Como abrir uma mercearia – Análises, investimentos e como começar

As mercearias são um dos modelos de negócios mais antigos do Brasil e ainda hoje tem sua relevância no mercado, em especial quando instaladas em bairros com poucas opções comerciais. Sendo assim, abrir uma mercearia ainda é uma alternativa viável.

Os produtos de mercearias costumam atender as principais necessidades das casas. Dessa forma, nesses pequenos comércios o cliente costuma encontrar alimentos comuns da cesta básica, materiais básicos de limpeza, algumas opções de produtos de conveniência como doces, higiene pessoal e outros.

Esse modelo de negócio ainda é bastante comum em cidades do interior onde nem sempre os supermercados são uma opção de fácil acesso. Muitos bairros em cidades grandes também adotam esse tipo de comércio que consegue suprir a necessidade rápida do consumidor que não precisa realizar compras em grande quantidade.

abrir mercearia
Publicidade

Se você pensa em abrir uma mercearia, porém não sabe exatamente por onde começar, nesse artigo nós iremos explicar os principais pontos.



Concorrência e Público Alvo para abrir uma mercearia

Todo negócio precisa começar com um bom planejamento, e parte dele diz respeito a pesquisa de concorrentes e escolha de público alvo.

Esses dois fatores estão diretamente ligados ao que chamamos de pesquisa de mercado, principal ponto para saber qual a viabilidade de abertura do negócio.

Sendo assim, de início, é preciso que o empreendedor faça um levantamento de quem seriam seus principais concorrentes, quais os serviços que oferecem e os preços que praticam.

Publicidade


Publicidade


Esses concorrentes podem ser:

  • Outras mercearias;
  • Mercadinhos;
  • Supermercados;
  • Lojas de conveniência;
  • Outros estabelecimentos que vendem produtos similares.

Feito isso, é preciso que o empreendedor análise o público que pretende atender. Normalmente as mercearias atendem pessoas em bairros residenciais, no entanto, nada impede de que o público alvo sejam trabalhadores de empresas localizadas em regiões onde há poucas opções de comércio, por exemplo.

Publicidade

Ainda assim, é sempre bom analisar se o público de demanda desse tipo de comércio é numeroso, para ter uma noção se o negócio tem ou não chances de dar certo.

Publicidade

Localização para abrir uma mercearia

Como dissemos, as melhores opções para abrir uma mercearia costumam ser os bairros residenciais, longe de supermercados ou de outros grandes comércios.

Bairros onde hajam poucas opções de comércio, porém com boa vazão de empresas e trabalhadores, por exemplo, também são uma boa opção.

A melhor parte desse tipo de negócio, é que localizados em bairros desse tipo, não há nem necessidade de o estabelecimento ser instalado em avenidas principais. Claro que o ideal é sempre primar por locais com grande circulação de pessoas e boa visibilidade, no entanto, isso não é exatamente uma regra.

Estrutura para abrir uma mercearia

Uma estrutura de mercearia não é difícil de montar. Muitos empreendedores, inclusive, acabam realizando esse tipo de venda em suas próprias residências.

Basicamente serão necessárias algumas prateleiras para guardar os produtos em exposição, um balcão/caixa de atendimento, geladeira para bebidas e outros produtos refrigerados, e é só isso mesmo.

Claro que se, a ideia for montar uma mercearia maior, pode ser necessário o investimento em outras coisas como gôndolas de exposição, cestas para compras, uma caixa registradora entre outros.

Essencialmente, o espaço necessário para  a montagem desse negócio não precisa ser grande, podendo ter a partir de 20 m².

Estoque para ter sucesso

Nada é mais importante em uma mercearia do que o estoque de produtos. Ele não precisa ser numeroso, porém, precisa ter variedade.

Publicidade

A maior parte dos consumidores desse tipo de negócio são pessoas que buscam produtos de emergência. Sendo assim, é importante que esses estabelecimentos tenham um pouco de tudo, para que no momento em que o cliente precisar, sempre encontre o produto certo na sua mercadoria.

Então, planeje bem quais produtos são prováveis ter maior demanda, e aqueles que pode ser que não tenham tanta, porém, em algum momento pode haver procura.

Publicidade

Tenha sempre tudo muito bem organizado para que o cliente localize as mercadorias com facilidade e rapidez.

Investimento para abrir uma mercearia

O valor de investimento para abrir uma mercearia não é muito alto, por isso essa acaba sendo uma ótima alternativa de negócio para a maioria das pessoas.

Estima-se que seja necessário um capital a partir de R$10 mil para iniciar esse negócio. Nesse montante já calculados a compra de freezer, prateleiras, estoque entre outros pormenores.

É claro que, além do valor de investimento, também é necessário que o empreendedor tenha um bom valor de capital de giro. Isso ira garantir que o negócio se mantenha até o momento que realmente comece a ter lucros.

Atendimento

O atendimento nesse tipo de negócio precisa ser estratégico. Isso porque, esse tipo de estabelecimento serve para quando as pessoas não podem se locomover até estabelecimentos maiores.

Dessa forma, tenha ciência de que, para aumentar os lucros, será necessário que o negócio fique aberto enquanto outros estão fechados.

Nesse caso, é comum encontrar mercearias que atendem até depois do que é considerado o horário comercial, e durante todo o fim de semana.

Publicidade

E lembre-se sempre que o bom atendimento fideliza clientes e torna o seu negócio mais próspero. Dessa forma, capriche na simpatia e na agilidade no momento de atender as pessoas. Isso conta, e muito.

Documentação

Boa parte das mercearias abertas acaba operando de forma informal. No entanto, por ser um negócio considerado de pequeno porte, onde na maioria das vezes, não precisa da contratação de pessoas, pode ser uma boa ideia que o empreendedor tenha ao menos um registro MEI.

Com o MEI o negociante paga uma pequena taxa ao mês e pode contar com todo o suporte oferecido aos trabalhadores e empresários formais.

Publicidade

Dessa forma, há o pagamento do INSS que garante ao indivíduo direito a aposentaria, afastamento por doença, licença maternidade entre outros direitos.

Para saber como abrir o seu, veja o artigo como abrir MEI em 7 passos simples e formalizar o seu negócio.

Veja também: Como revender celulares – Investimento inicial e como começar

Aline Resende
Formada em Marketing e pós graduanda do curso de Língua Portuguesa e Literatura do Centro Educacional Uninter. Trabalha na área de comunicação como Social Media e Criadora de Conteúdo além de fazer trabalhos de atuação e locução para material publicitário.

Deixe seu comentário