Como mudar de profissão sem precisar de uma nova graduação

Não é uma situação tão incomum se formar em uma área profissional e após um tempo perceber que não nos sentimos bem trabalhando nela. O maior dilema quando isso acontece é conseguir mudar de profissão sem precisar fazer uma nova graduação, não é mesmo?

Bom, apesar de algumas profissões exigirem sim um curso superior na área, existem algumas exceções a serem pensadas. De qualquer forma, ainda aquelas que precisam de diploma não necessariamente exigem que você passe outros 3 ou 4 anos na faculdade.

A seguir nós te damos algumas dicas de como mudar de profissão sem precisar fazer uma nova graduação. Mas antes de ir em frente, pense um pouco se você já tem uma área de atuação na qual gostaria de trabalhar ou se está aberto a novas experiências. Isso pode facilitar muito o seu processo de decisão em relação a sua nova profissão.

como mudar de profissão

Busque profissões que não exigem diploma superior

Bom, essa primeira dica talvez seja meio óbvia não é mesmo? Mas é isso mesmo. Existem inúmeras profissões no Brasil que não obrigam os profissionais a terem faculdade na área.

Alguns exemplos de profissão desse tipo são: vendedor, cabeleireiro, corte e costura, produção de alimentos e produção de conteúdo. Enfim, dando uma pesquisada é possível ficar por dentro de muitas áreas de trabalho que pagam muito bem, no entanto, não exigem uma graduação.

Outra profissão que pode dar um ótimo retorno e não precisa de faculdade é a de revendedor. Para saber como iniciar nesse ramo basta acompanhar as dicas e passo a passo que postamos por aqui.

Invista em cursos

Sim, porque por mais que você não deseje fazer uma longa faculdade, vai precisar de conhecimento para exercer qualquer outra profissão, não é mesmo?

Dessa forma, busque por cursos de curta duração na sua área de interesse. Ele com certeza te ajudará a conhecer melhor o mercado no qual você deseja atuar além te dar o currículo necessário para conseguir se estabelecer nessa outra profissão.

Hoje com a educação digital em alta, a maioria dos cursos pode ser feita em casa mesmo por meio do computador ou smartphone. Além disso, os preços também costumam ser bastante convidativos.

Algumas instituições como SENAC, SESI e SENAI costumam oferecer alguns cursos gratuitos. Vale a pena ficar de olho nesses portais.

Busque outra profissão dentro da sua própria área de formação

Se a sua frustração com a sua profissão vem do trabalho que você faz, uma ótima opção é tentar buscar vagas em outro setor e não exatamente em outra área. Afinal de contas, quando fazemos uma faculdade passamos por inúmeras matérias que nos habilitam a exercer várias atividades. Vamos a um exemplo prático:

Se você se formou em História, no entanto, acredita que escolheu errado pelo fato de não gostar de dar aulas, saiba que essa não é a única opção. Você pode tentar uma nova aplicação do seu conhecimento em uma agência que precisa de conhecedores da história de locais turísticos, por exemplo. Ou ainda, trabalhar como pesquisador de campo para museus e outras organizações.

A ideia geral dessa dica é, tenha a certeza de ter explorado todas as possibilidades da sua profissão antes de abandonar sua área de formação.

Faça um curso de pós-graduação

Sim, pós-graduação acaba sendo uma graduação também, mas o tempo de conclusão e esforço investido é extremamente menor do que passar por todas as etapas da faculdade novamente.

A maior vantagem da pós-graduação é que você não precisa cursá-la na mesma área na qual você já formado. Muitas pessoas não sabem disso, e acabam deixando de fazer esse tipo de curso.

Na verdade, uma pós é a forma mais fácil de mudar de área profissional, principalmente nas profissões que exigem diploma.

Afinal, você pode fazer o seu curso em qualquer área de interesse, e quando for enviar currículos para novas oportunidades de emprego ainda terá a vantagem de ter dois conhecimentos agregados.

Essas foram as nossas dicas para conseguir mudar de profissão sem precisar exatamente enfrentar mais uns anos de universidade. Mas lembre-se que, se o seu grande sonho exige uma nova graduação, talvez valha a pena estudar por mais um tempo. Isso porque muitas vezes você pode estar evitando a única coisa que realmente te fará sentir realizado profissionalmente, apenas por medo dos desafios que uma graduação exige.

Veja também

Aline Resende
Formada em Marketing e pós graduanda do curso de Língua Portuguesa e Literatura do Centro Educacional Uninter. Trabalha na área de comunicação como Social Media e Criadora de Conteúdo além de fazer trabalhos de atuação e locução para material publicitário.

Deixe seu comentário