Brechó Online: o guia completo para abrir o seu e ter sucesso

O conceito de consumo consciente de moda tem ganhado cada vez mais importância no modo como várias pessoas tem comprado suas peças de vestuário.

A preocupação real em reduzir o impacto negativo na sustentabilidade do planeta, tem levado muita gente a investir em peças em perfeito estado, porém, de segunda mão. É dessa demanda que surge o brechó online, uma opção sustentável e lucrativa de negócio.

Esse tipo de empreendimento é uma tendência forte e  foi considerado um dos negócios em alta de 2020. Isso se deve não só por conta da pandemia de corona vírus que obrigou as pessoas a não saírem de casa, mas por todo o conceito de marketing e consumo verde que acompanha essas lojas.

Os brechós online são negócios que podem surgir de várias maneiras na internet, desde vendas em redes sociais até a montagem de e-commerce.

Dependendo do modo como o negócio é iniciado, a exigência de capital não é tão alta. Dessa forma, é possível iniciar com baixo investimento e ir evoluindo as ferramentas e gerenciamento do empreendimento conforme a necessidade.

brechó-online-o-guia-completo-para-montar-um

Você pode ter vários objetivos ao montar um brechó online, como ganhar uma renda extra ou apenas se desfazer de inúmeras peças paradas no seu guarda-roupas. E se a sua ideia é montar um negócio que será a sua principal fonte de renda, com uma marca forte que poderá vir a ser referência nesse tipo de mercado, acompanhe esse guia que montamos especialmente para você.

Planejamento de um Brechó Online

Antes de iniciar as atividades é necessário fazer muitas pesquisas para saber bem de que forma o negócio deve ser posto em prática. É por isso que existe a etapa de planejamento, onde as decisões mais importantes serão decididas.

Tipo de Brechó Online

O primeiro passo para montar um brechó online é definir por qual meio acontecerão as suas vendas. As opções são:

  • Redes Sociais: Você pode montar a sua loja no Instagram ou Facebook. Essa opção é muito indicada para quem não tem muito capital inicial para investir em plataformas de e-commerce. Hoje com as inúmeras ferramentas de venda que essas redes sociais oferecem, pode ser uma ótima ideia iniciar o seu negócio em uma delas. Veja aqui quais as melhores redes sociais para vendas!
  • Plataformas Marketplace de usados: Essa opção é indicada para pessoas que desejam “desentulhar” o guarda-roupas ou sapateira e, ao mesmo tempo, fazer um dinheiro com a venda dessas peças.  Sites como o Enjoei são especializados em anúncios de peças usadas e tem alto alcance de clientes. Criar lojas dentro desse site também é uma opção para quem tem um estoque mais robusto, no entanto, é importante saber que a cada venda feita o site fica com uma taxa de comissão, o que pode não ser muito interessante para alguns lojistas. Vale a pena também saber como vender no Facebook. 
  • Loja Virtual: Essa é a opção mais indicada para quem tem um capital bacana e realmente deseja fazer do brechó online sua principal fonte de renda. A montagem de um e-commerce não é exatamente uma coisa simples de ser feita e o melhor é contar com a ajuda de um programador. O valor de um serviço desses merece uma boa pesquisa, pois pode variar muito de profissional para profissional. Se quiser saber mais dicas sobre lojas virtuais, dê uma olhada no nosso artigo com 4 Segredos para um e-commerce de sucesso.

Público alvo do seu negócio

Brechós vintage costumam atender um público muito específico.

Agora que você já sabe por qual meio irá vender as suas peças, é hora de decidir qual público (ou públicos) você pretende atender. Existem brechós especializados apenas em peças infantis, femininas ou masculinas. E mais do que isso, existem brechós que só trabalham com marcas de luxo, outros que atendem um público que preferem apenas peças vintage, e ainda aqueles que misturam todos esses públicos.

Especificar o seu público alvo te ajuda a ter mais clareza nas etapas seguintes como a seleção de peças que serão vendidas, média de preços, planejamento de marketing e tudo isso.

Peças para vender

Depois de estipulado o seu público alvo, está na hora de pensar por qual meio você ira conseguir suas peças para vender. As opções mais comuns são visitando bazares que costumam vender peças em ótimo estado por valores muito baratos e também lugares especializados em vender lotes de roupas usadas. É possível encontrar esse tipo de comerciante na internet mesmo.

Outras opções são através de doações de roupas de conhecidos, compra de roupas usadas de pessoas comuns e garimpos em outros brechós de baixo custo.

VEJA TAMBÉM 👕
Como ser um revendedor de roupas?

Estoque de peças

Ao montar um brechó online, é preciso ter consciência de que será necessário um bom espaço para estocar as peças que serão vendidas. Desse modo, algumas alternativas podem ser aplicadas:

Para quem começará o negócio com poucas mercadorias, um guarda-roupas grande já pode suprir a necessidade de espaço para estoque. As peças devem ser armazenadas de forma organizada por cor, tipo ou valor para que a localização na hora de enviar o produto seja facilitada.

