Aplicativos de entrega ou Delivery próprio: qual vale mais a pena?

O delivery foi a estratégia salvadora de diversos negócios durante a pandemia. Muitos estabelecimentos que ainda não usavam o formato, apostaram nos aplicativos de entrega, porém uma das dúvidas que pode surgir é: é melhor usar aplicativos de entrega ou ter um delivery próprio?

Em tempos de coranavírus, nunca foi tão necessário os sistemas que fazem entregas, em especial os utilizados para a entrega de alimentos. A tendência se tornou tão grande, que mesmo com a crise financeira, muitas pessoas decidiram apostar alto e empreender utilizando o formato delivery.

Essa coragem acabou dando certo tanto para o empreendedor, quanto para os entregadores, a quem não faltou trabalho durante o isolamento social.

Publicidade

As questões sobre o que acaba valendo mais a pena para os estabelecimentos (se investir em um sistema próprio de entregas ou continuar usando app), depende muito da realidade e objetivo de cada empreendimento. Dessa forma, para facilitar a visualização dos prós e contras de cada um, vale analisar os tópicos abaixo.



Comparação de custos entre aplicativos de entrega e delivery próprio

aplicativos de entrega

Vamos começar mensurando os custos de cada uma das opções.

Ao fazer uso dos aplicativos, o empreendedor pode optar por utilizar os entregadores fornecidos pelo próprio app. No entanto, existem taxas que variam entre as plataformas (Uber Eats, iFood, Rappi) que podem ir de 10% a 30% sobre as vendas feitas. Além disso, quando utilizados os entregadores do aplicativo, algumas plataformas podem cobrar um valor fixo mensal de contratação desse serviço.

Os estabelecimentos que escolhem montar seu próprio sistema delivery precisam arcar com a contratação de entregadores, veículos para as entregas, manutenção, combustível, além do próprio sistema de recebimento de pedidos.

Publicidade


Publicidade


Dessa forma, para decidir é necessário avaliar a frequência com a qual o negócio recebe pedidos.

Para estabelecimento que usam os sistemas de entrega eventualmente, pode ser mais vantajoso utilizar as entregas por aplicativo. Isso porque apesar das taxas, como a demanda não é tão frequente, acaba sendo mais barato que arcar com a contratação de pessoal próprio e outros custos.

Publicidade

Agora se a demanda é alta, é possível que uma equipe própria acabe saindo mais barato do que a cobrança das taxas frequentes sobre cada venda.

Publicidade

De qualquer forma, tudo isso precisa ser posto na ponta do lápis para que não hajam enganos.

Proximidade com os clientes

No quesito de proximidade com os clientes, sem dúvidas um sistema próprio de delivery tem mais vantagens.

Ao usar aplicativos, o cliente não costuma falar diretamente com o estabelecimento. O pedido é feito e entregue de forma automática, e só se fala com o negociante em casos de surgir uma dúvida sobre a entrega ou pedido.

Já ao utilizar um sistema próprio de entrega, o cliente é atendido por um funcionário do estabelecimento que pode utilizar de toda a sua simpatia e bom atendimento para ajudar na fidelização do cliente.

Visibilidade de marca

Em se tratando da visibilidade da marca, os aplicativos de entrega podem oferecer uma grande vantagem aos estabelecimentos.

Como essa se tornou uma forma muito cômoda para o cliente, diversas pessoas acabam conhecendo novos estabelecimentos por conta da exposição oferecida logo na página inicial dos aplicativos.

Não são poucos os casos de estabelecimentos que viram seus pedidos dobrar após inserirem seus negócios nessas plataformas. A verdade é que, com o lançamento das plataformas de entrega, muitos consumidores acabam se “limitando” a escolher um dos estabelecimentos oferecidos ali na tela.

Sendo assim, em relação a visibilidade de marca, pode-se dizer que o uso dos aplicativos de entrega acaba surtindo mais efeito do que o uso de sistemas próprios de entrega.

Publicidade

Avaliação de satisfação

Para boa parte dos consumidores de hoje, podem checar a avaliação de outros clientes sobre os estabelecimentos é um fator que conta muito.

Sendo assim, esse é mais um ponto positivo para os aplicativos de entrega, pois eles fornecem a opção de avaliação de diversos itens que podem ser importantes para o consumidor como: sabor, apresentação, embalagem, entre outros.

Publicidade

É claro que se o estabelecimento conta com muitas reclamações, isso pode se tornar um ponto negativo. Sendo assim, se optar pelo uso dos apps garanta que você irá oferecer uma experiência de vendas excelente ao cliente.

Conclusão da comparação entre aplicativos de entrega ou delivery próprio

Como foi possível perceber nas comparações entre os aplicativos de entrega e o uso de delivery próprio, ambos tem seus pontos positivos e negativos. Sendo assim cabe ao empresário decidir o que é melhor para o seu estabelecimento.

Apesar disso, diversos especialistas garantem que o melhor é investir nos dois modelos, com algumas adaptações a necessidade de cada negócio é claro.

Dessa forma, dá-se mais opções de contato ao cliente e consequentemente, um possível aumento bastante significativo nas vendas.

Veja também: Ideias de Delivery: produtos populares para trabalhadores independentes

Aline Resende
Formada em Marketing e pós graduanda do curso de Língua Portuguesa e Literatura do Centro Educacional Uninter. Trabalha na área de comunicação como Social Media e Criadora de Conteúdo além de fazer trabalhos de atuação e locução para material publicitário.

Deixe seu comentário