Aprenda como plantar hortelã e ganhar dinheiro vendendo a erva e produtos derivados

Plantar hortelã e vendê-la in natura ou produtos derivados é uma opção de empreendimento no ramo de alimentos e bebidas. Aqui, você confere como cultivar e vender a erva. Acompanhe!

plantar hortelã

Vale a pena plantar e vender hortelã?

O cultivo de hortelã é uma alternativa que compensa porque a erva possui fácil cultivo, sem exigir que o produtor tenha grandes gastos ou adote técnicas complexas durante a cultura.

Se já é agricultor e busca uma fonte complementar de renda, plantar hortelã também é uma boa opção, uma vez que pode ser cultivada em áreas de diferentes tamanhos, inclusive em canteiros pequenos.

Publicidade

A hortelã pode dividir canteiros com hortaliças e plantas ornamentais, funcionando paralelamente como um repelente de pulgões e besouros. Se plantar junto à alface ou outras ervas aromáticas, a hortelã ajudará a intensificar seu perfume.



Como plantar hortelã

O cultivo de hortelã exige que o produtor adote cuidados especiais, o que possibilitará que tenha uma boa produção, com colheita em boa quantidade. Veja, a seguir, quais são esses cuidados:

Solo e ambiente para plantar hortelã

O solo ideal para plantar hortelã é o adubado, com bom nível de matéria orgânica e boa drenagem. Sobre o ambiente, a erva prefere climas amenos, mas consegue resistir bem a temperaturas altas e baixas.

Propagação

A propagação da hortelã é por meio da utilização de pedaços do caule, que são postos em bandejas com substrato orgânico. Outra opção é colocar os ramos recém-cortados em um recipiente com água para o surgimento de raízes.

Publicidade


Publicidade


Recomenda-se realizar a propagação nas primeiras semanas da primavera, quando há o início da estação de chuvas, garantindo um melhor resultado.

Plantio

O plantio deve ser feito em canteiros de hortas que devem ter solo fértil, com bom nível de matéria orgânica. Instale o canteiro em uma área com boa incidência de luz e posicione o plantio para o leste.

Publicidade

O espaçamento ideal é de 40 centímetros entre fileiras, bem como de 20 centímetros entre plantas, o que significa que consegue aproveitar da melhor maneira possível a área disponível para cultivo.

Publicidade

Adubação

A adubação é orgânica à base de esterco bovino. Caso queira uma substituta, dá para utilizar esterco de aves, mas em menor quantidade. As adubações devem ser mensais, especialmente nas fases de crescimento ou quando identificar sinais de falta de nutrientes.

Entre os principais sinais da necessidade de nutrientes está a estagnação no desenvolvimento da cultura, inclusive o surgimento de folhas amareladas.

Irrigação

Indica-se que a irrigação seja feita no primeiro horário da manhã ou no fim do dia. Se estiver quente, repita a irrigação mais vezes ao dia, para manter o solo úmido. Dependendo da espécie que utilizar, dá para manter o solo encharcado.

Produção e colheita

A colheita normalmente tem início cerca de 40 dias depois do plantio, quando a hortelã está bem desenvolvida e começa a florescer. Nesse período, seu sabor e aroma se tornam mais intensos, devido à maior concentração de óleo essencial nas folhas.

Para realizar a colheita, basta utilizar uma tesoura afiada, fazendo um corte a cinco centímetros do solo. Descarte folhas escuras e ramos velhos. A colheita pode ser feita três vezes por ano, pelo período de quatro a seis anos, sem precisar realizar um novo plantio.

Custo

O custo para plantar hortelã normalmente é baixo, tanto que se encaixa na categoria de custo popular. Um dos motivos disso é que sua propagação é muito fácil e rápida, sem demandar grandes cuidados ou gastos.

Como vender hortelã

A hortelã pode ser vendida in natura, com opção de comercializá-la para supermercados, restaurantes, lanchonetes, bares, feirantes e lojas especializadas em ervas, temperos e hortaliças, como o hortifrúti.

Quer ampliar seu portfólio? Então, uma alternativa é vender produtos derivados da hortelã, como carnes, saladas, geleias, doces, chás, sucos, drinks, entre outros.

Publicidade

Se tiver um sistema próprio de extração, também pode vender o óleo essencial de hortelã, que é muito utilizado na fabricação de produtos de higiene pessoal, cosméticos e aromaterapia.

Caso prefira, também pode ser fornecedor de empresas que fabricam esses produtos, oferecendo-lhes uma hortelã de excelente qualidade para produção.

Publicidade

Profissionalize ainda mais seu negócio adotando técnicas de armazenamento e transporte, bem como embalagens próprias para alimentos, garantindo a boa durabilidade do produto.

Também precifique seu produto adequadamente, considerando custos envolvidos e se o produto é orgânico, o que possibilita trabalhar com valores de venda maiores e lucrar mais.

Flavio Carvalho
Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.

Deixe seu comentário