Como abrir uma assistência técnica de informática

As lojas de concerto de computadores sempre foram necessárias, e com o passar dos anos e evolução da tecnologia, se tornaram ainda mais relevantes. Abrir uma assistência técnica de informática, é um bom negócio para o empreendedor que se identificar com esse mercado.

Com alta demanda de serviço durante todo o ano, as assistências técnicas de informática conseguem faturar muito, no entanto, esse é o tipo de negócio que não oferece a possibilidade de variação de modelo. Dessa forma, o empreendedor precisará optar entre abrir um estabelecimento físico, ou apenas oferecer seus serviços em ou a domicílio.

De uma forma ou outra, essa ainda é uma profissão e empreendimento viável e lucrativo. Por isso mesmo que nos tópicos seguintes nós te daremos todas as dicas necessárias para você abrir uma assistência técnica de informática de sucesso.

Conhecendo o mercado para abrir uma assistência técnica de informática

assistencia técnica de informática

O primeiro passo de quem decide abrir qualquer tipo de negócio, é realizar uma pesquisa de mercado que dirá se o empreendimento é ou não viável.



O mercado de informática é amplo e com uma concorrência significativa na maior parte das regiões do país. Com isso, o empreendedor precisará realizar um levantamento de concorrentes para descobrir com o que estará competindo.

Nessa pesquisa, é importante saber quais são os preços praticados, serviços oferecidos, estruturas dos negócios e que tipo de público atendem.

Com essas informações, fica mais fácil saber aquilo que pode ser um diferencial aos olhos do consumidor, tornando o negócio mais competitivo no mercado.




Publicidade


Depois da concorrência, vem o público alvo. Apesar de a área de informática ser ampla e uma necessidade geral, é importante que o empreendedor tenha seu foco principal em um tipo de cliente.

Os exemplos mais básicos que podemos citar são:

  • Pessoa física com problemas corriqueiros em computadores domésticos;
  • Micro, pequenas e médias empresas;
  • Grandes empresas;
  • Pessoas ou empresas com uma marca específica de aparelhos de informática.

Decidido isso, fica mais fácil saber qual tipo de negócio e quais fornecedores se encaixam no objetivo.



Após esses dois pontos, o empreendedor também precisa se preocupar com o mercado em geral, para estar por dentro das novidades e mudanças que o mundo da tecnologia sofre.

Para isso é interessante buscar por palestras e cursos que expliquem como anda o mercado de informática no Brasil e no Mundo, quais podem ser as tendências futuras, e quais delas podem representar uma oportunidade de lucros reais ao empreendimento.

Para saber mais sobre pesquisa de mercado, veja o Portal do Sebrae.

Localização

Feita a pesquisa de mercado, está na hora de decidir qual será a melhor localização para abrir o negócio. Como dissemos anteriormente, esse é o tipo de negócio que, apesar de mexer e depender da tecnologia, não consegue se adaptar a outras formas de atendimento que não o presencial.

Dessa forma, é muito importante que o empreendedor decida qual o melhor ponto comercial para alocar o seu negócio.

Essa escolha, dependerá do formato de assistência que se pretende abrir. Por exemplo, se a ideia é, além de prestar assistência, montar um negócio de venda de peças e acessórios para informática, o ideal é locar um espaço onde possa ser realizado o trabalho de assistência, mas também tenha uma boa área para loja.

Agora, se a ideia for atender a domicílio, modelo bastante comum para quem trabalha com empresas, não é necessário o aluguel de um grande espaço para loja, e sim um escritório.

Em ambos os casos, o ideal é estar localizado em regiões com grande circulação de pessoas, onde seja possível enxergar a sua marca com clareza.

Quadro de funcionários para abrir uma assistência técnica de informática

A contratação ou não de funcionários, dependerá do porte de negócio que será aberto e também da demanda de trabalho.

Por exemplo, para o empreendedor que decidir por abrir uma assistência que também conta com espaço de loja, pode ser uma boa ideia contar com um técnico de informática e um atendente.



Já se a ideia for atender médias e grandes empresas, com alta demanda de manutenção, talvez seja necessário a contratação de mais um técnico para evitar que o serviço acumule ou acabe atrasando.

De qualquer maneira, a questão de contratações só poderá ser medida com o tempo para saber se serão ou não necessárias.

Fornecedores de peças de informática

Esse também é um ponto com o qual o negociante precisa se preocupar. A escolha de fornecedores precisa ser feita de modo certeiro prezando pela qualidade das peças, bons valores e comprometimento do fornecedor com os prazos de entrega.

Fornecedores de peças de informática podem ser encontrados tanto de modo físico, quanto de modo online. O que sempre se deve fazer é buscar saber qual a reputação da empresa e compará-la com outras para poder realizar a melhor escolha.

No nosso artigo sobre fornecedores de eletrônicos, você consegue encontrar boas opções de lojas online que vendem peças de informática, além de acessórios, no atacado.

Investimento em uma assistência de informática

O valor necessário de investimento para abrir uma assistência técnica de informática, dependerá do tipo de modelo escolhido pelo empreendedor e de diversos outros fatores que podem ser variáveis de um negócio para o outro.

Apesar disso, estima-se que com um valor mínimo de R$5.000, já é possível abrir um negócio de pequeno porte.

Divulgação

Conseguir os primeiros clientes, é a parte mais desafiante de qualquer tipo de negócio. Por isso, é necessário investir em boas estratégias de divulgação para conseguir aumentar os lucros.

A internet acaba sendo a maior aliada das assistências técnicas nesse quesito. A montagem de um site profissional se mostra primordial para passar a confiança que o cliente precisa.

Nesse site é necessário que estejam listados os tipos de serviços prestados pela empresa, informações de contato, horários de atendimento, além de uma área explicando um pouco mais sobre a empresa. A construção de um “Missão, visão e valores” é sempre uma boa ideia para que o cliente entenda melhor de que forma o seu negócio trabalha.



As redes sociais também são ferramentas das quais o empreendedor consegue tirar proveito ao criar páginas para o seu negócio. Esse meio é bacana, pois as pessoas conseguem deixar comentários e avaliações do negócio. Dessa forma, sempre que um cliente buscar saber mais sobre a sua empresa, poderá saber qual a opinião de quem já fez negócio com você.

É claro que por isso, é mais do que necessário sempre prestar um ótimo atendimento, para não correr riscos de ter comentários e avaliações negativas do seu negócio correndo pela internet.

No mais, grande parte dos clientes de assistências acabam vindo por meio de indicação de outros clientes. Mais um motivo para prestar um serviço impecável.

Formalização para abrir uma assistência técnica de informática

Ao abrir o seu negócio, de início pode não haver a necessidade de formalizar o negócio, no entanto, com o passar do tempo e aumento de cliente, em algum momento será necessário.

Claro que se a ideia for desde o início ter uma loja física, a formalização se torna obrigatória. Dessa forma, o empreendedor pode optar pela abertura de um MEI ou de um negócio com um porte um tanto maior. No segundo caso, o ideal é buscar ajuda de um profissional de contabilidade para correr atrás de todos os documentos necessários para a abertura.

Veja também: Como abrir uma relojoaria – Modelo de negócio e como começar

Aline Resende
Formada em Marketing e pós graduanda do curso de Língua Portuguesa e Literatura do Centro Educacional Uninter. Trabalha na área de comunicação como Social Media e Criadora de Conteúdo além de fazer trabalhos de atuação e locução para material publicitário.

Deixe seu comentário