JET lança gratuitamente seu Guia de Vendas via WhatsApp

A JET, uma das principais plataformas de e-commerce do Brasil, está lançando o Guia de Vendas via WhatsApp. O material disponível para download gratuito neste link traz mais de 30 páginas de conteúdo sobre maneiras de usar os aplicativos de mensagens para aumentar as vendas.

A iniciativa surge em um momento em que o comércio precisou se adaptar às mudanças de comportamento dos consumidores com a pandemia. Neste período, muitos varejistas precisaram mudar seu modelo de vendas, priorizando as plataformas de e-commerce.

A mudança foi mais fácil para quem já vendia pela internet, permitindo uma recuperação mais rápida no nível de vendas. Mas comerciantes que ainda não trabalhavam com e-commerce precisaram correr para não ficar em desvantagem em relação à concorrência. E essa adaptação inclui tanto as vendas quanto a forma de se relacionar com os clientes no ambiente digital.

Vendas via whatsapp

Com essa mudança, redes sociais e aplicativos de mensagem ganharam ainda mais relevância para a maioria das empresas. Mas atender às especificidades do ambiente online nem sempre é simples para os empreendedores.

Por isso os especialistas da JET organizaram o Guia de Vendas via WhatsApp a partir das suas próprias experiências. O material traz dados sobre o aumento do uso dos aplicativos nos negócio, e também orienta os profissionais para buscarem o melhor desempenho com vendas pelo WhatsApp.

Como temos feito a implantação do ZapCommerce para dezenas de lojas nos últimos meses, conseguimos ter uma visão muito clara do que realmente funciona nessa área”, contou Gustavo Chapchap, CMO da JET e do ZapCommerce.

De acordo com Gustavo, a figura do vendedor de loja física que fica esperando o cliente comprar se tornou obsoleta. É necessário que este profissional esteja qualificado para vender online, por isso o Guia orienta como os vendedores devem abordar o cliente por meio do WhatsApp.

Orientações do Guia de Vendas via WhatsApp

Neste novo cenário, a experiência do cliente durante a operação é cada vez mais relevante para uma venda bem sucedida. Isso porque o consumidor está mais exigente e bem informado, ciente do seu papel ativo nas relações de consumo.

O CMO da JET ressalta que o foco das operações precisa estar no relacionamento estabelecido com o cliente, seja qual for o canal de interação. Ele também lembra que o WhatsApp exige um tratamento mais pessoal, e que é importante respeitar estas particularidades do canal.

O Guia foi organizado para ajudar empreendedores interessados em desenvolver estratégias de vendas por meio do aplicativo, e seu conteúdo se aprofunda nos tópicos:

  • Mudanças no comportamento do consumidor;
  • Aumento do acesso aos aplicativos de mensagens;
  • Jornada de compra no ambiente digital;
  • Novas formas de atuação do varejo;
  • Estratégias mais adequadas para ativar vendas;
  • Ações específicas para o WhatsApp;
  • Vantagens de apps como o ZapCommerce.

Outras iniciativas para adaptação ao e-commerce

Além do Guia de vendas via WhatsApp, outras empresas também lançaram projetos para ajudar empreendedores a se adaptarem ao ambiente digital.

Uma delas é a recente parceria entre o Magazine Luiza e o Sebrae para auxiliar pequenos empreendedores a venderem pela internet. Apenas em sua primeira fase, realizada nos estados de São Paulo e Pernambuco, o projeto de qualificação para vendas online capacitou 1.500 negócios. Mas para a sequência a expectativa das empresas é alcançar 100 mil pequenos negócios até o final de 2021.

Enquanto o Sebrae auxilia na preparação e conexão dos pequenos negócios ao mercado digital, o Magazine Luiza oferece o Parceiro Magalu, um ambiente digital que inclui novos canais de vendas, marketing, logística e gestão.​

Outra iniciativa destacada no período é programa JA_É: Jornada de Apoio a Empreendedores(as). Com este projeto, a Artemisia seleciona micro e pequenos negócios para auxiliá-los no processo de aceleração digital.

Ao todo, serão selecionados 400 participantes para uma jornada de seis semanas realizada totalmente pelo WhatsApp. Durante o período, os participantes terão acesso a aulas exclusivas com grandes nomes do mercado empreendedor, e a conteúdos para orientação nos processos de gestão e vendas nos canais digitais.

Além disso, ao final do programa os 20 empreendedores que mais se destacarem receberão um auxílio financeiro no valor de R$1.500. O recurso será destinado para investimentos em melhorias no negócio de acordo com o conhecimento adquirido durante o programa.

As inscrições estão abertas até o dia 6 de outubro e devem ser realizadas pelo site do JA_É.

Felipe Matozo
Estudante de Jornalismo no Centro Universitário Internacional Uninter e ator profissional licenciado pelo SATED/PR. Ligado em questões políticas e sociais, busca na arte e na comunicação maneiras de lidar com o incômodo mundo fora da caverna.

Deixe seu comentário