Como abrir um chaveiro – Investimento inicial, e como começar

Existem alguns negócios que exigem um baixo investimento inicial e podem gerar bons resultados por terem alta demanda. Um dos empreendimentos com esta característica é o chaveiro, que é um serviço muito procurado em qualquer lugar e relativamente simples de abrir uma empresa na área.

O serviço de chaveiros é extremamente útil para diversos públicos diferentes, e com certeza já salvou o dia de muita gente. E para investir neste mercado, o capital necessário é menor do que boa parte de outros empreendimentos. Além disso, basta fazer um curso de capacitação, ter espírito empreendedor, e elaborar um bom planejamento para colocar a empresa no caminho certo.

Se você tem interesse em abrir um quiosque de chaveiro e iniciar seu próprio negócio, confira a seguir algumas dicas importantes para iniciar a sua empreitada.

abrir um chaveiro

Vale a pena abrir um chaveiro?

Como já dissemos, este é um negócio com algumas vantagens, como um baixo investimento inicial e o fato de ser muito procurado em qualquer lugar.

Sobre o valor de investimento, para quem escolhe abrir um chaveiro todo estruturado, com equipamentos novos e de qualidade, o valor estimado é entre R$ 8 mil e R$ 17 mil. No entanto, com muita pesquisa para encontrar equipamentos usados, por exemplo, é possível montar seu negócio com um investimento de R$ 4 mil a R$ 5 mil.

Entretanto, só quem pode dizer se investir neste mercado vale a pena ou não é você. Afinal, mesmo que o negócio seja financeiramente viável e tenha um público promissor, ele depende muito de condições específicas do lugar e do empreendedor para dar certo. Isso quer dizer que você deve estar preparado para abrir uma empresa, e que a região de implantação do negócio deve ser viável.

Para chegar a essas respostas, é muito importante que o primeiro passo do seu empreendimento seja elaborar um plano de negócios. É com este procedimento que você saberá dizer se a sua ideia de abrir um chaveiro é viável ou não.

Com o plano de negócios, você responde a perguntas como “quem serão seus principais clientes”, “onde a empresa será localizada”, e “quais os valores de investimento e de faturamento mensal esperado”. Percebeu como ele é importante para dizer se o negócio é promissor?

O vídeo abaixo explica a importância dessa questão de uma forma bem didática e simples, por isso recomendamos que você assista antes de continuar a leitura. Se quiser se aprofundar mais no assunto “Plano de negócios”, recomendamos também esse material mais abrangente do Sebrae.

Onde abrir o seu negócio?

Com o perdão do trocadilho, a escolha da localização é um fator chave para o sucesso do seu negócio. Afinal, se você se instalar em um local de difícil acesso ou que já tenha outros chaveiros por perto, deverá enfrentar mais dificuldade do que o normal.

Por outro lado, se o ponto escolhido for em um local movimentado, bem localizado, e numa área onde não haja tanta concorrência, as chances de sucesso são maiores. Por isso, avalie com cuidado as opções, e considere também outros fatores como acessibilidade, visibilidade, segurança, entre outros.

Outro ponto que faz diferença nessa escolha é o valor do aluguel. Por um lado, quanto melhor localizado o ambiente, maior costuma ser o valor. Por outro, se você escolher o espaço pelo aluguel mais baixo, corre o risco de ter um quiosque mal localizado e não ter movimento. Sendo assim, o ideal nesse quesito é escolher o melhor custo-benefício.

Além disso, a compatibilidade com o público-alvo também afeta a escolha do ponto comercial. Apesar de o serviço de chaveiros ser requisitado para atender residências, empresas e veículos, caso você priorize o atendimento a um destes público, tenha isso em mente também.

Requisitos para abrir um chaveiro

Obviamente, o principal requisito para abrir um negócio de chaveiro é a capacitação para o serviço. Por isso, você precisará investir em um curso para atender seu clientes com qualidade.

Em relação à estrutura do local, o espaço não precisa ser muito grande. Uma área de cerca de 20 m² já deve ser suficiente para instalar todos os equipamentos e atender seus clientes.

Sobre os equipamentos, alguns dos quais você vai precisar são:

  • Esmeril;
  • Duplicadora de chaves;
  • Bancada de serviço;
  • Chaves virgens;
  • Quadro de chaves;
  • Morsa;
  • Ferramentas diversas;
  • Entre outros.

Além disso, sua empresa também precisará de equipamentos para atendimento e serviços administrativos, como computador, telefone e, se precisar, impressora.

Por fim, outro requisito indispensável para abrir um chaveiro é a documentação. Os documentos são os mesmos para solicitados para abrir qualquer negócio, como alvará de funcionamento, CNPJ, documentação na Junta Comercial, entre outros. Para saber mais sobre a documentação necessária para abrir uma empresa, recomendamos este texto do blog Contabilizei.

Sobre essa questão, muitos especialistas recomendam a contratação de um contador para acompanhamento. Mas se a sua proposta é montar um pequeno negócio, com estimativa de faturamento anual máximo de R$ 80 mil, também há a opção de abrir um MEI (Microempreendedor Individual). Aqui nós já mostramos como fazer isso em 7 passos simples e formalizar o seu negócio.

Felipe Matozo
Estudante de Jornalismo no Centro Universitário Internacional Uninter e ator profissional licenciado pelo SATED/PR. Ligado em questões políticas e sociais, busca na arte e na comunicação maneiras de lidar com o incômodo mundo fora da caverna.

Deixe seu comentário