Como calcular preço de doces para vender – Não erre nunca mais!

A precificação correta de mercadorias é essencial para garantir a lucratividade de qualquer negócio. Saber como calcular o preço de doces para vender garante que o comerciante esteja suprindo todos os seus gastos além de estar recebendo um valor justo pelo seu trabalho.

Ao iniciar um negócio de vendas de doces é comum que o empreendedor não tenha muita noção de quanto cobrar. Pesquisando na internet são variadas as formas de fazer cálculos de precificação, no entanto, nem todos eles acabam ensinando o jeito certo para não ter prejuízo em alguma das etapas de fabricação.

Desde o início é necessário ter em mente que muito além de apenas os custos de fabricação, você também precisa calcular os preços fixos da sua fabricação, além da sua mão de obra.

Publicidade

A seguir acompanhe a maneira certa de como calcular o preço dos seus doces para vender e ter a certeza de que você está faturando de verdade.



Veja também:

Custos de matéria-prima – Como calcular preço de doces

como calcular preço de doces para vender

A primeira parte para começar a precificar os seus doces, é calcular o preço de custo de cada um deles. Para isso, você precisa saber exatamente quanto gasta de matéria-prima.

Esse é um dos cálculos mais simples, onde você precisará apenas calcular o valor de todos os ingredientes gastos na sua receita e depois dividi-lo pela quantidade de doces fabricados.

Publicidade


Publicidade


Exemplo:

Digamos que você irá fazer brigadeiros para vender. Para cada receita você irá gastar:

Publicidade

  • 1 lata de leite condensado = R$ 5,00
  • 50g de manteiga = ?
  • 100g de chocolate = ?
  • 1 caixa de creme de leite = R$ 3,20
  • Granulado para a cobertura = R$ 2,00

Você deverá calcular o valor de todos esses ingredientes, inclusive daqueles que você comprou em maior quantidade, porém só irá utilizar uma parte como é o caso da manteiga e do chocolate.

Publicidade

Por exemplo:

Você irá utilizar apenas 50g de manteiga, mas comprou uma barra de 200g pelo valor de R$5,00. Da mesma forma irá utilizar 100g de chocolate, mas comprou uma barra de 500g pelo valor de R$16,00. Para o seu cálculo ser perfeito você precisa encontrar o valor dessas 50g e 100g. Para isso você irá realizar o seguinte cálculo:

Para a manteiga:

  • 5 / 200 = 0,025 (o que quer dizer que cada grama de manteiga equivalem a R$0,025)
  • 0,025 x 50 = 1,25
  • Isso quer dizer que 50g de manteiga equivalem a R$1,25.

Para o chocolate:

  • 16 / 500 = 0,032 (cada grama de chocolate custa isso)
  • 0,032 x 100 = 3,20
  • Isso quer dizer que 100g de chocolate equivalem a R$3,20.

Substituindo os valores que estavam faltando da lista o cálculo total para fazer uma receita de brigadeiro custa R$ 14,65. Mas, como é que fazemos para obter o valor unitário de cada doce?

Simples, basta dividir o valor total pela quantidade de doces obtidas com a receita. Sendo assim, digamos que a receita rendeu 20 unidades de brigadeiro, é só dividir o valor total pela quantidade. Ou seja: 14,65 / 20 = 0,73 (valor de custo unitário de cada brigadeiro).

Calculando os custos fixos

Ao fazer os seus doces para vender você nunca pode esquecer que existem outros custos além dos ingredientes. Independente se você fabrica os seus doces em casa ou em um espaço próprio, é preciso que você acople os seus custos com água, luz, gás, aluguel e outros ao preço de venda dos seus doces.

A forma mais fácil de fazer isso é avaliando qual a sua média de gastos com esses insumos durante o ano.

Publicidade

Digamos que nos últimos doze meses você teve um gasto total de 14 mil reais juntando água, luz, gás e aluguel. Você deverá dividir esse valor por doze, ou seja:

  • 14.000/12 = 1.166,66

Isso quer dizer que você tem em média todos os meses R$ 1.166,66 de custos fixos. Agora você precisa descobrir o quanto desse valor equivale as suas horas trabalhadas. Para isso primeiro vamos descobrir quanto vale cada hora do mês.

