Passageiros do Uber serão PROIBIDOS de tomar essa ATITUDE durante suas corridas

Atualmente, muitas pessoas usam a Uber diariamente, são diversos meios de pagamento disponibilizadas pela plataforma sendo um deles o pagamento direto para motoristas. 

Está sendo discutido um Projeto de Lei (PL) no Senado Federal com o objetivo de propor o estabelecimento de medidas de segurança para motoristas e passageiros de transporte por aplicativo – como a Uber. 

uber

Qual Projeto de Lei pode mudar a funcionalidade dos aplicativos de transporte como a Uber

O Projeto de Lei que está sendo discutido, altera a Lei nº 12.587 de 2012 que institui as diretrizes da Política Nacional de Mobilidade Urbana, buscando dar mais segurança a motoristas e usuários dos aplicativos de transporte. 

Publicidade

A ementa institui obrigações às operadoras de aplicativos de mobilidade, com o intuito de evitar casos criminosos que acabam sendo frequentes e prejudicam tanto quem trabalha quanto quem usa os aplicativos de transporte. 



A Uber é um dos principais aplicativos de transporte da atualidade, o que acaba tornando alvo nas mudanças previstas no Projeto de Lei.

As mudanças envolvem o monitoramento da ocorrência de eventos de risco, identificação do passageiro antes da viagem – como um meio de confirmar a identidade do passageiro nos casos em que o usuário cadastrado faça a solicitação para um terceiro. Além disso, está prevista a possibilidade dos condutores delimitarem o território no qual irão prestar o serviço, evitando áreas que acham perigosas. 

Uma outra mudança é a vedação do pagamento direto ao condutor e a garantia de pagamento remoto pelas viagens. Dessa forma os motoristas não estão mais propensos a sofrer ações criminosas. 

Publicidade


Publicidade


É importante ressaltar que é um Projeto de Lei, ou seja, nenhuma medida foi efetivada. O projeto está em tramitação, e devem ser aguardadas futuras informações e mudanças. 

Como funciona atualmente o pagamento em dinheiro direto aos motoristas da Uber

O aplicativo da Uber possibilita a opção de pagamento ao motorista em dinheiro, ou seja, o passageiro deve pagar o valor da viagem diretamente ao motorista e receber o troco certo. Para confirmar que o preço da viagem será pago em dinheiro, o aplicativo mostrará ao motorista “Receber Dinheiro” ao final da viagem, e antes de aceitar a solicitação da viagem, não é possível saber a forma de pagamento da mesma – o que acaba deixando suscetível o motorista a ações criminosas. 

Publicidade

Caso não seja realizado o pagamento completo, seja do troco ou da viagem, o motorista coloca no aplicativo com a opção sugerida e nas próximas viagens o valor será compensado pelo pagamento eletrônico. 

Publicidade

Podem haver alterações no pagamento caso o usuário utilize alguma promoção ou desconto, ou possuir um valor pendente de viagem anterior. 

Deixe seu comentário