Top 10 produtos que mais vendem na internet – Dicas para e-commerce

As vendas por internet crescem a cada ano, e todos os dias novos empreendimentos online surgem. O que não falta são opções de negócios de e-commerce para abrir, por isso vamos conhecer os 10 produtos que mais vendem na internet.

Se você está pensando em começar o seu próprio empreendimento online, saiba que são muitos nichos de mercado para considerar. São diversos públicos diferentes no ramo da moda, da tecnologia, da decoração e assim por diante.

Durante a pandemia, o e-commerce tem crescido exponencialmente no Brasil. Por isso, vamos conhecer alguns dos produtos que mais vendem na internet e ajudar você que está pensando em ganhar dinheiro com vendas online a tomar sua decisão.

Produtos que mais vendem na internet

1 – Roupas e Sapatos

O segmento da moda é um dos que mais atraem consumidores no mundo, e no Brasil não é diferente.

E no mercado de roupas, você também pode focar em públicos específicos, como um e-commerce de camisetas e blusas com estampas diferenciadas, por exemplo. Nesse sentido, dá pra investir em temáticas como de personagens, bandas, filmes, frases, entre outras estampas.

Mas muitas pessoas ficam receosas ao comprar roupas e calçados online por não poderem provar antes da compra. Por isso, é fundamental pensar nisso antes de começar seu negócio, ter em mente soluções criativas para esse problema.

Uma alternativa interessante é planejar uma política de trocas eficiente, que faça o cliente se sentir seguro. Também vale ser o mais específico possível sobre de tamanho e material dos produtos, para garantir ao consumidor que ele não vai se arrepender e nem errar nas medidas.

2 – Perfumes e Cosméticos

Este é um segmento que inclui diversos nichos dentro dele, o que não falta é público.

Em relação aos perfumes, são diversos tipos de fragrâncias que dá para oferecer entre femininas, masculinas, infantis e até ambientes.

Já na área dos cosméticos, você tem a opção de trabalhar com maquiagem, produtos para o cabelo, para a barba, para a pele e assim por diante. Além disso, existem ainda os públicos específicos, como os produtos para cada tipo de cabelo, por exemplo.

E sem contar que nesse mercado você também encontra diversas opções para trabalhar como revendedor.

3 – Bolsas e acessórios

Já falamos como roupas e sapatos vendem bastante online, mas os acessórios também tem um bom público. Bolsas, cintos, chapéus, e bijuterias como brincos, colares, pulseiras, anéis… São opções de produtos de sobra para montar seu e-commerce.

Caso queira iniciar neste setor, existem alternativas de revenda de produtos para montar a sua loja online, como a Rommanel, por exemplo.

E assim como no caso das roupas, neste segmento você também pode investir em produtos personalizados, como estampas ou pingentes temáticos, por exemplo. A exemplo de marcas para a revenda de roupas está a Demillus, que também permite a criação de sites para revenda.

4 – Smartphones e Notebooks

Hoje em dia quase ninguém quer abrir mão de estar conectado. E muitas pessoas preferem comprar celulares e computadores pela internet, onde a oferta é maior.

Mas o comércio na área de informática não se limita aos aparelhos em si. Então se você não tiver condições de fazer um alto investimento inicial para vender celulares e computadores, você também pode vender acessórios.

Tanto acessórios para smartphones quanto para computadores têm um investimento menor e podem te colocar no mercado. Além disso, o mercado de compra e vendas de usados também pode ser uma boa opção.

5 – Games

Ainda falando de tecnologia, o mercado de games é um que movimenta bastante dinheiro. E ele também oferece diversas opções para os vendedores, por isso os games estão entre os produtos que mais vendem na internet.

Assim como no caso dos celulares e computadores, você pode entrar nesse mercado mesmo se não puder fazer um investimento alto para vender consoles. Entre as opções de produtos que você pode vender estão acessórios e jogos.

E na venda jogos você também tem a opção de fazer o comércio de usados, o que é bastante comum. Afinal, muitos jogos novos são caros e pouco utilizados, então as pessoas até preferem pagar mais barato em um usado.

6 – Brinquedos

Além dos games serem bastante procurados, brinquedos em geral também têm bastante procura. Nos últimos anos, estes têm sido um dos produtos que mais vendem na internet.

E este é um mercado que não se limita ao público infantil. É óbvio que as ofertas para crianças precisam ser o ponto principal do seu e-commerce de brinquedos, mas opções como jogos de tabuleiro também são bastante procuradas pelo público mais velho.

7 – Livros

Os livros estão entre as melhores opções para dar de presente para quem você gosta. E é interessante que há diversas opções de temas para oferecer: romances, biografia, de poesia, autoajuda, religiosos, entre outros.

Além disso, aqui está outro e-commerce que pode incluir itens usados. Quem sabe não dá até para incluir alguns CDs, discos, e fazer um Sebo online, não é mesmo?

8 – Móveis e artigos de decoração

Todo mundo gosta de deixar a casa bem arrumada e representando a sua personalidade. Sendo assim, o que não falta na internet é gente procurando por móveis, quadros, tapetes, cortinas e outros acessórios que combinem com seus gostos.

Se você não tem condições de começar vendendo móveis por falta de espaço para armazenar, por exemplo, pode optar artigos menores e mais em conta.

E se você souber fazer ou personalizar itens de decoração, melhor ainda! Assim você pode vender artigos com a sua própria assinatura e identidade, um diferencial entre tantas lojas disponíveis.

9 – Alimentação

O mercado da alimentação é um que raramente fica em baixa. Então se você sabe cozinhar bem, considere abrir um e-commerce gastronômico.

E este é mais um segmento que oferece diversas opções de negócio: doces ou salgados, deliverys ou encomendas, marmitas comuns ou fitness, etc. O cardápio é grande, é só planejar com cuidado e seguir bem as regras da vigilância sanitária.

10 – Acessórios para carro

Tem muita gente que gasta mais dinheiro com seu carro do que consigo mesmo. E o mercado de acessórios automotivos inclui desde itens de enfeite até peças do motor. Inclusive, tornar-se ambulante é uma das alternativas de monetizar o seu carro. 

É comum que motoristas se deparem com preços altos em autopeças ou em oficinas mecânicas e procurem na internet por opções mais em conta, então aqui você pode encontrar um ramo lucrativo para o seu e-commerce.

Felipe Matozo
Estudante de Jornalismo no Centro Universitário Internacional Uninter e ator profissional licenciado pelo SATED/PR. Ligado em questões políticas e sociais, busca na arte e na comunicação maneiras de lidar com o incômodo mundo fora da caverna.

Deixe seu comentário