Como abrir um Pet Shop – Investimento e dicas para começar

Pensando em abrir um pet shop, mas não sabe por onde começar? Nesse artigo nós iremos explicar tudo o que você precisa saber para abrir o seu negócio de cuidados com os animais e ter sucesso na sua região.

Trabalhar com animais é o sonho de muitas pessoas e a boa notícia é que o momento atual é um dos mais propícios para se abrir negócios que tenham essa finalidade.

No início desse ano, o Sebrae listou a abertura de pet shops como uma das melhores ideias de negócios para se investir. Tudo isso, devido a imensa procura que artigos de cuidados com os pets tiveram na rede, ano passado.

como abrir um pet shop

Veja a seguir os principais fatores os quais você precisa se atentar no momento de investir nesse negócio.



Veja também

Pesquisa de mercado

Para abrir um negócio de sucesso você deverá fazer um bom plano de negócio e o primeiro passo para a montagem desse plano é fazer uma boa pesquisa de mercado na sua região.

Nessa pesquisa você deve levantar quem são os seus concorrentes, quais serviços oferecem, valores cobrados, entre outras informações importantes.




Publicidade


Essa pesquisa também envolve o público que deverá ser atendido por você. Sendo assim, pesquise para saber quem são seus potenciais clientes, quais são seus hábitos de cuidados com seus pets, faixa etária, classe social, entre outros dados.

Tudo isso será utilizado no momento de pensar quais serviços você deverá oferecer no seu estabelecimento, valores a serem cobrados, diferenciais que você poderá aplicar ao seu negócio, etc.

Serviços Oferecidos – Como abrir um Pet Shop

Após analisar a sua concorrência e público-alvo, será mais fácil entender quais os produtos e serviços devem ser oferecidos no seu estabelecimento.



Quando se trata de animais, atualmente existe uma infinidade de serviços os quais estabelecimentos podem prestar. Apesar disso, é importante que você estude a viabilidade desses serviços e se eles seriam de real interesse dos seus potenciais clientes.

Além disso, não esqueça que serão esses serviços que definirão o espaço físico que você necessitará para o seu negócio.

Entre as atividades que você pode oferecer no seu estabelecimento estão:

Estabelecimento comercial

Após decidir os serviços que serão prestados, é hora de encontrar o melhor ponto comercial para o seu negócio.

Pet shops se tornaram negócios de primeira necessidade para muitos donos de pet. Sendo assim, é importante escolher um ponto comercial em local de bom movimento, com ótima visibilidade.

Aqui cabe um destaque para que você realmente leve a sério essa questão de localização. Isso porque, não são poucos os negócios que acabam quebrando simplesmente porque não são vistos e com isso não conseguem clientela o suficiente para mantê-los funcionando.

Por tanto, nem pense em abrir o seu negócio em uma rua escondida, com baixa circulação de pessoas. As chances de ser um investimento jogado fora são altas.

Para além disso, não esqueça de verificar se o espaço escolhido comporta todos os serviços que você deseja prestar, se será necessário algum tipo de reforma, e se o valor do aluguel está dentro do seu orçamento.

Fornecedores

Para abrir o seu pet shop você precisará de equipamentos para prestar seus serviços. Esses equipamentos devem ser adquiridos de fornecedores confiáveis e com bons preços.

Para isso, faça uma boa pesquisa de preços e de boas marcas para se investir. Na internet você encontra diversos fornecedores e pode comparar as vantagens que cada um oferece.



Entre os equipamentos básicos que você irá precisar estão:

  • Máquina de tosa;
  • Secador;
  • Caixas de transporte (caso o seu pet shop ofereça serviço de leva e traz);
  • Conjuntos de lâminas para a máquina de tosa;
  • Tesouras;
  • Rosqueadeiras;
  • Cortadores de unhas;
  • Entre outros.

Além dos equipamentos, caso o seu pet shop também vá oferecer produtos para vendas, você também deve encontrar bons fornecedores de brinquedos, acessórios, alimentos, entre outros produtos.

Funcionários – Como abrir um Pet Shop

A depender dos serviços que você pretende oferecer, e do tamanho do seu negócio, certamente será necessário a contratação de pessoal.

Para a operação plena de um pet shop, estima-se que sejam necessárias ao menos duas pessoas, isso para um negócio de pequeno porte. No caso, seria alguém responsável pelo serviço de banho e tosa e outro pela recepção dos clientes, pagamentos e outras coisas.

Portanto, lembre-se dos serviços que pretende oferecer para saber quais os funcionários necessários para a abertura do seu negócio.

Questões burocráticas

Após ter decidido toda a estrutura do seu negócio, é hora de se formalizar. Abrir um pet shop exige todo o cuidado para evitar problemas sanitários, fiscais e de outros tipos.

Por tanto, procure um contato para ajudar na abertura formal da sua empresa. O profissional será o responsável por conseguir as licenças necessárias para uma abertura segura, além da abertura de um CNPJ, necessário, entre outras coisas, para as compras com vários fornecedores.

Investimento para abrir um Pet Shop

As questões de investimentos em negócios são sempre muito relativas. Isso porque tudo depende da região onde o empreendedor decide abrir seu negócio, o porte da empresa, serviços a serem oferecidos entre outras coisas.

Contudo, a estimativa do Sebrae para a abertura de um pet shop simples, com serviço de banho e tosa, e pequeno porte, é de um investimento de pelo menos R$ 30 mil.

Apesar disso, o melhor é fazer uma cotação própria. Só assim é possível chegar a um número real.



Veja também: Como abrir um Delivery em casa e com pouco dinheiro

Aline Resende
Formada em Marketing e pós graduanda do curso de Língua Portuguesa e Literatura do Centro Educacional Uninter. Trabalha na área de comunicação como Social Media e Criadora de Conteúdo além de fazer trabalhos de atuação e locução para material publicitário.

Deixe seu comentário