de revenda, a resposta mais óbvia é: vale, mas depende do seu empenho e da sua habilidade como vendedora. Afinal, todo negócio de revenda pode, sim, ser bastante lucrativo caso a revendedora tenha jeito para a coisa (e um pouco de sorte).

Porém, como frisamos ao longo da matéria, a comissão do Boticário é bem baixa, começando com apenas 15% do valor do produto convertido para a revendedora, o que está abaixo da média da revenda de produtos de beleza. Na Avon, por exemplo, a comissão começa em 20% e pode subir a até 38%. Já com a Mary Kay, o lucro médio da revendedora é de 30%.

Portanto, se você está começando agora no ramo da revenda, pode ser uma boa ideia começar primeiro com outras marcas, formando sua rede de contatos, fidelizando alguns clientes e ganhando experiência no ramo para só depois, para atender a demanda por produtos O Boticário (que certamente surgirá, pois é uma marca famosa e consolidada), se tornar uma revendedora da marca, adicionando os produtos ao seu estoque.

Publicidade

Por outro lado, o programa de fidelidade, os sorteios e os brindes que podem ser convertidos em lucro são bons atrativos que o Boticário oferece às suas revendedoras e que podem, de certa forma, até contornar o problema da comissão inicial baixa. Porém, tudo dependerá do planejamento e da habilidade da revendedora em aproveitar estas oportunidades para aumentar seu faturamento mensal.

Uma dica fundamental para ter sucesso com O Boticário é aguardar pelas promoções, em que descontos exclusivos são oferecidos às revendedoras. Comprando por um preço mais em conta e montando seu estoque para revender no futuro, a margem de lucro naturalmente sobe, o que pode contornar o tão mencionado problema da comissão.

Publicidade

Deixe seu comentário