Políticas de vendas no Mercado Livre

A venda no Mercado Livre é uma alternativa para quem busca uma forma descomplicada de comercializar produtos na internet, sem precisar se preocupar com criar uma loja virtual, escolher plataformas e ferramentas de pagamento, entre outros detalhes.

O motivo disso é simples: o próprio Mercado Livre já oferece essa estrutura, simplificando o trabalho do vendedor e acelerando o processo de vendas online.

Mas, para vender utilizando a plataforma é preciso seguir as políticas de vendas do Mercado Livre. Aqui, indicamos quais são as principais. Confira e conheça quais políticas e normas você deve seguir!

mercado livre
Publicidade

Confira também:
5 coisas para NÃO FAZER ao vender no Mercado Livre



Principais políticas de vendas do Mercado Livre

As políticas de vendas do Mercado Livre integram os termos e condições gerais da empresa, que deve ser lido e aceito por todos aqueles que desejam utilizar o site. A seguir, apresentamos os principais pontos desse documento:

Cadastro e uso do Mercado Livre para vendas

Para uso da plataforma, deve-se ter um cadastro, que é feito gratuitamente. Esse cadastro pode ser realizado por pessoas físicas e jurídicas, desde que não tenham sofrido sanções (inabilitação e suspensão) do Mercado Livre anteriormente.

Produtos vendidos no Mercado Livre

O usuário pode anunciar produtos e/ou serviços de diferentes categorias e subcategorias. No caso de produtos, podem ser novos ou usados e sempre devem ter sido obtidos legalmente.

Publicidade


Publicidade


Todos os produtos anunciados na categoria Carros, Motos e Outros precisam ter menção ao preço integral, incluindo eventuais dívidas e ônus com os quais o comprador terá de lidar ao adquirir o bem.

O Mercado Livre proíbe a venda de determinados produtos, para garantir o cumprimento de leis. Confira alguns deles:

Publicidade

  • Armas, munições e material explosivo;
  • Celulares em desacordo com a lei;
  • Narcóticos e substâncias proibidas;
  • Flora, fauna e derivados;
  • Fogos de artifício;
  • Ossos, órgãos e membros humanos;
  • Tabaco e produtos relacionados;
  • Máquinas sem equipamentos de segurança;
  • Produtos que estão fora do comércio;
  • Medicamentos, produtos para saúde e/ou estética irregulares;
  • Produtos e serviços financeiros;
  • Serviços turísticos e relacionados;
  • Lista de e-mail e base de dados pessoais;
  • Documentos legais;
  • Programas ou serviços para hackear dispositivos eletrônicos;
  • Seguros;
  • Produtos que dependem de aprovação de órgãos governamentais.

Esses são somente alguns dos produtos proibidos. Se identificar problemas nos anúncios, como o descumprimento de normas do site, o Mercado Livre pode removê-los, sempre informando ao vendedor o motivo da remoção.

Publicidade

Dados de contato

O comprador recebe dados do anunciante quando manifesta a intenção de compra de um determinado produto. Depois disso, não é permitido inserir ou manter no anúncio dados de contato pessoais (e-mails, telefones, páginas de internet que contenham tais informações, entre outros). A medida tem como foco manter a privacidade das partes envolvidas na venda.

Processamento do pagamento

O vendedor pode utilizar diferentes formas de pagamento em seus anúncios, escolhendo a que melhor se adequar às suas expectativas. Mas, se optar por utilizar o Mercado Pago, a própria empresa faz o processamento da compra, com compensação bancária que ocorre de forma mais rápida do que pagamentos por boletos bancários.

Envio de produtos

O vendedor tem a opção de enviar os produtos pelo Mercado Envios e Mercado Envios Full (ambos serviços do Mercado Livre). Também há as opções de envio por conta própria ou entrega pessoal (nestes casos, deve-se encerrar a venda no site). Cabe ao vendedor escolher qual a opção mais vantajosa, considerando taxas.

Tarifas Mercado Livre

O Mercado Livre não cobra tarifa alguma para anunciar produtos e serviços! Mas, nos tipos de anúncio Clássico e Premium você paga somente uma tarifa depois de realizar a venda. Se optar por utilizar o anúncio Grátis, não há cobrança de taxa mesmo após a venda do produto.

Um detalhe importante: caso haja cobrança de taxa, o vendedor deve pagar o Mercado Livre dentro do período previsto e no percentual acordado previamente. Se não realizar a venda e não cancelar o processo no site dentro do previsto, haverá cobrança da taxa mesmo assim.

Se o vendedor cancelar uma porcentagem de vendas igual ou superior a 2,5% pode ser advertido, suspenso ou inabilitado pela plataforma. Além disso, o cancelamento impacta negativamente em sua reputação.

Práticas vedadas

Há, ainda, outras práticas que são vedadas pelo Mercado Livre. A seguir, listamos as principais:

  • Manipulação de preço de produtos;
  • Interferência em negociações entre usuários;
  • Comunicação direta por outro canal que não seja a seção de perguntas e respostas do Mercado Livre;
  • Agressão, calúnia, injúria, difamação, incitação de ódio, promoção da violência, discriminação e menosprezo contra usuários;
  • Realização de mais de um anúncio para o mesmo produto.

Publicidade

Flavio Carvalho
Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.

Deixe seu comentário