Como abrir um Delivery em casa e com pouco dinheiro

O setor de delivery está crescendo rápido, ainda mais depois da pandemia do novo coronavírus que fortaleceu o setor devido isolamento social. Em 2020, oito em cada dez estabelecimentos comerciais (81%) passaram a fazer o delivery durante a quarentena e o nicho cresceu 98%. Inclusive, as pesquisas confirmaram a tendência para o mundo todo mesmo após a pandemia.

Diante desta nova realidade, muitos estabelecimentos aprenderam a ganhar dinheiro com os aplicativos de delivery ou com suas próprias redes de atendimento digital.

A vantagem de não precisar fazer o atendimento presencial e arcar com pesados custos referentes a estabelecimentos especializados fez com que muita gente encontrasse no delivery uma oportunidade de ganhar dinheiro sem sair de casa.

Publicidade

Se você também quer abrir um delivery na sua casa acompanhe este conteúdo até o final porque aqui vamos te mostrar tudo o que você precisa fazer partindo do zero!



Como montar um delivery em casa

Como montar delivery em casa

Todo negócio precisa ser planejado antes de aberto. Por isso, antes de colocar a mão na massa use esse passo a passo para organizar as suas ideias e estruturar suas ações daqui para frente.

Para te ajudar a identificar as suas necessidades todos os tópicos começam com perguntas:

1. Que produto vou oferecer?

A pesquisa de mercado é o norteador do seu negócio: que tipo de delivery você quer abrir? Uma lanchonete? Uma pizzaria? Ou uma marca especializada em doces caseiros?

Publicidade


Publicidade


Use suas habilidades e suas vontades pessoais para definir quais são os melhores produtos para vender num delivery – lembrando que precisa ser algo que você possa fazer em casa.

Estruture o seu cardápio definindo quais os produtos que quer vender e o preço de cada um. Para definir isso você precisará fazer uma análise de concorrência e pesquisa de mercado: o que já vende bem nos aplicativos? E qual é o preço médio destes produtos? O ideal é que você tenha um diferencial que possa atrair os usuários.

Publicidade

No começo você pode reduzir as opções para conseguir testar a sua habilidade em casa, assim, consegue diversificar os produtos à medida que perceber o perfil dos seus clientes.

Publicidade

Caso ainda não saiba o que vender aqui vai alguns produtos tendência nos aplicativos:

Para te servir de ainda mais informação na abertura da sua loja confira a seguir os gáfico que demonstra os produtos mais vendidos ao longo de 2020:

 

Produtos para vender delivery
Fonte: O Globo

Ideias de produtos para vender num delivery:

Como montar um delivery em casa

2. Do que vou precisar?

Agora que você já sabe o que você vai oferecer precisa saber quais os materiais necessários para a execução. Se você vai fazer pizzas e te faltam formas em casa, isso é um problema.

Anote tudo o que você vai precisar e adquira estes pertences. Não se esqueça de considerar que fazer comida em casa precisa de uma certa regularidade de idas ao mercado e uma preparação de estoque para os alimentos.

Além disso, se for trabalhar com alimentos precisará garantir a segurança e qualidade dos alimentos. Não pode faltar espaço de armazenamento adequado, muito menos higiene.

Sobre a parte de documentação, para abrir o seu negócio você precisará estar formalizado como uma empresa. A forma mais fácil e rápida de fazer isso é abrindo um MEI.

Publicidade

O programa Microempreendedor Individual tem tributação simplificada e te garantirá um CNPJ funcionando, possibilidade de emitir notas fiscais e separar as suas finanças pessoais do delivery. Confira nosso tutorial completo de como abrir um MEI.

Confira também:

Publicidade

Entrega delivery em casa

3. Qual será o método de entrega?

Agora é a hora de definir como irá despachar os seus pedidos. Você poderá criar um delivery próprio e construir a sua marca com uma estratégia de marketing ou então apelar para os aplicativos de comida que já tem um próprio método de distribuição por motoristas parceiros.

As suas alternativas são:

  • Vender via whatsapp e redes sociais. Usar os aplicativos para atualizar os clientes e obter o seu próprio motoboy ou motorista parceiro para fazer as entregas – saiba como usar o Whatsapp Business e cadastrar seu cardápio;
  • Se credenciar aos aplicativos de delivery e usá-los para fazer entregas com os motoristas parceiros;
  • Começar fazendo as entregas você mesmo, mas com um número de pedidos reduzido.
Entrega de delivery de comida

4. Que aplicativo de delivery você vai usar?

Uma pesquisa da Mobills, startup de gestão de finanças pessoais, indicou que em 2020 os pedidos em apps de delivery cresceram 103%. Entre todas elas, a que mais teve aumento foi a Rappi.

Entre as preferências do usuário, um estudo feito pela consultoria CVA Solutions em 2020 revelou que o preferido entre os usuários é o Ifood (71%). em seguida o Uber Eats (18%), o Rappi (2%) e por último o 99Food.

