Como abrir uma escola – Passo a passo para começar

A educação sempre será um ponto crucial na vida de qualquer pessoa, e quando se trata de pais, muitos estão dispostos a investir para que seus filhos tenham uma educação melhor. Por isso, para quem pretende se tornar empreendedor e abrir uma escola, o mercado é bastante favorável.

A situação de boa parte das escolas brasileiras pode não ser muito animadora para alguns pais e responsáveis que desejam uma formação mais qualificada para seus filhos.

A realidade do país é complicada, pois, muitas vezes os profissionais contratados para trabalhar nas instituições não conseguem exercer todo o seu potencial ou repassar todo seu conhecimento pela falta de estrutura proveniente dos repasses insuficientes da administração pública, entre inúmeros outros fatores.

Dessa forma, para aquelas famílias que podem despender uma parte da renda mensal para melhorar a qualidade de ensino, a escolha por uma boa escola particular é uma tarefa complexa.

A maior parte dos pais e responsáveis buscam por locais com excelente estrutura física, profissionais qualificados, métodos de ensino reconhecidos e atividades extracurriculares. Dessa forma, ao abrir uma escola o empreendedor precisará ficar atento a todas essas preferências do seu público alvo.

como abrir uma escola

A seguir, nós explicamos todas as etapas necessárias para que seja feita a montagem e abertura de uma escola relevante e lucrativa.

Análise de Mercado

A análise de mercado costuma ser a primeira etapa para a abertura de qualquer negócio e existe um motivo para isso.

Como você pode ver na introdução desse texto, considerar as expectativas do público em relação aos serviços e produtos oferecidos por uma empresa é essencial para qualquer negócio. E esses dados são coletados por meio da análise de mercado.

Dessa forma, antes de decidir qualquer coisa em relação a sua futura escola, procure saber qual é a necessidade e perfil do público da região em que se pretende abrir o negócio.

A pesquisa da concorrência também faz parte da análise de mercado. Por tanto, você precisará saber quais os serviços oferecidos por eles, valores praticados, qualidade dos profissionais, estrutura do estabelecimento entre outros fatores importantes.

O conhecimento dessas informações ajudarão o empreendedor a ter mais clareza no momento de montar o planejamento de seu negócio. Os objetivos ficarão mais claros, assim como o público alvo que deverá ser o foco do negócio. A aplicação de diferenciais também acaba sendo facilitada com a obtenção dessas informações.

Lembrando que a análise de mercado é apenas uma das etapas do chamado Plano de Negócio, documento necessário na hora de pedir liberação aos órgãos públicos de educação para início das atividades da sua escola.

Localização e estrutura do imóvel da escola

A localização ideal para uma escola é em um bairro tranquilo e seguro, sem trânsito muito intenso, porém com facilidade de acesso.

Diferente de outros tipos de negócio, uma escola não precisa estar localizada em locais com grande circulação de pessoas. Na realidade, alguns pais acreditam que escolas localizadas em ruas paralelas ao invés de avenidas, tem mais segurança. Sendo assim, isso é algo para ser considerado na hora de escolher a localização.

Em relação à estrutura física do imóvel, o ministério da educação tem como lei que as salas de aula tenham o espaço mínimo de 1,2 m² por aluno. Sendo assim, como é de se esperar, o imóvel onde a escola será instalada deverá contar com salas e ambientes em geral amplos.

Outas especificações exigidas por lei diz respeito a iluminação e ventilação dos ambientes escolares. Por tanto, ao escolher ou construir o imóvel onde a escola será instalada, certifique-se de que as salas tenham janelas amplas e um bom sistema de iluminação.

Alguns ambientes essenciais que uma escola particular precisa ter são:

  • Refeitório;
  • Cozinha;
  • Sala de secretaria;
  • Banheiros;
  • Espaço para atendimento de pais e responsáveis;
  • Sala de professores;
  • Sala ou espaço de atividades extras, ou recreativas;
  • Biblioteca;

Esses são os espaços básicos de uma escola, mas é claro que é possível instalar outros ambientes como:

  • Sala de dança, teatro ou música;
  • Quadra esportiva;
  • Caixa de areia;
  • Playground;
  • Auditório;
  • Entre outros.

Quadro de funcionários para abrir uma escola

Esse é um dos pontos cruciais da estratégia de adesão de alunos da sua escola. A escolha dos profissionais que trabalharão com você será fator determinante para pais e responsáveis escolherem ou não a sua instituição.

