Franquias – Qual o tempo médio para ter o retorno do investimento?

Para quem pensa em investir em franquias, uma das primeiras indagações que surgem é em quanto tempo acontece o retorno do investimento. Essa é uma preocupação importante e que pode influenciar a escolha por essa ou aquela marca.

Ao realizar pesquisas de franquias para investimento, além do segmento, processos e suporte oferecidos pela franqueadora, é importante saber o tempo médio para lucros da unidade. Essa informação é fornecida pela marca, porém, o interessado precisa ter em mente que essas projeções podem sofrer variações.

Para que não hajam surpresas ou decepções após fechar negócio com uma franqueadora, é preciso fazer um planejamento.

O ideal é que antes mesmo de fazer contato com as marcas, o empreendedor tenha total noção de seu orçamento. Além disso, montar um checklist do que é primordial na franquia escolhida, incluindo o tempo aceitável para os lucros, facilita a escolha e evita desgastes emocionais e financeiros.

A seguir você entende melhor como acontece o cálculo de prazo de retorno de investimento em franquias.

Como saber o prazo de retorno de investimento em franquias?

franquias retorno investimento

Como já citado, o prazo médio de retorno de investimento costuma ser disponibilizado ao interessado, pela própria franquia. Algumas empresas fornecem essa informação logo na chamada a novos franqueados, enquanto outras preferem disponibilizá-la apenas no momento da apresentação formal da proposta.

De qualquer maneira, essa é uma estimativa variável que considera diversos fatores. Sendo assim, pode ser que o prazo real para que o empresário recupere tudo o que investiu no negócio seja um pouco menor ou maior do que o esperado.

Segundo a Associação Brasileira de Franchising, a maioria das franquias que operam no Brasil hoje, estimam seus prazos de retorno entre 18 e 36 meses. Apesar disso, o cálculo desse período depende muito do investimento inicial feito pelo empreendedor e de seu lucro líquido mensal.

Basicamente para calcular as estimativas de retorno, são utilizados quatro fatores:

Investimento inicial – Retorno do investimento em franquias

Ao contrário do que alguns franqueados calculam, o investimento i de uma franquia pode ir muito além do básico calculado pela franqueadora. Por exemplo, não são todas as franqueadoras que acrescentam o valor de capital de giro no dito “investimento inicial” do franqueado.

Sendo assim, para ter uma noção exata de qual o montante investido e que precisa ter retorno, o empreendedor deve considerar:

  • Taxa de franquia;
  • Estoque inicial;
  • Compra de equipamentos e outras coisas para inicio da operação;
  • Capital de giro;
  • Compra ou aluguel, e reforma do imóvel comercial;
  • Outros gastos necessários.

A questão do capital de giro é algo bastante sério que deve ser uma prioridade para o investidor. Isso porque, assim como qualquer negócio, no inicio da franquia a maior parte dos recursos obtidos com as vendas vai para a cobertura de despesas.

Com isso em mente, mesmo no caso das franquias que já calculam um valor “x” para o capital de giro, é muito indicado que o empreendedor tenha um valor reserva guardado.

Com todos os elementos calculados, já é possível ter um valor fiel do quanto foi investido.

Lucro médio mensal – Retorno de investimento em franquias

Após saber exatamente qual foi o seu investimento no negócio, o franqueado precisa saber com precisão qual é o seu lucro médio mensal.

Da mesma forma que o valor inicial, muitas franqueadoras projetam o lucro do franqueado. No entanto, nem sempre são considerados fatores variáveis de custos de operação como impostos, despesas básicas de água, luz, internet entre outras coisas.

Sendo assim, o ideal é calcular todos esses custos e não se basear apenas em dados de projeção fornecidos pela franqueadora.

Feito isso, basta pegar o valor de todas as vendas feitas no mês (as entradas) e delas, subtrair o valor dos custos, também mensais. Por exemplo, durante o mês foi vendido um montante de R$15 mil e os custos da operação do negócio são de R$7 mil. Subtraindo os valores temos o montante de R$8 mil, equivalente ao lucro médio mensal da franquia.

Cálculo do prazo de retorno

Com ambos os fatores somados e com os valores corretos em mãos, é simples realizar o cálculo do prazo de retorno de investimento de franquias.

Digamos que o total do investimento inicial do franqueado somou um total de R$150 mil. A lucratividade líquida mensal do negócio, é de R$8 mil.

Para saber quanto tempo o franqueado levaria para recuperar seu investimento, basta dividir o valor inicial pela lucratividade mensal, ou seja: 150/8 = 18,7. Dessa forma, o tempo médio de recuperação de investimento do franqueado é de pouco mais de 18 meses.

É claro que devesse ter em mente que esse tempo é aproximado. Afinal, calculamos valores médios de lucratividade e despesas, que podem sofrer variações no decorrer dos meses.

Lucratividade

O retorno de investimento da franquia também tem muito a ver com a lucratividade média da mesma.

Saber se o negócio está atingindo as projeções feitas pela franqueadora no momento da apresentação de proposta é primordial. Afinal, dessa forma o empreendedor sabe se é preciso investir em novas ações para aumento de vendas ou outros fatores.

A lucratividade também pode ser obtida através de um cálculo simple utilizando a fórmula:

Lucratividade = lucro líquido / receita total x 100

  • Dessa forma, voltando aos valores dos exemplos do tópico anterior temos:
  • O valor do investimento inicial da franquia foi de R$150 mil.
  • Mensalmente a receita das vendas é de R$15 mil.
  • O lucro médio mensal da unidade é de R$8 mil.

Aplicando os valores na fórmula, temos:

  • Lucratividade = R$8.000 / R$15.000 x 100
  • Lucratividade = 0,5 x 100
  • Total de Lucratividade = 50 %

Lembrando que os valores aqui dispostos foram escolhidos de forma aleatória, apenas como exemplos. Dessa forma, não devem ser considerados de forma alguma como parâmetro para cálculos reais.

Veja também: Franquias Confiáveis: Como acertar na escolha para o seu investimento

Aline Resende
Formada em Marketing e pós graduanda do curso de Língua Portuguesa e Literatura do Centro Educacional Uninter. Trabalha na área de comunicação como Social Media e Criadora de Conteúdo além de fazer trabalhos de atuação e locução para material publicitário.

Deixe seu comentário