Franquia McDonalds: Quanto Custa? Retorno e Mais!

Uma das maiores empresas do mundo, o McDonalds faz sucesso em qualquer lugar que seja implementado, sendo que um dos lugares de maior consumo é no Brasil. Aqui são cerca de 616 restaurantes e mais ou menos 600 quiosques, além dos 50 McCafés disponíveis.

Está interessado em investir em uma franquia que te dê um bom retorno financeiro em qualquer lugar que resolva montar? Veja aqui como funciona a do McDonalds, quais são os pré requisitos e muito mais.

Quanto custa a franquia do McDonalds?

A franquia do McDonalds possui o valor médio entre 1,2 milhões até 2,6 milhões, porém é válido destacar que como a empresa é de capital aberto, ou seja, ela não está autorizada a divulgar essa informação, então, caso queira saber exatamente o preço, é indicado conversar diretamente com a rede.

É importante destacar que além do valor inicial, deverá ser pago o valor de 5% para os royalties, que são descontados direto do lucro líquido mensal do responsável pela franquia. Isso sem falar na taxa de publicidade da mesma, que fica em torno de 4,3% em torno do faturamento.

Mesmo que o valor de investimento inicial pareça muito alto, o retorno também é rápido da mesma forma, aparecendo no tempo estimado de 60 meses, ou seja, 5 anos.

Franquia McDonalds: Quanto Custa? Retorno e Mais!

Qual é o lucro mensal?

A média do lucro mensal das franquias do McDonalds no Brasil ficam entre R$75 até R$85 mil, onde o prazo de retorno fica em média de 5 anos, como já dito, sendo assim, garantidos pela rede. Entre os demais concorrentes, como o Burger King, Giraffas e demais redes de fast food, ela ainda é conhecida como uma das de maior retorno, porém, a mais cara.

O Bob’s por exemplo, possui um investimento inicial mais em conta, em torno de R$600 mil, onde a taxa da franquia é de R$80 mil – o investidor tem um retorno de R$60 até R$180 mil mensalmente. O Burger King também possui um preço inicial de investimento caro, cerca de R$1 milhão, porém o prazo de retorno é o mais rápido entre todos: 24 até 36 meses.

Principais requisitos

Se você quer ter uma franquia do McDonalds, é preciso que saiba previamente quais são os pré requisitos para pensar na possibilidade. A chance de ter a sua vai muito além apenas de ter o dinheiro, veja quais são:

  • Fazer o programa de treinamento;
  • Dedicar-se totalmente à operação dos restaurantes;
  • Possuir o total inteiro do investimento;
  • Mostrar um plano racional e possível de estratégia para rendimento do negócio.

Como abrir a franquia?

Há vários tipos de McDonalds disponíveis nas franquias, dentre eles temos os drive-thru, quiosques de shopping e por fim, as lojas de rua. Todos eles possuem um padrão pré determinado que deve ser seguido, assim como as formas, normas de instalação e orientação, disponíveis no Manual do Franqueado.

O processo para ter o seu McDonalds parece fácil, porém não é como parece: é necessário que o empresário passe por um processo seletivo, sendo posteriormente aprovado pela marca, recebendo assim a autorização para iniciar o processo de abertura.

Outro fato importante é a região de escolha da loja, que fará total diferença na maior quantidade de vendas, principalmente porque já existem muitos McDonalds nas maiores cidades brasileiras. Existem vários lugares que são negados porque claramente não possuem público, assim como é válido destacar que é preciso aprovação da marca do local destinado.

Ser um franqueado do McDonalds é como tentar passar no projeto de TCC, é preciso apresentar seu projeto, explicando suas intenções, local, plano de mercado, mostrar suas experiências profissionais, isso sem contar seus documentos, que serão todos fiscalizados.

Depois, caso seja aprovado, será preciso enfrentar nove meses de treinamento, incluindo uma boa nota final para assim colocar a franquia na ativa. Porém, todo esse esforço é recompensado por uma grande assistência da marca ao seus empreendedores e franqueados.

Os lucros já vem garantidos: além do dinheiro, o investidor terá um crescimento profissional para vida, afinal, franquias com grande nome não possuem uma tendência para falência, mas sim do contrário, apenas aumento monetário.

Deixe seu comentário