Dessa forma, analise com calma e muito bem os currículos dos profissionais que se candidatarão as vagas da sua escola. Considere a formação e experiências de cada um, além de, claramente realizar entrevistas para conhecer pessoalmente e sentir “a energia” de cada profissional.

Se for possível, procure a ajuda de um profissional qualificado na entrevista de educadores. Psicopedagogos ou mesmo profissionais de RH podem ser grandes auxiliadores na hora de realizar as suas contratações.

O quadro de funcionários de uma escola irá depender da capacidade de alunos que você atenderá, além dos níveis de ensino oferecidos. Se a sua escola for trabalhar apenas com educação infantil, a prioridade de contratação sera para os pedagogos.

Já se a ideia for oferecer ensino fundamental completo e ensino médio, será necessário realizar a contratação de professores específicos para cada matéria.

Quadro de funcionários para educação infantil

  • Pedagogos;
  • Auxiliares de sala;
  • Diretor;
  • Cozinheira;
  • Auxiliar de cozinha;
  • Profissional de serviços gerais;
  • Secretária;
  • Recepcionista;
  • Profissional de administração.

Quadro de funcionários para ensino fundamental e médio

  • Pedagogos que atenderão do 1º ao 5º ano;
  • Diretor;
  • Cozinheira;
  • Auxiliar de cozinha;
  • Profissional de serviços gerais;
  • Secretária;
  • Recepcionista;
  • Profissional de administração.

Professores de:

  • Português;
  • Matemática;
  • Biologia;
  • Física;
  • História;
  • Filosofia;
  • Artes;
  • Educação Física;
  • Química;
  • Inglês.

Documentação para abrir uma escola

Abrir uma escola exige alguns documentos específicos que precisam estar em dia para que a autenticidade do ensino oferecido pela sua instituição seja válida.

Dessa forma, como a quantidade de documentos é volumosa e alguns deles pode ter um pedido complexo, o ideal é contratar o serviço de um profissional de contabilidade para realizar todos os trâmites legais.

Entre os documentos necessários para iniciar suas atividades educativas estão:

  • Contrato Social;
  • Alvará de liberação do Corpo de Bombeiros;
  • Alvará de funcionamento da prefeitura;
  • Requerimento e liberação da Secretaria de Educação;
  • Escritura do imóvel;
  • Planta detalhada do imóvel;
  • Relação de Recursos Humanos da instituição;
  • Entre outros.

Investimento inicial para abrir uma escola

O investimento necessário para abrir uma escola irá depender do formato de instituição, aluguel ou compra de imóvel, estrutura física e de ensino, quadro de funcionários entre outras especificações.

Dessa forma, só é possível analisar o montante necessário para a abertura do seu negócio, após realizar uma larga pesquisa de tudo que será necessário para abri-lo.

Por tanto, quando for fazer o cálculo, além dos tópicos anteriores, você precisará calcular:

  • Valor da compra de móveis e aparelhos;
  • Despesas com água, luz, telefone e internet;
  • Despesa com possíveis reformas do imóvel onde a escola será instalada;
  • Despesas com serviços jurídicos;
  • Outras despesas variáveis;

E lembre-se que, além do valor que será usado para montar o negócio, também é necessário ter um dinheiro para capital de giro. Ou seja,  você precisa de um valor alto para manter a sua escola até que ela comece a dar lucros.

E é bom saber desde já, que o lucro de qualquer negócio pode demorar meses ou até mesmo anos para chegar. Por tanto, para que um estabelecimento dê certo é necessário ter paciência, persistência e um bom capital de giro.

Em caso de perceber que você não terá o capital necessário para abrir o seu negócio, é sempre possível adaptar o seu planejamento para que se encaixe melhor no seu orçamento. Mas se essa não for uma opção, o ideal é conseguir um investidor que acredite no potencial do seu empreendimento.

Acesse aqui para saber Como conseguir investimento para tirar sua ideia do papel.

Veja também

Como vender ovo: dicas para começar seu negócio de vendas

Essas foram as nossas dicas de como abrir uma escola com o básico necessário para iniciar no setor de educação.

Se quiser saber sobre outras ideias de negócio, veja o nosso texto sobre como abrir uma casa de repouso ou como abrir uma academia.

Aline Resende
Formada em Marketing e pós graduanda do curso de Língua Portuguesa e Literatura do Centro Educacional Uninter. Trabalha na área de comunicação como Social Media e Criadora de Conteúdo além de fazer trabalhos de atuação e locução para material publicitário.

Deixe seu comentário