Como abrir uma loja de roupas? Requisitos, investimento e passo a passo

Quem nunca sonhou em ter o próprio negocio? Sabemos o quão difícil pode ser trabalhar para outras pessoas, se encaixar nas expectativas que o outro tem em nosso trabalho, se esforçar e muitas vezes não ser reconhecido. Para empreender, um bom modelo de negócio para investir no Brasil é abrir uma loja de roupas.

O mercado da moda é muito vasto, por isso existem muitas lojas e clientes para maioria delas. Saber investir em sua loja e comprar roupas que tenham bastante saída é essencial para se dar bem nesse ramo. Afinal, todos precisam de roupas, sejam elas mais simples ou mais chiques, para sair ou ficar em casa, uma festa ou jantar: todos precisam se vestir.

No texto a seguir falaremos sobre como abrir uma loja de roupas, explorando os passos principais e o investimento necessário.

abrir loja de roupas

Como começar o seu negócio?

O primeiro passo na hora de abrir uma loja de roupas é definir qual será seu público-alvo: Moda infantil, juvenil ou adulta? Moda feminina, masculina, ou unissex? Roupam mais sociais ou despojadas? Há ainda uma lista gigantescas de outros segmentos e estilos de roupas.

Essa tomada de decisão vai exercer papel fundamental em todos os planos para sua loja, pois você precisa fazer as escolhas pensando em seu público-alvo. Aqui nós já abordamos diferentes setores para trabalhar, como o segmento de roupas de bebê e o de roupas plus size, por exemplo.

Outro fator importante é a pesquisa de mercado: onde você vai abrir a sua loja, quais os tipos de comércios de roupa que já têm por na região, e quais ainda não têm.

Pesquisar com as pessoas qual tipo de roupa que elas gostariam de comprar, e assim traçar o perfil de público que você almeja alcançar, e se há espaço para que você possa vender para esses clientes na região que você deseja abrir sua loja de roupas é essencial.

Após decidir isso, é importante fazer o balanço de fornecedores de roupas. Definir questões como onde compensa mais você pegar as roupas para revenda, além de preço e qualidade dos produtos é muito importante para que seus clientes sintam confiança em sua loja e voltem sempre que precisarem adquirir uma nova peça.

Sobre isso, vale a pena conhecer o nosso texto sobre melhores fornecedores de roupas femininas para lojas, pois ele pode te ajudar na pesquisa.

Abrir loja de roupas pode ser um investimento certeiro

O aconselhável é que se você não tem muito capital para começar sua loja, você pode começar investindo pouco e aumentar conforme a resposta do público, mas sempre investindo em divulgação e novidades.

Outra ideia bacana é começar com seu ponto físico, mas também realizar vendas online. Afinal, a venda pela internet tem crescido muito, apesar da venda de balcão ainda ser a mais procurada. Sobre as lojas virtuais, aqui você pode conferir quatro segredos para um e-commerce de sucesso.

Após pensar em todas essas etapas você deve pôr no papel o quanto pretende investir de início, e quais serão os gastos que terá. Além de separar também um valor para capital de fluxo de caixa e possíveis imprevistos.

Existem planos de negócios que te auxiliam na hora de por tudo isso na ponta do lápis, ajudando na gestão e controle de capital da loja, além de estipular gastos e até mesmo possíveis prejuízos. Focar nestes planos pode te abrir os olhos para questões até então não avaliadas. Sobre essa tema tão importante para ter sucesso com sua loja, recomendamos a leitura desse material do Sebrae.

Procure um bom espaço para abrir sua loja de roupas

Encontrar um bom espaço para sua loja, em uma região onde haja circulação do público que você quer atender, é importante para o sucesso da loja.

Além disso, não esqueça que você precisa também ter um CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) para as compras de fornecedores. Como cada cidade tem um conjunto de normas específicas, pesquise o que é necessário para que sua loja fique dentro das regras para o seu tipo de empresa.

Outro fator de destaque é a decoração da sua loja, que pode começar mais simples. Invista na iluminação, decorações que vão de encontro com a personalidade de seu público-alvo, maneira de expor as roupas e deixá-las a mostra etc. Afinal, todas essas questões podem atrair os clientes que estiverem passando pela frente de seu estabelecimento.

Divulgação

Um marketing de qualidade pode ajudar e muito para conquistar os clientes. Promoções anunciadas nas redes sociais, sorteios e fotos sempre atualizadas de suas peças em modelos e manequins poderão chamar atenção de possíveis compradores.

Outro fator imprescindível é o quadro de funcionários. Se você logo no começo precisar contratar alguém para trabalhar em sua loja, escolha um profissional que represente sua empresa, que tenha um estilo que combine com as peças que você vende. Uma pessoa carismática, simpática, paciente e de sorriso no rosto.

O atendimento é primordial para garantir a volta de um cliente em seu estabelecimento. Um cliente atendido com má vontade, além de não voltar na sua loja, irá comentar com amigos que também darão preferências para outras lojas na hora das compras.

Agora que você já refletiu sobre os gastos, público alvo e local da loja, é hora de criar coragem e investir no seu sonho. Você pode começar com uma loja pequena ou até vendendo de casa em casa suas roupas, o importante é começar.

Felipe Matozo
Estudante de Jornalismo no Centro Universitário Internacional Uninter e ator profissional licenciado pelo SATED/PR. Ligado em questões políticas e sociais, busca na arte e na comunicação maneiras de lidar com o incômodo mundo fora da caverna.

Deixe seu comentário