Cartão de visita – Dicas para fazer um cartão ideal para o seu negócio

Uma das formas mais clássicas de dar credibilidade a um negócio é por meio de um cartão de visita. Mas será que você sabe tudo o que o seu precisa ter para ter o efeito desejado?

Cartões de visita são uma forma simples e rápida de passar ao cliente as informações mais importantes do seu negócio. No caso, por meio deles você consegue apresentar qual o seu tipo de serviço, todos os seus contatos e ainda oferece meios para que o cliente conheça melhor o seu trabalho.

Mas é claro que nem só de informações vive uma ferramenta dessas.

Publicidade

O principal diferencial do cartão de visita de um negócio é que ele consiga passar para o cliente um pouco da cara da sua empresa. Ou seja, quando esse pequeno pedaço de papel é bem feito, o empreendedor consegue transmitir a imagem de qualidade, sofisticação, criatividade ou outra que seja importante para o seu negócio.



cartão de visitas

É claro que para isso acontecer é necessário investir em uma bela identidade visual e saber exatamente o que ele deseja passar para o seu cliente.

Veja a seguir algumas dicas de como elaborar o cartão de visita perfeito para o seu negócio.

Veja também: Redes sociais para o negócio: As 3 melhores para aumentar as vendas

Publicidade


Publicidade


1 – Tenha uma bela logomarca

O cartão de visita deve ser uma ferramenta de comunicação rápida. Isso significa que o cliente precisa bater o olho nele e automaticamente lembrar de você.

Para isso, nada mais eficaz do que uma bela logomarca do seu negócio estampada em um dos lados do seu cartão.

Publicidade

Por tanto, caso ainda não possua uma, você pode contratar um designer que será responsável por desenvolve-la exclusivamente para o seu negócio, ou ainda você mesmo pode criar a sua. Vários sites na internet, como o Canva, possuem ferramentas que facilitam o desenvolvimento de logomarcas por praticamente qualquer pessoa.

Publicidade

2 – Cores do seu cartão de visita

Outro ponto que precisa ser estudado por você, são as cores que irão compor o layout do seu cartão.

A psicologia das cores sugere que cada uma das nuances existentes podem despertar emoções variadas nas pessoas.

Para entender melhor isso, é só lembrar que o motivo de várias lanchonetes e restaurantes utilizarem o vermelho e o amarelo é porque essas cores tem a característica de potencializar a sensação de fome das pessoas. Dessa forma, você pode estudar quais as cores que poderiam sugerir aos seus clientes aquilo que você deseja que eles sintam em relação ao seu negócio.

É claro que você também pode simplesmente adotar os critérios das cores utilizadas na sua logomarca, ou as boas e velhas cores neutras como o branco, cinza e preto.

3 – Utilize os dois lados do seu cartão de visita

Mas calma, isso não quer dizer que você vai escrever textos e por isso precisa de mais espaço.

A ideia de utilizar frente e verso do seu cartão é para que um dos lados possa estampar apenas a logomarca do seu negócio, potencializando a memorização do seu negócio na cabeça do cliente.

4 – Informações essenciais

Algumas informações são essenciais de se ter em um cartão de visitas. São elas:

  • Logomarca da empresa;
  • Ramo de atividade do negócio;
  • Nome do empreendedor;
  • Cargo;
  • Telefones;
  • E-mail;
  • Whatsapp;
  • Redes sociais da empresa;
  • Site
  • Horários de funcionamento e atendimento.

5 – QR Code no cartão de visita

Se você deseja facilita o acesso do seu público ao site da sua empresa, ou mesmo a uma das suas redes sociais, uma boa opção é utilizar um QR Code de direcionamento para algum desses endereços, impresso no seu cartão.

Publicidade

Com o QR Code basta o interessado apontar a câmera do celular para ser direcionado para sua página de interesse.

6 – Escolha uma boa gráfica para impressão

Não tem nada pior do que investir dinheiro e receber um material de baixa qualidade. Por tanto, pesquise muito bem a gráfica na qual você irá imprimir os seus cartões de visita.

Publicidade

Para ter certeza, faça uma impressão de amostra para ver como vai ficar. Nessa experiência analise a qualidade de impressão como, falhas na tinta, qualidade do papel escolhido e possíveis manchas.

Caso esteja tudo certo, você poderá mandar imprimir uma quantidade maior dos seus cartões e começar a entregá-los aos seus clientes.

7 – Se atenha ao tamanho padrão de um cartão de visita

Hoje em dia existem vários tipos de cartões de visita no mercado, de vários formatos e tamanhos.

Apesar disso, o melhor é se ater aos tamanhos padrões de cartões de visita. Isso porque, dessa forma, não há perigo da sua ferramenta de contato não caber na carteira ou no bolso do cliente e acabar indo parar no lixo.

8 – Contrate um bom designer

Sim, lá no início do texto dissemos que você pode desenvolver sua própria logo e tudo mais. Mas a verdade é que, para quem não tem boas noções de design, cores, proporções e fontes, fica muito difícil chegar a um produto final com qualidade.

Por tanto, se a ideia é realmente utilizar o cartão de visita como uma ferramenta para o seu negócio, invista na contratação de um profissional. Ele saberá transmitir exatamente o que você deseja e sem mais dores de cabeça.

Veja também: 5 ferramentas de marketing que todo empreendedor precisa conhecer

Publicidade

Formada em Marketing e pós graduanda do curso de Língua Portuguesa e Literatura do Centro Educacional Uninter. Trabalha na área de comunicação como Social Media e Criadora de Conteúdo além de fazer trabalhos de atuação e locução para material publicitário.

Deixe seu comentário