Abaixo segue a imagem com a comparação da avaliação dos usuários nos principais apps de delivery na Play Store:

Comparação apps de delivery
Fonte: Play Store

Com o sucesso dos market place os aplicativos que não têm foco em comida também passaram a ganhar mais relevância. Entre eles, os destaques são Lojas Americanas, Zé Delivery, Magazine Luiza e Mercado Livre.

Caso queira entender melhor sobre como ganhar dinheiro com lojas virtuais em market places confira nosso tutorial de como vender no Mercado Livre e Como vender no Magazine Você do Magalu.

Publicidade

Confira também:

5. Como irá controlar seus pedidos e finanças?

Para garantir o sucesso do seu negócio você precisará controlar qual o seu gasto e lucro. Alguns aplicativos de delivery já ajudam com gráficos que apontam o faturamento dentro de cada período. Entretanto, como eles não calculam suas despesas fixas e variáveis é preciso ter um sistema à parte.

Pode ser no caderno ou usando planilhas financeiras, o ideal é que tenha um lugar para organizar as suas contas e saber quanto pode tirar de lucro para si mesmo.

Publicidade

O restante do dinheiro que sobrar poderá usar para investir no seu próprio negócio e fazê-lo crescer.

Este controle financeiro também é imporante para manter a transparência do seu negócio e facilitar a questão fiscal da sua empresa.

Confira também:

6. Qual será a sua estratégia para vender mais?

Com o seu delivery aberto, isto é – ao começar a abrir a sua plataforma de pedidos (seja no whatsapp ou apps de delivery) será preciso ter em mente uma estratégia para acelerar suas vendas.

Nos aplicativos pode ser interessante um preço com melhor custo-benefício, além da necessidade de estimular boa nota entre os clientes. Assim, terá mais chances de aparecer nas buscas dos apps.

Uma boa estratégia é enviar um brinde para os clientes novos, por exemplo, assim aumentará a chance de ganhar cinco estrelas e fidelizar usuários do aplicativo.

Publicidade

Outra tendência é o uso de cupons de descontos – uma prática que tem sido mais comum entre os usuários de aplicativos, conforme demonstra a pesquisa da Cuponomia:

Cupons de delivery

Confira também:

Dicas para um delivery de sucesso

Aqui vão algumas dicas para o seu delivery em casa se tornar um sucesso:

  • Capriche na embalagem;
  • Tenha um programa de fidelidade;
  • Ofereça cupons de descontos;
  • Ofereça brindes para os novos clientes;
  • Garanta uma entrega rápida;
  • Flexibilize as formas de pagamento;
  • Capriche nas fotos dos produtos e no cardápio;
  • Permita que o usuário escolha por onde quer contatar;
  • Mantenha a qualidade dos ingredientes e do produto final;
  • Mantenha um ambiente organizado;
  • Use algum tempo somente para aprender a usar os aplicativos e suas novas ferramentas de trabalho;
  • Atente-se aos melhores horários para abrir o seu delivery – se adequar ao intervalo e lanches de lugares próximos à você pode ser bem importante para o seu negócio.

Confira também:

Publicidade

Quer mais dicas de especialistas? Então confira o guia preparado pelo Sebrae em parceria com Galunion, consultoria para Foodservice. Visualize a cartilha aqui. 

Qual é o investimento inicial para um delivery?

A vantagem de abrir um delivery em casa é que você não precisará arcar com os custos de um estabalecimento e bom ponto comercial. Será a partir do seu endereço particular que fará as entregas e conquistará sua freguesia local.

Se o seu negócio crescer e se tornar inviável continuar a produzir de dentro de casa, aí sim poderá cogitar o investimento para um endereço comercial.

Neste caso, o investimento para a abertura de um delivery em casa é muito variável. Vai depender do tipo de comida ou produto que quer vender, quais itens vai precisar comprar de começo e se terá necessidade de contratar alguém ou se vai trabalhar sozinho.

 

Publicidade

 

Logo, a empreendedora precisou mudar de casa para ter um espaço mais adequado para a fabricação dos lanches. Um ano mais tarde, abriu a lanchonete física da American Burguer em Nova Lima só usando o valor que arrecadou com as vendas feitas em casa.

Apesar da decisão de abrir a lanchonete fisicamente, confirma que a sua ideia de abrir um delivery em casa fez parte do sucesso do negócio:

Acredito que meu sucesso tem muito a ver com a decisão de investir apenas no delivery. Não acho que seja possível ter excelência quando o foco está dividido entre entrega e espaço físico”, conta.

Não é só o caso de Camilla que houve muito sucesso ao abrir um delivery em casa. E você pode ser o próximo a embarcar nesta jornada!  Conte com o Revendedor.com.br para continuar a te dar boas ideias de negócio.

 

Avatar
Jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) e especialista em Negócios Digitais. Tem mais de 600 artigos publicados em sites dos mais variados nichos e quatro anos de experiência em marketing digital. Em seus trabalhos, busca usar da informação consciente como um instrumento de impacto positivo na sociedade.

Deixe seu comentário