Máquina de Picolé – Quais as melhores opções para começar seu negócio

Fim de ano se aproximando, e quem quer começar um empreendimento ganha uma boa opção para investir: sorveteria. Hoje vamos nos ater a um tipo de sorvete que faz muito sucesso no Brasil e te ajudar a escolher a melhor máquina de picolé para o seu negócio.

É provável que você conheça alguma sorveteria de  bairro que mostre como não precisa ser uma grande empresa para fazer sucesso com o público. E os picolés, especificamente, vendem bastante porque são gostosos e baratos.

Além disso, a máquina de picolé tem a vantagem de ser prática para se trabalhar. E o rendimento também é interessante, pois uma máquina compacta pode produzir até 200 sorvetes por hora.

Mas como saber qual equipamento escolher? São diversos fatores a serem levados em consideração, e a seguir você pode conhecer algumas das principais fabricantes de máquinas de picolé do país.

Máquina de picolé

VEJA TAMBÉM
Máquina de Cupcakes – As melhores para o seu negócio de confeitaria.

1. Refriarte

Picoleteria Refriarte

A Refriarte foi fundada em 1995 e é uma empresa especializada na fabricação e venda de máquinas de sorvete e picolé para pequenos produtores. No site da empresa você pode conhecer melhor os seus equipamentos, que ainda produzem açaí e paletas mexicanas.

As máquinas mais simples da empresa são relativamente pequenas, ideais para quem está começando a empreender e quer economizar com despesas. Porém, por serem menores oferecem uma capacidade mediana de produção, fazendo até 150 sorvetes por hora – o que pode ser suficiente para a demanda de novas empresas.

Mas a Refriarte também tem modelos maiores de máquinas, que podem produzir de 200 a 280 picolés por hora. É possível solicitar orçamento diretamente pelo site da empresa.

VEJA TAMBÉM
Como ser um revendedor de sorvetes Kibon

2. Rimaq

Rimaq Picolé

Esta empresa fabrica diversos tipos de máquinas, como de espetinhos, de estampas e, naturalmente, de picolé. A máquina de picolé da empresa é indicada para quem quer começar a empreender no setor ou deseja aumentar sua produção.

O equipamento produz até 180 picolés por hora, e é possível conhecer suas especificações técnicas e solicitar orçamento acessando o site da Rimaq. A máquina produz picolés à base de água, leite e recheados em variados formatos.

Segundo a empresa, é um equipamento de motor monofásico que permite seu funcionamento em áreas residenciais ou comerciais, além de ocupar pouco espaço e ser fácil de operar e limpar.

3. Polo Sul

Polo Sul Picolé

A Polo Sul é uma das maiores fabricantes do país, e conta com uma linha completa de máquinas para sorvetes. Além disso, a empresa garante entrega imediata e vendas em até 12 Vezes sem entrada no cartão de crédito.

No site da empresa você pode ver todos os onze modelos de máquinas de picolé produzidos pela marca. Os equipamentos variam de tamanho conforme a necessidade de cada cliente. O mais compacto da empresa é o PS 200, que produz até 230 picolés por hora.

4. Finamaq

Finamac Picolé

As máquinas de picolé da Finamaq são direcionadas tanto para produção artesanal quanto industrial. A empresa vem ganhando destaque no mercado por produzir equipamentos pequenos, porém com boa capacidade de produção. No site é possível conhecer cada uma das máquinas e solicitar orçamento.

A máquina de picolé semiprofissional da empresa produz até 250 picolés médios ou 100 paletas mexicanas por hora. Um destaque do equipamento da Finamaq é que ele produz picolés de açaí com boa qualidade, dando aos comerciantes uma opção diferenciada de produto para aumentar o faturamento.

5. Sorvety

Sorvety máquina de sorvete

Há mais de sete anos no mercado, a Sorvety é uma empresa destaque no segmento, atendendo mais de 1.000 clientes em todo o Brasil. A empresa oferece serviços de comércio, manutenção e fornecimento de matéria-prima para microempresários.

A máquina de picolé da Sorvety promete maior rapidez na produção e um processo totalmente higiênico. Ela produz até 264 picolés por hora, sejam eles à base de água ou leite. De acordo com a empresa, a margem de lucro para o cliente é estimada em até 600% na venda dos picolés, variando conforme as despesas e o preço de venda.

No site da Sorvety é possível conhecer os detalhes do equipamento e até mesmo iniciar uma negociação sobre condições de pagamento.

Como ganhar dinheiro com uma máquina de picolé

A partir do momento em que você começa a produzir um picolé de qualidade ao adquirir uma boa máquina para o seu empreendimento, há também variadas opções de comercialização do produto.

Além da venda em sorveterias, o picolé é um produto que também é facilmente comercializável em pontos rotativos. É possível comprar um carrinho de picolé, por exemplo, e vender em diferentes lugares, ou mesmo fornecer para vendedores ambulantes. E o picolé também é um produto vantajoso por ser barato, o que garante um bom fluxo de vendas.

Entretanto, um ponto negativo pode ser o valor inicial do investimento, já que uma máquina de picolé nova pode variar entre R$ 10.000 e R$ 20.000. Por conta disso, talvez você possa considerar a ideia de começar o seu empreendimento com um equipamento seminovo.

Na OLX ou no Mercado Livre, por exemplo, se você fizer uma boa pesquisa pode encontrar máquinas em boas condições por preços mais acessíveis.

Felipe Matozo
Estudante de Jornalismo no Centro Universitário Internacional Uninter e ator profissional licenciado pelo SATED/PR. Ligado em questões políticas e sociais, busca na arte e na comunicação maneiras de lidar com o incômodo mundo fora da caverna.

Deixe seu comentário