Aprenda como plantar alecrim e ganhar dinheiro vendendo a erva e produtos derivados

O alecrim é uma planta aromática amplamente utilizada na preparação de alimentos e bebidas. Além disso, suas flores podem decorar ambientes, garantindo um resultado incrível.

Essa ampla aplicabilidade faz com que plantar alecrim seja vantajoso, tanto na venda da erva como de suas flores, tendo mercado durante todo o ano.

Quer fazer esse investimento, mas não sabe como plantar alecrim? Então, confira esse post completo que preparamos e também veja dicas de vendas dessa erva aromática!

plantar alecrim

É fácil plantar alecrim?

Publicidade

O cultivo do alecrim não demanda que o produtor tenha conhecimentos específicos ou aplique técnicas complexas de plantio. Logo, é fácil plantar a erva, principalmente em clima e condições adequadas para a cultura.



A erva é tolerante à seca e pode passar dias sem receber regas, o que permite seu cultivo até em locais áridos. Além disso, a propagação é descomplicada e o plantio normalmente é feito com mudas, o que simplifica ainda mais o processo.

Como plantar alecrim

O segredo para ter uma boa produtividade ao plantar alecrim é seguir recomendações de ambiente, clima e cultivo ideais. Confira, a seguir, quais são essas indicações:

Ambiente e solo para plantar alecrim

O ambiente ideal para plantio de alecrim é o temperado e tropical, que possibilita que a erva se desenvolva adequadamente. No que se refere ao solo, a recomendação é que seja areno-argiloso, bem drenado, leve e tenha pH entre 7 e 7,8.

Publicidade


Publicidade


Outra indicação que se faz sobre o solo é que evite locais com excesso de umidade, uma vez que o alecrim não se desenvolve bem em áreas que têm índice elevado de chuva.

A erva gosta de luminosidade, portanto, é importante que o canteiro receba luz solar diretamente por cinco horas por dia, no mínimo.

Publicidade

Plantio

O alecrim se propaga melhor por estaca apical de 10 a 15 centímetros em substrato. O solo deve ser mantido úmido até a fase de enraizamento, que normalmente acontece em até dois meses em temperaturas amenas e aproximadamente um ano em locais frios.

Publicidade

Indica-se deixar a muda em viveiro até o transplante, que deve ser feito preferencialmente entre setembro e novembro.

Ao realizar o transplante, o espaçamento ideal é de 0,8 metro entre plantas. Se for um cultivo de alta densidade, pode-se trabalhar com espaçamento de 0,8 a 1 metro por 0,5 a 0,8 metro.

O plantio das mudas é em covas de 15 por 15 centímetros, com cerca de um quilo de esterco ou composto, para garantir nutrientes necessários para a cultura.

Irrigação

Faça regas no início do plantio, enquanto o alecrim é jovem. Conforme ele se desenvolver, diminua a frequência das regas, para manter o solo um pouco mais seco. O motivo disso é simples: a planta não aguenta solos encharcados.

Poda

A poda não é obrigatória, mas pode ser um diferencial na primavera para ajudar na manutenção do formato da planta. Nesse período, corte poucos centímetros de galhos para ter esse resultado.

Produção e colheita

O alecrim está pronto para colheita em aproximadamente 90 dias depois do plantio. Mas, a recomendação geral é que espere até o segundo ou terceiro ano, que é quando o cultivo atinge uma melhor formação.

Se optar por esperar mais para a colheita, na primavera retire da planta 50% dos ramos próximos do solo (a cerca de 15 centímetros dele), para permitir seu máximo desenvolvimento.

Caso queira fazer duas colheitas por ano, recomenda-se que uma seja no outono, especificamente na parte superior da planta, e outras na primavera a 50 centímetros do solo.

Publicidade

Custo

O custo de cultivo do alecrim varia, principalmente considerando o valor da muda. Mas, normalmente se gasta menos do que em outras culturas, uma vez que não se exige o uso de insumos demasiadamente caros.

Como vender alecrim

A venda do produto pode ser in natura para feirantes, supermercados, bares, lanchonetes, entre outros estabelecimentos que utilizam a erva na preparação de alimentos e bebidas.

Publicidade

Caso tenha um sistema apropriado, poderá produzir o óleo de alecrim, que é utilizado na produção de cosméticos e produtos de higiene pessoal. Além disso, também é amplamente usado na aromaterapia.

O alecrim pode ser utilizado para criação de produtos derivados, como o alecrim seco e mix de temperos com salsa, coentro, cebola, alho desidratado, entre outros. Caso cultive alecrim orgânico, esse pode ser seu diferencial de venda, podendo lucrar mais.

As flores da planta do alecrim são ornamentais, portanto, também podem ser uma opção de venda para o produtor, caso queira ampliar ainda mais sua lucratividade.

Flavio Carvalho
Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.

Deixe seu comentário