Melhores cartões de crédito para MEI negativado – Saiba como aprovar!

Os microempreendedores individuais (MEIs) já somam mais de 8 milhões. O problema é que destes muitos – em torno de 2 milhões – já têm dívidas.

Ter um MEI negativado é a mesma coisa que ter um nome sujo. Terá mais dificuldade de acesso a empréstimos e crédito. Além disso, também corre o risco de ter o CNPJ suspenso pela Receita Federal.

Mas as dívidas não são um atestado de morte para um pequeno negócio. Essa situação pode ser driblada com estratégias de marketing e de administração.

Publicidade

Uma das alternativas é fazer a contratação de uma linha de crédito e empréstimo certeira para pagar as despesas e ter capital de giro para manter a empresa funcionando.



E quem achava que cartão de crédito para MEI negativado não existia, saiba que exisitem cada vez mais oportunidades no mercado disponíveis para este público.

A maior parte dos serviços oferecidos a CPFs ou CNPs negativados são cartões consignados, cartões pré-pagos ou com baixo limite.

Caso tenha a certeza de que o cartão de crédito é a decisão ideal para sua empresa, confira a seguir as melhores opções oferecidas no mercado crediário em 2021:

Publicidade


Publicidade


1. Cartão Zippi

Zippi

O Cartão Zippi é exclusivo para autônomos e microempreendedores. A cobrança da fatura é semanal, o que facilita a provação de limites.

O cartão é personalizável, dá até para colocar a logo da sua empresa, se quiser. E para facilitar ainda mais, o atendimento e pagamento da fatura pode ser feito inteiramente pelo Whatsapp.

Publicidade

  • Anuidade: gratuito

  • Bandeira: Mastercard

  • Renda mínima: é feito análise de crédito, mas não tem renda mínima ou faturamento mínimo como pré requisito;

2. Cartão de Crédito Mercado Pago

Mercado Pago

 

Publicidade

Com o cartão do Mercado Pago vocêusar a função débito e crédito, podendo parcelar compras com fornecedores do Mercado Livre em até 18 vezes sem juros.

Além disso, ao fazer a solicitação gratuita usando do seu CNPJ você participará sem custo de um programa de pontos no qual poderá trocar sua pontuação por descontos em compras no aplicativo e lojas parceiras.

  • Anuidade: gratuito

  • Bandeira: Visa

  • Renda mínima: é feito análise de crédito, mas não tem renda mínima ou faturamento como pré-requisito.

3. Cartão Ourocard Pré-Pago

Ourocard

Quem já tem dívidas não pode assumir o risco de contrair uma nova dívida e piorar a situação. Pensando nisso, um cartão pré-pago pode ser uma alternativa eficiente para empreendedores endividados.

O cartão Ouro Card pré pago do Banco do Brasil não cobra anuidade, não exige renda mínima e te libera um limite compatível com aquilo que você realmente pode gastar.

  • Anuidade: R$ 5 mensais e cobra-se uma taxa de R$ 10,00 pela emissão do cartão. A partir do 3° saque mensal será cobrado R$ 5,00 por novos saques;

  • Bandeira: Mastercard

  • Renda mínima: não há;

4. Cartão Pré Pago PagBank

Cartão Pré Pago PagBank

Outra opção de cartão de crédito pré-pago disponível no mercado para pessoas físicas e jurídicas é o da Pag Bank.

Com ele, dá para gastar aquilo que recarregar e ainda ganhar descontos para compras online, viagens e não se cobra taxas em saques na rede Banco 24 Horas.

  • Anuidade: não há, mas o custo da emissão do cartão é de R$ 12,90;

  • Bandeira: Mastercard

  • Renda mínima: não há;

 

5. C6 Bank Business

C6 Bank Business

Outra tentativa para conseguir linha de crédito mesmo com dívidas é o C6 Bank. A operadora faz análise de CPF e CNPJ, entretanto é grande o relato de pessoas endividadas que conseguiram aprovar limites.

Publicidade

Quem é aprovado pelo banco digital recebe um cartão com função de débito ou débito e crédito.

Caso não seja liberado para a função de crédito, faça a solicitação do cartão mesmo assim e use-o. Ao fazer compras poderá acabar sendo liberado para usufruir da função de crédito conforme ganha confiança com a marca.

Publicidade

Além disso, o cliente do cartão Business tem direito a uma conta sem taxas ou anuidades, benefício de passar automaticamente em pedágios, cartão personalizado e programa de pontuação sem custo.

  • Anuidade:  gratuito.

  • Bandeira: Mastercard

  • Renda mínima: não há;

Confira também:

Vale a pena contratar um cartão de crédito para numa empresa com dívidas?

É importante que o empreendedor saiba que nem sempre uma linha de crédito resolverá o problema da melhor forma.

Dependo da dívida, o melhor a se fazer é quitar os débitos como MEI, para somente então contratar um novo cartão.

Outra possibilidade que deve vir antes do cartão de crédito para negativados são os empréstimos com menores taxas de juros ou com mais flexibilidade no pagamento.

Confira também:

Publicidade

Avatar
Jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) e especialista em Negócios Digitais. Tem mais de 600 artigos publicados em sites dos mais variados nichos e quatro anos de experiência em marketing digital. Em seus trabalhos, busca usar da informação consciente como um instrumento de impacto positivo na sociedade.

Deixe seu comentário