Para quem já conta com muitos produtos, o ideal é separar uma sala com araras para armazenagem. Da mesma forma, essa mercadoria deve ser bem organizada para agilizar o tempo de procura e envio.

Roupas mais propensas a pegar poeira ou de material mais frágil, devem ser armazenadas em capas plásticas, para evitar estragos.

Outra coisa importante nesses locais de armazenagem, seja um armário ou sala é manter uma boa ventilação e baixa umidade, para que as peças não acabem sendo atingidas por mofo.

VEJA TAMBÉM 🥿
Como revender calçados online?

Capital para iniciar o brechó online

Agora que você já tem todo o planejamento do que exatamente irá precisar para botar seu negócio em funcionamento, está na hora de somar tudo. A

pós uma grande pesquisa em relação ao gasto com as peças, onde sua loja online será hospedada, quanto será o gasto com um profissional programador (em caso de e-commerce), compra, construção, reforma ou aluguel de espaço de estoque, você terá noção de quanto dinheiro será necessário para iniciar o seu negócio.

Depois de ter valores, você irá decidir se consegue bancar todo o investimento sozinho ou se precisará contar com um investidor de fora. Nesse segundo caso você pode tentar uma sociedade ou empréstimo com conhecidos, empréstimo em bancos ou até mesmo iniciar a busca por um investidor anjo.

Vendendo no brechó online

brechó online vendendo

Depois que você tiver certeza de que o seu negócio é viável e já puder iniciar as suas atividades, está na hora de colocar algumas estratégias de marketing em prática. Essas iniciativas te ajudarão a vender e construirão a sua marca.

Identidade da marca

Criar um logotipo exclusivo para o seu brechó online é primordial para que as pessoas desde o início associem o seu negócio a uma marca. Esse é o primeiro passo para a criação da sua identidade. Em seguida ao logotipo, é interessante criar uma paleta de cores, ou elementos que sempre serão usados nas divulgações dos seus produtos.

O ideal para essa criação é contar com os serviços de um designer, porém se não houver capital para isso no início, é possível se virar com algumas ferramentas online como o Canva.

Conceito de Marca

Lembra que no início do texto nós falamos sobre o conceito por trás da moda sustentável? Pois bem, esse conceito pode ser incorporado na hora da divulgação da sua marca.

Mas atenção, a ideia desse passo é criar um discurso no qual a sua marca realmente acredite e se baseie durante a administração do negócio. Sendo assim nada de usar de greenwashing apenas para conseguir vender mais, ok? As chances de isso queimar a sua imagem são gigantescas.

Claro que além da questão do consumo sustentável, outros elementos podem ser incorporados ao seu negócio como a questão de valores mais acessíveis (apesar disso não ser uma regra), exclusividade de peças entre outros. Deixa as pessoas conhecerem o porquê do seu negócio existir (além do lucro obviamente), muitas delas podem se identificar com os mesmos valores e se tornarem clientes.

Fotos dos Produtos

Vamos lá, quando se faz uma compra online o único norte que se tem para conhecer o produto são as fotos, não é mesmo? Por tanto, essa ferramenta deve ser muito bem utilizada para atrair ainda mais clientes.

Recentemente nós publicamos um artigo ensinando a fazer boas  fotos de produto com a câmera do celular, no entanto, se for possível use material profissional na produção das suas imagens.

Divulgar a loja nas redes sociais

brechó online fotos redes sociais

Em especial para quem decidiu montar seu brechó fora de uma rede social, é interessante criar uma página para postar conteúdos relevantes e conseguir mais clientes para o seu negócio.

Uma boa estratégia de marketing nas redes, é montar looks incríveis com os seus produtos, clicar algumas fotos e direcionar as pessoas para a sua loja virtual na publicação.

Para saber mais dicas de bom gerenciamento de páginas de negócios, leia esse artigo sobre 9 erros nas redes sociais da sua empresa que afastam os seus clientes.

Investimento em publicidade

Nem só de divulgação nas redes vive um brechó online. Para que um negócio se torne grande e tenha sucesso é muito interessante investir em publicidade profissional. Isso pode ser feito por meio do Google Adwords, parceria com influencers e outros tipos de anúncios pagos.

Claro que no começo do negócio essa não precisa ser uma grande preocupação, mas com o crescimento, talvez seja bom elaborar um bom plano de publicidade profissional. Com ele o seu brechó online alcançará voos ainda mais altos.

Bom, esse foi o nosso guia para te ajudar a iniciar o seu negócio de moda sustentável online. Se gostou ou tem mais dicas, deixa nos comentários para gente.

Aline Resende
Formada em Marketing e pós graduanda do curso de Língua Portuguesa e Literatura do Centro Educacional Uninter. Trabalha na área de comunicação como Social Media e Criadora de Conteúdo além de fazer trabalhos de atuação e locução para material publicitário.

Deixe seu comentário