Diferenças entre PIX, TED e DOC: saiba como cada um funciona

Desde que o PIX foi lançado em novembro do ano passado, diversas pessoas já aderiram ao novo método de realizar transferências financeiras. Contudo, principalmente entre aqueles que ainda não utilizaram, pode surgir dúvidas em relação as diferenças entre o PIX, a TED e DOC.

A TED e o DOC foram durante anos os principais meios de se efetuar transações financeiras entre contas bancárias. Muitas pessoas e negócios as utilizavam e apesar de eficazes, quando comparadas ao PIX essas duas modalidades oferecem algumas desvantagens.

O PIX surgiu como uma evolução nos métodos de transações bancárias e foi instituído pelo Banco Central como forma de oferecer mais serviço a população, mais um “produto” aos bancos e também como uma forma de baratear os antigos sistemas.

diferenças-pix-ted-e-doc-revendedor

Assim sendo, nos tópicos seguintes nós iremos explicar como cada um dos modelos de transação funcionam e quais as principais diferenças entre eles.



Como funciona o PIX

O PIX é um sistema de transação financeira instantâneo, ou seja, o dinheiro cai na conta para qual foi enviado poucos segundos após a solicitação.

Esse processo é inteiro realizado através dos aplicativos para celular das instituições financeiras, não sendo necessário acessar sites ou realizar autenticações.

Para agilizar ainda mais o processo, os usuários do PIX cadastram uma chave que pode ser:




Publicidade


  • O número do CPF;
  • Número de telefone;
  • E-mail;
  • Ou um número aleatório;

Dessa forma, sempre que tiver um pagamento a receber, ao invés de precisar passar todos os dados bancários ao pagados, o indivíduo informa apenas a chave PIX que cadastrou na instituição financeira.

Além da agilidade, um dos maiores benefícios desse modelo de negócio é que para pessoas físicas e MEI, os serviços oferecidos não tem custos (pelo menos até o momento presente).  E mesmo para empresas, as taxas são bem menores do que nos modelos anteriores.

Por fim, o PIX funciona 7 dias por semana e é 24 horas. Sendo assim, as transações podem ser realizadas, literalmente, a qualquer momento e caem no mesmo instante.



Como funciona a TED – diferenças PIX, TED e DOC

A TED é um modelo de transferência financeira tradicional que também pode ser feita por meio dos aplicativos das instituições financeiras.

A transação é feita utilizando os dados da conta bancária para a qual se deseja transferir ou receber o dinheiro. O prazo para que o mesmo esteja disponível é até as 17h do mesmo dia no qual foi enviado ou então no dia seguinte para processo feito após o horário.

A TED costuma ter um custo de envio que varia dependendo da instituição financeira, no entanto, diz respeito a alguns reais. Normalmente empresas costumam pagar taxas maiores que pessoas físicas por essas transações. Não há limite de valor nas transações.

A TED, diferente do PIX, funciona apenas em dias úteis, ou seja de segunda a sexta-feira, fora os feriados. Dessa forma, transações realizadas no final de semana ou feriados, só são concluídas no próximo dia útil.

Como funciona o DOC

As transações realizadas por DOC são semelhantes aos moldes da TED no sentido da necessidade dos dados bancários para ser realizado. Além disso, esse modelo também funciona apenas em dias úteis.

No DOC o valor máximo de transferência é de R$4.999,99 e o valor de transação leva em média um dia útil para cair na conta do destinatário. Dessa forma, nos casos de transferências realizadas fora dos dias úteis, é possível que a conclusão do processo acabe levando vários dias.

Além disso, o DOC assim como a TED também é um serviço cobrado pelas instituições financeiras, sendo assim, também é menos vantajoso do que o PIX e até mesmo a TED, se considerarmos o tempo da transação.

Conclusão das diferenças entre PIX, TED e DOC

Em resumo, as principais diferenças entre PIX, TED e DOC são:

  • PIX transferência instantânea de dinheiro;
  • TED e DOC podem levar horas ou até mais de um dia útil para concluir a transferência;
  • PIX é gratuito para pessoa física e MEI;
  • TED e DOC contam com taxas de transação variáveis entre instituições financeiras;
  • PIX funciona todos os dias e horas da semana;
  • TED e DOC funcionam apenas em dias úteis;
  • Pix utiliza chave PIX para realização de transações;
  • TED e DOC precisam dos dados bancários completos.

Esperamos que com essas explicações tenha ficado claro as diferenças entre o PIX, a TED e o DOC e que sim, o novo método de transações é mais vantajoso do que os antigos.

Veja também: Pix apresenta vantagens para empresas, mas ainda causa desconfiança



Aline Resende
Formada em Marketing e pós graduanda do curso de Língua Portuguesa e Literatura do Centro Educacional Uninter. Trabalha na área de comunicação como Social Media e Criadora de Conteúdo além de fazer trabalhos de atuação e locução para material publicitário.

Deixe seu comentário