Plataforma da Vivo ajuda PMEs a migrarem serviços na nuvem

A Vivo Empresas anunciou recentemente o lançamento de uma plataforma voltada a pequenas e médias empresas (PMEs). A Vivo Cloud Security Assessment é uma solução para que os empreendimentos desta categoria possam migrar serviços na nuvem.

A plataforma da Vivo foi desenvolvida para auxiliar PMEs a lidarem com as políticas de segurança de seus serviços de armazenamento em nuvem. Com a ferramenta, elas conseguem analisar se as políticas são bem aplicadas, e quais são as necessidades de melhorias na conta.

A marca “Vivo Empresas” é uma divisão da companhia do setor de telecomunicações voltada ao mercado B2B (Business to Business, que em tradução literal significa “empresa para empresa”).

plataforma vivo

A Vivo explicou em comunicado que desenvolver esta solução foi uma estratégia para atender a demanda das PMEs brasileiras. Segundo a companhia, o mercado precisa de uma plataforma que possibilite a estas empresas migrarem seus dados sem atrapalhar o andamento de seus negócios.

Além disso, a Vivo também observou a necessidade de uma solução que forneça aos empreendimentos ferramentas com as quais eles possam digitalizar atividades e processos. Com isso, as pequenas e médias empresa ganham recursos para maior eficiência e produtividade.

Leia também

Outra vantagem oferecida aos pequenos e médios empreendedores pela plataforma da Vivo é o acesso unificado às análises das configurações de segurança, verificação das falhas de configuração e mapeamento de problemas, inclusive em ambientes multicloud.

Segundo o Head de Segurança da Informação B2B da Vivo, Joaquin Hernandez, a iniciativa é importante para combater crimes cibernéticos contra PMEs.

A falta de um sistema de segurança da informação ou o uso das redes por profissionais sem treinamento são os fatores que mais colocam as empresas na mira de cibercriminosos. Se a migração para modelos de cloud já era uma tendência pré-Covid 19, agora ela se torna uma ferramenta essencial para manter as empresas, especialmente as pequenas e médias, competitivas”, afirmou Hernandez.

No entanto, o executivo da Vivo ressaltou que este processo precisa ser seguro de ponta a ponta. Para ele, apenas dessa forma as empresas conseguem absorver todas as possibilidades e vantagens que uma operação virtualizada proporciona.

Segundo dados recente da empresa de consultoria e pesquisas Gartner, os investimentos mundiais em segurança da informação em 2020 devem crescer menos do que o esperado.

No final do ano passado, a projeção de investimento no setor para este ano era de 8,7%. Entretanto, a estimativa de crescimento segundo o levantamento do Gartner é de apenas 2,4%. Por outro lado, o prognóstico dos investimentos específicos no segmento de segurança na nuvem são expressivos, indicando alta de 33%.

Oi também expande sua área de atuação

Uma das principais concorrentes da Vivo no mercado brasileiro, a Oi também anunciou novidades para o ambiente digital neste mês de outubro. No último dia 20, a empresa lançou três iniciativas que fazem parte do projeto de expandir sua atuação para além das áreas de telefonia e internet.

As novidades anunciadas pela Oi estão inseridas em uma série de esforços para intensificar sua participação no setor de produtos, serviços e conteúdos. Entre elas, a que mais se destaca é uma espécie de marketplace da companhia.

O Oi Place é uma plataforma que chega para agregar 3 mil itens entre produtos e serviços de parceiros, e fica aberta a todos os consumidores. Os produtos à venda no marketplace são relacionados à conectividade e experiências digitais.

São itens que vão desde itens de lazer, como celulares e computadores, até fechaduras digitais e lâmpadas inteligentes. Segundo o diretor de marketing empresarial, Roberto Guenzburger, o objetivo da companhia é oferecer mais soluções digitais aos consumidores.

Para compor seu próprio marketplace, a Oi tem colaboração de marcas parceiras como Motorola, Nokia, D-Link, entre outras. A próxima etapa de desenvolvimento do Oi Place deve incorporar a oferta de serviços da área, como consultoria e instalação de equipamentos digitais.

As outras duas novidades anunciadas pela Oi junto com o marketplace foram a reformulação dos serviços Oi Play e Clube de Vantagens.

O primeiro é o serviço de streaming de vídeos da operadora, que passou a contar com canais de TV ao vivo (de 10 a 15), além de outras melhorias no sistema. Já o Clube de Vantagens vem passando por evoluções no seu catálogo de serviços e tem oferecido descontos aos clientes.

Felipe Matozo
Estudante de Jornalismo no Centro Universitário Internacional Uninter e ator profissional licenciado pelo SATED/PR. Ligado em questões políticas e sociais, busca na arte e na comunicação maneiras de lidar com o incômodo mundo fora da caverna.

Deixe seu comentário