Como saber se o nome da minha empresa já existe? Descubra!

Quando se pensa em abrir uma empresa, uma das primeiras coisas que vem a cabeça do empreendedor é qual será o nome da sua marca. Para não ter que lidar com frustrações é bom saber se o nome escolhido para a empresa já existe e é isso que iremos ensinar nesse artigo.

A escolha do chamado “nome fantasia” do negócio é um dos processos mais agradáveis quando se está montando um negócio. Isso porque pensar nisso acaba fazendo com o que os negociantes entendam outros aspectos importantes da empresa e montem sua marca de acordo com aquilo que desejam passar aos seus clientes.

Sendo assim, não apenas por motivos legais, mas também de estratégia, é muito importante saber se o nome da empresa já existe em algum outro lugar do país. Do contrário, o empreendedor corre o risco de ser associado à imagem de um negócio que não tem nada a ver com o seu.

nome da empresa já existe

Veja a seguir como descobrir se a marca escolhida para o seu empreendimento é exclusivo, e mais algumas dicas de como chegar ao nome perfeito para ele.



Veja também

Como pesquisar o nome da minha empresa para saber se já existe?

Para saber se o nome escolhido para a sua empresa já existe, o empreendedor tem algumas opções que podem ser acessadas facilmente online.

A primeira e mais simples é pesquisando o nome no Google. Como quase todas as empresas hoje em dia possuem perfis online, é fácil descobrir se um nome já pertence a uma marca com uma simples pesquisa no buscador.




Publicidade


A segunda maneira, mais formal, de saber se o nome escolhido por você está livre para uso, é realizando uma busca no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial). Esse órgão é o responsável pelo registro de marcas industriais, sendo assim, irão constar no sistema os nomes que já foram registrados ou estão em processo.

Para pesquisar, basta acessar o site do Instituto, selecionar a opção Marcas e em seguida clicar em Buscar. Feito isso, basta clicar no botão Continuar, selecionar a opção Marca nas duas páginas seguintes e pesquisar o nome pretendido.

Cuidados na hora da pesquisa

Ainda que o empreendedor tenha apenas um nome em mente, no momento de realizar sua pesquisa para saber se ele já existe, também é importante pesquisar variações muito semelhantes desse nome.



Isso é essencial porque, ainda que o nome que você deseja usar esteja livre, se houver alguma grande marca com marca muito parecida, você fica impedido de utilizar a nomenclatura livre.

Isso acontece porque a justiça entende que pode estar havendo uma tentativa de se aproveitar de uma marca já famosa no mercado para ter ganhos. Especialmente se o segmento de ambas marcas forem semelhantes.

Sendo assim, nada de tentar registrar um aplicativo de corridas com o nome de “Hubbe” ou uma lanchonete com o nome de “Bob”, hein!

O que fazer em caso da marca já ter sido registrada?

Se o nome que você queria já foi registrado infelizmente não dá para fazer nada. O jeito é pensar em outro nome para registrar, que também tenha a ver com o objetivo da empresa.

Para ajudar nessa tarefa, leia as dicas a seguir.

Pesquise por termos constantes na sua área de negócios

Uma das formas de encontra um bom nome para a sua empresa é pesquisando as principais palavras-chaves da sua área de negócios.

Por exemplo, digamos que a sua ideia seja abrir uma loja de roupas. Alguns termos constantes nesse meio são:

  • Fashion;
  • Tendência;
  • Moda;
  • Desfile;
  • Outfit;
  • Entre outros.

Você pode utilizar todos esses termos para criar um brainstorming e chegar ao melhor nome para a sua marca.

Dê preferência a nomes simples e fáceis de serem lembrados

Marcas com uma única palavra acabam sendo mais fáceis de serem gravadas na memória do consumidor do que aquelas que possuem nomes muito elaborados.

Portanto, tente espremer todo o conceito do seu negócio em um, no máximo dois, termos simples e fáceis de serem assimilados.



Outra coisa muito importante é tentar utilizar palavras em idioma que o seu público entenda. Ainda que sejam palavras em outras línguas, se certifique de que o termo é conhecido o bastante para não gerar confusão.

Com isso, no momento de realizar pesquisas pelo seu negócio o cliente não encontrará dificuldades ou barreiras com termos extremamente internacionalizados e difíceis de escrever.

Pense em um nome para ficar para o futuro

Um grande equívoco cometido por alguns empresários é escolher o nome de seu negócio pensando apenas em uma tendência atual que em poucos anos pode perder a relevância ou ficar datada.

Sendo assim, busque escolher um nome pensando no futuro, ou seja, algo que seja atemporal e não fique datado com o passar dos anos.

Veja também: Como vender no Mercado Livre sem ter estoque – Dicas do que fazer

Aline Resende
Formada em Marketing e pós graduanda do curso de Língua Portuguesa e Literatura do Centro Educacional Uninter. Trabalha na área de comunicação como Social Media e Criadora de Conteúdo além de fazer trabalhos de atuação e locução para material publicitário.

Deixe seu comentário