Publicidade

Um mês de 30 dias possui 720 horas. Sendo assim, dividindo 1.166,66 por 720 temos o valor de R$1,62 que equivale ao custo fixo de uma hora do seu mês.

Agora é só multiplicar esse valor pelas horas que você trabalha fazendo os seus doces. Por exemplo, se para fazer o seu brigadeiro você leva uma hora, isso quer dizer que são gastos R$ 1,62 de custos fixos e você deve acrescentar esse valor ao custo total da sua receita. Ou seja 14,65 + 1,62 = R$ 16,27.

Ficou um pouco confuso? Então assista esse video do canal Escola de Doce Oficial para entender melhor como funciona esse cálculo.

Cálculo da sua mão de obra – Como calcular preço de doces

Por último você precisa calcular qual é o valor da sua mão de obra e a forma mais certa de fazer isso também é calculando o valor da sua hora/trabalho.

Para isso vamos nos basear em uma quantidade de horas base que normalmente se trabalha durante um mês. Digamos que trabalhando 220 horas por mês você deseja ter um salário de R$ 2.000,00. Esse valor faz com que a sua hora de trabalho custe R$9,09.

Sendo assim, a cada hora trabalhada você deverá ganhar esse valor.

Acrescentando isso ao cálculo do nosso brigadeiro, teríamos: 14,65 + 1,62 + 9,09 (considerando que você tenha levado uma hora inteira no preparo). O total desse cálculo seria R$ 25,36.

Publicidade

Agora, basta dividir esse valor inteiro pelas unidades do seu brigadeiro, ou seja 20.

  • 25,36 / 20 = 1,26

Para facilitar você deve arredondar esse valor, preferencialmente para cima para não alterar nenhum dos seus valores de custos ou pagamento pelo seu trabalho.

Com isso, o preço final da unidade do seu brigadeiro seria de R$ 1,30.

Publicidade

Margem de lucro

Muitas pessoas não usam o cálculo da margem de lucro quando utilizam a tática de acrescentar sua hora/trabalho na precificação de doces.

Porém, isso pode ser um erro visto que qualquer melhoria como compra de equipamentos novos, expansão do espaço ou outro tipo de investimento no negócio pode acabar saindo do salário do empreendedor.

Sendo assim, é bastante aconselhável que o empreendedor acrescente ao valor final do seu produto também uma margem de lucro que funcionará como capital de giro e de investimentos para o crescimento do seu negócio.

Essa margem costuma girar entre 20% e 30% a depender do objetivo do comerciante, e deve ser calculada sobre o valor que obtivemos no passo anterior.

Sendo assim teríamos, utilizando a margem de 20%, por exemplo teríamos que calcular quanto é 20% de R$25,36, que equivale a R$ 5,07. Agora basta acrescentar esse valor ao total e novamente dividir por 20 para saber o valor unitário de cada doce:

  • 30,43 / 20 = 1,52
  • Arredondando o valor para cima, cada docinho teria valor de venda de R$1,55.

Sempre analise o valor da concorrência

Apesar de todos os cálculos que apresentamos aqui serem a maneira mais correta de você precificar os seus doces, lembre-se de sempre estar de olho na concorrência. Avalia os preços praticados e também se a qualidade das mercadorias se assemelha aos seus produtos.

Publicidade

Lembrando que todos os cálculos aqui apresentados servem como exemplo para precificar todos os tipos de doces como: trufas, doces de pote, bolos e outros.

O ideal é ter um média de preço justa tanto para você quanto para o consumidor e o mais importante é, sempre valorizar o seu trabalho.

Veja também: Como fazer tempero caseiro para vender – Dicas para faturar

Publicidade

Aline Resende
Formada em Marketing e pós graduanda do curso de Língua Portuguesa e Literatura do Centro Educacional Uninter. Trabalha na área de comunicação como Social Media e Criadora de Conteúdo além de fazer trabalhos de atuação e locução para material publicitário.

Deixe seu comentário