Como vender geladinho e sorvete na rua? Dicas para o seu negócio

O Brasil é um ótimo país para vender geladinho e sorvete e ter bons rendimentos, pois além do clima tropical os brasileiros adoram a sobremesa e compram ela o ano todo. No verão obviamente os rendimentos costumam ser maiores, mas nas outras estações também existe público para esse produto tão admirado em nosso país.

Então se você quer vender sorvetes o primeiro passo é saber se você vai precisar de uma documentação da prefeitura. Afinal, alguns municípios pedem o documento de vendedor ambulante, então para começar bem o seu negócio é importante estar dentro das regras e normas da cidade.

A seguir, vamos conhecer algumas dicas para vender sorvete e geladinho e ter sucesso em seu empreendimento. Aproveite para conferir também as melhores máquinas de sorvete expresso para o seu negócio.

vender geladinho

Revender ou fazer em casa?

Publicidade

Se você conhece bem da área gourmet para fazer seus próprios sorvetes e geladinhos, sabe que um diferencial no sabor é uma boa estratégia para as vendas. Porém, dar conta de fazer e vender já é uma história bem complicada, sendo assim precisaria pelo menos de uma pessoa para fazer e outra para sair vender.



Por outro lado, se você não entende de fazer ou não vê bom custo-benefício com essa ideia, pegar de um fornecedor com baixo preço e revender se torna uma opção mais viável.

Se a sua opção então é revender, pesquise os fornecedores da região buscando não só preço, mas também a qualidade do produto. Converse com pessoas da área, elas poderão te indicar as marcas ideais para começar seu negocio.

E lembre-se de que irá precisar de um bom carrinho para armazenar os sorvetes e geladinhos dentro, não saia comprando o primeiro que aparecer. Pesquise marcas, preços e qualidade. A média de preço varia entre 500,00 reais por um modelo mais simples com encaixe para guarda-sol. Enquanto isso, os mais caros podem passar de 2.000,00 reais, feitos com fibra de vidro que dão a eles maior resistência.

Publicidade


Publicidade


A compra de um carrinho de sorvete é um bom investimento, pois com ele você consegue sair já no primeiro dia, sem precisar de muito esforço, além de ser um equipamento de fácil manutenção.

Pesquise bem para definir o melhor lugar e preço de venda

Se você mora na praia ou pretende passar a temporada trabalhando no litoral, a beira-mar é um ótimo lugar para conseguir vender sorvete e geladinho. Afinal, além do calor exagerado e todo o clima praieiro, também há um grande número de crianças, e elas tendem a ser o seu maior público.

Publicidade

Entretanto, se você mora em uma cidade sem praia, um bom lugar para vender seus sorvetes é onde algum com bastante fluxo de pessoas, como um parque ou praça. Vender no final de semana também é uma boa estratégia, visto que é o momento em que as pessoas mais gostam de sair para tomar um sorvete ou geladinho. É bom fazer o balanço dos dias de maior venda e escolher aqueles de menor movimento para descansar.

Publicidade

Quanto aos valores, eles variam muito conforme cada cidade e época do ano. Por conta disso, o ideal é pesquisar com outros vendedores a faixa de preço que eles estão usando. Como todos os produtos têm aumentado o valor de mercado atualmente, é bom pesquisar bem antes de estipular os preços.

Estas são questões muito importantes para quem quer abrir um novo negócio. Eles fazem parte da etapa de planejamento, que é fundamental o empreendimento dar certo. Por isso, recomenda-se para todos os novos empreendedores elaborar um plano de negócios antes de começar a investir.

Sobre esse tema, o Sebrae tem um ótimo material com tudo que você precisa saber para montar seu plano de negócio, vale a pena ler com calma.

Dicas para vender sorvete e geladinho

Por fim, cabe destacar algumas dicas para você ser um ótimo vendedor e ter sucesso com o seu negócio:

Como vender geladinho
  • Chame a atenção, seja com um carrinho personalizado ou com sua simpatia. Seja animado e educado na sua venda, e saiba interagir com o seu público.
  • Tenha variadas opções de sabores e saiba o que as pessoas gostam mais. Ter sempre o sabor que o cliente procura te faz ganhar pontos, então se você tem um produto com muita saída, seja prevenido e já peça a mais.
  • Varie entre geladinho, sorvete de massa e picolé para ter a opção para todo tipo de gosto. Depois de alguns meses de venda, você pode escolher quais são os mais vendidos e priorizá-lo em relação aos outros, mas a princípio é bom diversificar nas opções até conhecer bem a clientela.
  • Se você não trabalhar em um ponto fixo, a escolha do lugar também vai dizer o quão bom será seu dia de vendas. Por isso, escolha sempre um lugar de bastante circulação de pessoas! Saídas de escolas também são bons lugares para oferecer seus sorvetes, pois para as crianças sempre é um bom dia para comer essa sobremesa deliciosa.

Já anotou todas as nossas dicas? Agora é só começar com seu negócio. Não se esqueça de se proteger do sol, e boas vendas!

Felipe Matozo
Estudante de Jornalismo no Centro Universitário Internacional Uninter e ator profissional licenciado pelo SATED/PR. Ligado em questões políticas e sociais, busca na arte e na comunicação maneiras de lidar com o incômodo mundo fora da caverna.

Deixe seu comentário